10 Mandamentos do Viajante no Peru

Não sou nenhuma profeta, apesar de ter umas inspirações poderosas quando tô no alto de montes e montanhas, mas sou a portadora dos 10 Mandamentos do Viajante no Peru.

Tô aqui com meu cajado bastão de trekking, trazendo uma carta importantíssima ao povo brasileiro que vai viajar ao Peru. Se trata de uns conselhos e dicas pra fazer a coisa certa quando estiver por lá.

Os 10 Mandamentos do Viajante no Peru é praticamente um manual de como não ser sem noção, respeitar a cultura alheia e aproveitar melhor sua viagem.

Anotem! O castigo poderá vir com muito soroche e vários micões!

Os 10 Mandamentos do Viajante no Peru

1 - Não tirarás fotos de pessoas aleatórias

Os peruanos são extremamente fotogênicos! As roupas coloridas e tradicionais, os cabelos das mulheres cholitas, a maneira como eles se comportam… É tudo tão encantador que a gente se sente bem tentado a fotografá-los, mas tem que ter noção, né?

Fotos de longe, que não mostram o rosto, tudo bem, mas caso queira fotos mais pessoais, peça permissão antes.

Além de ter a questão dos direitos de imagem, é indelicado culturalmente em algumas regiões. Especialmente no sul do país, onde a cultura indígena é mais marcante, algumas pessoas ainda acreditam que a fotografia captura a alma delas.

Eu tava na Isla Amantani (Puno), no alto da ruína Pachamama, quando mirei minha câmera em umas ovelhas. A pastora delas, uma senhora cholita idosa, começou a gritar comigo e, enquanto chacoalhava as mãos, dizia “No photos, no photos”. Eu disse que era foto das ovelhas e ela disse que não e bem brava!

Então fica o primeiro dos 10 Mandamentos do Viajante no Peru: peça para tirar foto antes.

Update: nos comentários, disseram que cholita é um termo ofensivo, por isso risquei!

Montanha Vinicunca (Rainbow Montain) - Conheça a Montanha de 7 Cores perto de Cusco, no Peru e combine essa lindeza com sua viagem a Machu Picchu
Montanha Vinicunca – Pedi para tirar uma foto e ele fez um “joia”

2 - Não reclamarás das feiras de artesanato

Eu sempre reclamava das paradas pega turista que rolam em TODOS os rolês do Peru. De Norte a Sul, qualquer passeio que você faça com tour fechado vai parar em algum lugar que tenha artesanato.

Durante meu mochilão de 17 dias sozinha pelo Peru eu tive oportunidade de reparar melhor nas pessoas e tive mais sensibilidade pra perceber os motivos dessas paradas.

O turismo no Peru tá bombando, mas os turistas se limitam a apenas algumas cidades base pra fazer os passeios. Essas paradas que as agências fazem, que duram coisa de 30 minutos, servem pra ajudar pequenas comunidades e vilarejos a venderem seus artesanatos.

Essa galera não teria acesso aos turistas se não fossem essas paradas. Acho isso tão legal! É uma maneira de crescer juntos, sabe. E nós, os turistas, fazemos parte disso!

Então, se você não tá a fim de comprar nada, não compre! Você pode aproveitar essa parada pra fazer um xixi, comer ou trocar uma ideia com os guias, que têm muita coisa pra passar, além do que já dizem durante os passeios.

10 Mandamentos do Viajante no Peru - Dicas para sua viagem
Chinchero, Cusco

3 - Não pedirás desconto indiscriminadamente

A verdade é que nós fomos mal educados pra viajar pelo Peru. “Pechinche tudo”. “Peça desconto”.

Essa coisa de pedir desconto em tudo me incomodou muito e precisava falar há tempos isso aqui no blog. Tive que colocar isso entre os 10 Mandamentos do Viajante no Peru justamente porque a galera faz isso com qualquer coisa e com qualquer valor, sem nenhuma vantagem pro vendedor.

Eles dão mesmo desconto em tudo e negociam tudo, mas vamos ter noção antes, né? O que é negociar se não um acordo que tenha vantagem pra todos? Vi gente pedindo desconto de 1 sol! UM SOL vai fazer qual diferença na sua vida?

Feira de artesanato no Peru - 10 Mandamentos do Viajante no Peru - Dicas para sua viagem
Mirante de Yanahura, Arequipa

Eu tava em Lima procurando patches de bandeiras pra Parón (minha mochila) e, quando perguntei o preço, a moça da lojinha disse que tava 5 soles cada, mas ela poderia fazer por 4 soles. Ela nem esperou eu dizer quantas eu queria! É automático pra não perder venda!

Outra ocasião que me deixou bastante sentida foi um menino de uns 17 anos que entrou na van em Cusco e foi oferecendo por 20 soles uma bebida sagrada a base de milho até a primeira parada (bem distante) a caminho de Pisac. Umas turistas peruanas ficaram pedindo desconto e o menino disse que a produção custava 15 soles e que se vendesse a esse preço não ganharia nada. Elas insistiram muito e era nítido que ele tava sem graça com aquilo. No final, ele vendeu 3 por 45 soles (uma garrafa pra cada uma).

Viajar pelo Peru já é mega barato, então junte seu dinheirinho e vamos deixar os caras ganhar o deles também! E se precisar economizar no rolê, veja aqui algumas dicas.

Booking - Peru

Quando pedir desconto no Peru?

• Agências de passeios quando estiver em grupo acima de 3 pessoas
• Empresas de ônibus
• Ao comprar algo em cima da hora (ônibus ou passeio)
• Hospedagem para mais de 3 pessoas
•  Artesanatos quando comprar um montão de coisa com a mesma pessoa

4 - Aclimatarás antes de fazer seus rolês nos andes

O soroche tinha que entrar nos 10 Mandamentos do Viajante no Peru, porque a altitude acompanha a gente durante quase todo o país.

Dor de cabeça e taquicardia são alguns dos sintomas leves do mal de altitude, mas em casos mais raros e graves o soroche pode levar à morte por edema cerebral ou pulmonar.

Por isso, antes de fazer seu rolês altos (acima de 2500 m), aclimatize! Dê um tempo pro seu corpo se acostumar com a baixa pressão atmosférica.

Aqui no blog eu fiz um post bem completo com informações sobre o mal de altitude e dicas pra amenizar os sintomas.

Peru: Laguna Páron - 10 Mandamentos do Viajante no Peru - Dicas para sua viagem
Laguna Parón, Huaraz

5 - Não adorarás apenas Machu Picchu diante de tantas belezas

É pecado achar que Peru se resume a Machu Picchu e Cusco, então esse é um dos 10 mandamentos do Viajante no Peru. Mas eu tô aqui pra tirar as vendas dos seus olhos.

O Peru é um dos melhores países para viajar na América Latina! E isso não é só porque ali está uma das mais importantes cidades históricas do mundo.

É por causa do Parque Nacional Huascarán, perto de Huaraz. É por causa do Oásis de Huacachina, perto de Ica. É por causa do lindo Lago Titicaca e suas ilhas, em Puno. É por causa do Cânion do Colca, um dos mais profundos do mundo.

Escrevi pro Mochila Brasil 10 lugares pra amar no Peru. Passa lá, mas prepara o coração! O blog Viva Viaje postou 10 fotos que provam que o Peru é mais que Machu Picchu.

Agora vá e não peques mais!

Laguna 69 | 10 Mandamentos do Viajante no Peru - Dicas para sua viagem
Laguna 69, Huaraz

6 - Planejarás bem sua viagem pelo Peru

Perrengar no Peru faz parte do pacotão de viagem que você adquire assim que decide comprar as passagens aéreas.

Quanto mais você se planejar, menos perrengue sofrerá – ou estará pronto pra eles! Planejar é um dos 10 Mandamentos do Viajante no Peru!

Tire um tempo e leia o que puder sobre o país e sobre os passeios. Conheça as particularidades de cada destino: altitude máxima, se faz frio ou calor, se é fácil fazer câmbio de real, custo médio…

E já que estamos usando os mandamentos como analogia, o blog Uma Sul Americana é praticamente uma bíblia sagrada de viagem pelo Peru – ai que modesta eu!

Aqui você vai encontrar posts completinhos:

Quanto custa viajar pelo Peru | Roteiro de 17 dias pelo Peru | Dicas para planejar sua viagem pelo Peru

Além dos posts de destinos, como Machu Picchu, Huaraz, Cusco e Valle Sagrado, Arequipa e muitos outros. Tem até um Guia de Viagem do Peru online e grátis!

Pesquise tudo com carinho e cuidado e já vai se apaixonando pelo Peru antes mesmo de chegar lá!

Machu Picchu - 10 Mandamentos do Viajante no peru - Dicas para sua viagem
Machu Picchu

7 - Degustarás a comida local

Pode até parecer estranho que a comida faça parte da lista sagrada dos 10 Mandamentos do Viajante no Peru, mas a verdade é que a gula tá liberadíssima durante seu rolê pelo país – a não ser que você seja vegano ou vegetariano!

Vai na paz e prove tudo! A culinária peruana é uma das mais apreciadas no mundo todo. Com uma cozinha mestiça, os pratos peruanos têm influência espanhola e indígena de várias etnias, além de africana também!

Não fique apenas no ceviche, não! Prove outros pratos, como o cuy asado, que é um espetinho de porquinho da índia. Prove também a carne de lhama ou de alpaca.

Dá uma olhada no post sobre gastronomia peruana que a Juliana, do blog Turistando.in, fez! Vá salivando, porque a boca foi feita pá cumê!

Ceviche - 10 Mandamentos do Viajante no peru - Dicas para sua viagem
Ceviche

8 - Não temas

Vai sem medo, confia em mim! Eu, sendo uma mina sozinha, me senti completamente segura no Peru (teve apenas uma ocasião, que conto aqui).

Algumas pessoas comentam comigo o medo por ser mulher sozinha, por causa das estradas que beiram precipícios, por causa da altitude, entre outros medos!

Não tem motivos pra te medo de nada!

Os motoristas são super acostumados com aquelas estradas e os riscos de acidentes são mínimos, especialmente com empresas mais confiáveis (leia aqui sobre ônibus no Peru). A altitude no Peru não chega à zona da morte, acima de 7 mil metros e, no mais, é só seguir as dicas da tia Aline sobre soroche.

E o medo por ser mulher viajando sozinha: amiga, você já vive em risco por ser mulher indo trabalhar. De verdade, não muda nada! Meu único problema foi não conseguir mandar pro inferno em espanhol, mas bora aprender esse termo antes de viajar e pronto!

Não temas, esse é um dos Mandamentos do Viajante no Peru!

Mulher viajando sozinha no Peru - 10 Mandamentos do Viajante no peru - Dicas para sua viagem
Huaraz

9 - Farás uma trilha ou trekking

Se você não é do rolê, abra uma exceção e faça pelo menos uma trilha no Peru. Você vai me agradecer (eu acho)!

Entre as trilhas, você pode fazer: Trilha da Laguna Parón, em Huaraz; Trilha ao Templo Pachamama ou Pachatata, Puno; Trilha da Vinicunca, Cusco; Trilha da Laguna 69, em Huaraz e a Intipunku, em Machu Picchu.

Agora, se você já tá envolvido no rolê e já faz trilhas, o Peru é um paraíso! Vale estudar a possibilidade de tirar uns dias pra completar algum trekking, como o santa Cruz, em Huaraz, ou a Trilha Inca, que leva a Machu Picchu.

Nesse link você vai ver 15 trekkings no Peru, de Norte a Sul!

Trilha da Laguna 69 - 10 Mandamentos do Viajante no peru - Dicas para sua viagem
Trilha da Laguna 69Booking - Ofertas de hospedagem na América do Sul

10 - Gozarás tua viagem

O mais maravilhoso de todos os mandamentos do viajante no Peru! Quando você estiver viajando pelo país, aproveite demais cada minuto.

Não importa quanto tempo dure sua viagem, ela sempre será pouco tempo pra curtir o Peru.

Repare nas pessoas, porque elas são maravilhosas e fazem parte da sua viagem. Veja como elas se vestem, converse com elas! É uma delícia essa troca.

Acorde cedo e durma bem pra curtir o dia seguinte!

Sinta o sol, que é mais forte lá pela altitude! Sinta o vento das montanhas no seu rosto. Viva o Peru em todos os seus sentidos! Depois que você voltar, vai poder fechar os olhos e se lembrar nos detalhes.

Aprenda tudo sobre os incas e sobre outras culturas. Tente aprender algum cumprimento em quechua. Coma num mercado público. Viva o Peru por trás do turismo clássico!

Brinque com lhamas, alpacas e crianças! Elas são a cara do Peru.

Se acabe nos artesanatos e traga pedacinhos do Peru com você.

Isla Taquile - 10 Mandamentos do Viajante no peru - Dicas para sua viagem
Isla Taquile, Puno

Salve esta imagem no Pinterest e leia o post mais tarde

10 mandamentos do viajante pelo Peru - Dicas para a sua viagem pelo Peru

Ajude a rentabilizar o blog

Usando os links abaixo, você me ajuda a rentabilizar o blog e não paga nada a mais por isso

Assine a news

Dicas, informações, roteiros e inspirações no seu email

Nome
Email
Me identifico como
  • Edna Santos (12 de janeiro de 2018)

    Menina, muito bons esses 10 mandamentos
    Tava lendo e pensando comigo em como temos que prestar atenção em algumas coisas quando viajamos, como fotografas estranhos, ou não planejar bem a viagem e passar por vários perrengues.
    O Peru foi minha primeira grande viagem, lá em 2014, e até hoje guardo boas lembranças. Não fiz nenhuma trilha (item 9 rs) mas em compensação fiz sandborad em Huacachina e olha, haja perna pra subir aquelas dunas enormes só pra descer (e subir de novo).

    🙂

    • Aline Rodrigues (13 de janeiro de 2018)

      Menina, como esquece o Peru? Não tem jeito!
      E o sandboad já compensa mesmo! Uma delícia aquilo ali.

  • Nay (13 de janeiro de 2018)

    Gostei muito de seus comentários!. É muito certo o de pedir desconto indiscriminadamente. Já queria ver isso num blog de viajem. Só comentar que a gente não gosta de decir “cholita” as cuzqueñas ou pessoas do interior porque tem som discriminatórias.

    • Aline Rodrigues (13 de janeiro de 2018)

      Poxa, brigada Nay! Valeu pelo comentário e pelo alerta sobre “cholita”. Não fazia ideia que era algo ruim.
      Brigada <3

    • Aline Rodrigues (13 de janeiro de 2018)

      Nay, existe outro termo que não cholita?

  • santaremnomundo (13 de janeiro de 2018)

    Parabéns pelo seu blogue. Super bom! Estou pensando ir fazer um mochilão de um mês em Agosto, você tem sugestão por causa de temperaturas ou outros motivos? Ou outro mês? Muito Obrigado. Parabéns reforçados!

    • Aline Rodrigues (13 de janeiro de 2018)

      Oi! Obrigada <3 Que bom que curtiu o blog.
      Seu interesse é de mochilão no Peru? Porque se sim, agosto é um ótimo mês pra mochilar por lá! Você pode fazer Peru, Chile e Bolívia, que tal? Ou Peru + Equador.

  • Lid (14 de janeiro de 2018)

    Nossa, esse post caiu como uma luva pra mim rs Estou planejando um mochilão pelo Peru pra esse ano e adorei as dicas. A de nº 3 é bem pra mim, sou dessas que pechincha mesmo hehe

    • Aline Rodrigues (15 de janeiro de 2018)

      Que bom poder ajudar no seu planejamento, Lid! Fuça bastante aqui no blog, porque tem muita dica e informação boa.

  • Natália (15 de janeiro de 2018)

    Achei muito pertinente o mandamento da pechincha. Acho muito feio galera sair querendo tirar vantagem em cima das pessoas locais, pedindo descontos insignificante só para “ganhar” a negociação… Parabéns pelo post!

    • Aline Rodrigues (15 de janeiro de 2018)

      Tomara que a galera tenha mais sensibilidade, né? Que bom que você tem essa noção de quanto e quando pedir desconto, seja no Peru ou em qualquer outro canto. Valeu pelo comentário. Bjs!

  • Roberta Nogueira (15 de janeiro de 2018)

    Gente, essa questão da pechincha é mal vista mesmo em muitos lugares, só não sabia que no Peru tb é. Ótima dica né, pq ninguém quer pagar esse mico assim de graça. E claro, trilha obrigatória! 😉

  • Thaís Nascimento (16 de janeiro de 2018)

    Se eu já sonhava em viajar pelo Peru, agora a mão ficou coçando pra comprar uma passagem!!! E olha, essa história da pechincha eterna me incomoda demaaaaaais quando a gente tá num país humilde, onde quem tá vendendo o artesanato é claramente quem fez, e depende daquele lucro pra sobreviver. Me dá muita vergonha alheia gente que quer comprar tudo pelo preço de custo, e o produtor que se vire =(

    • Aline Rodrigues (16 de janeiro de 2018)

      Essa é a intenção, Thaís: deixar a galera louca pra viajar por Peru!
      Pois é! Tem muita gente no Peru que vende e não produz, mas a maioria vende a produção da própria família. Eles passam o dia todinho vendendo e dá muita pena ver que o trabalho deles não é valorizado como deveria.

  • Maicon do Carmo (30 de janeiro de 2018)

    Eu achei o seu artigo muy lindo, gostei mesmo, você relatou com muita emoção a sua visão.

    Em troca, olha esse e-book 100% gratuito revela estratégias que os viajantes profissionais usam para viajar pelo mundo sem precisar colocar a mão no bolso. ⤵️

    http://www.vivendodeviagens.com.br/e-book-viajante-inteligente

  • Angela Castanhel (31 de janeiro de 2018)

    A melhor de todas: 5 – Não adorarás apenas Machu Picchu diante de tantas belezas. Depois que conheci a Laguna 69, a beleza de MP ficou pequena.

  • Rodrigo Cardoso (20 de fevereiro de 2018)

    O post que todo viajante no Peru tinha que ler. Admiro sua sensibilidade! O artigo ficou excelente. Parabéns.

    • Aline Rodrigues (20 de fevereiro de 2018)

      Valeu! Seria perfeito se todo mundo lesse e curtisse mais e melhor a viagem pelo Peru!

  • Andreia Isaac (21 de fevereiro de 2018)

    Perfeito guria! Tive as mesmas percepções que vc. No caso dos artesanatos, comprei um pouco em cada parada pensando justamente nisso. Obrigada por compartilhar.

    • Aline Rodrigues (21 de fevereiro de 2018)

      Que massa que você tem mais sensibilidade pra essas coisas. Acho incrível ser assim quando viajamos, porque tendemos a respeitar ainda mais a cultura e a vida das pessoas.
      Obrigada pela visita, Andreia!

  • Liz Matzenbacher (24 de março de 2018)

    Parabéns por todos os mandamentos. A forma que escreveste dá para sentir o teu amor pelo país e a vontade de compartilhar com todos. Estou planejando uma viagem em junho de exatamente 17 dias..rss..vou ler tudo com muito carinho..obrigada!

    • Aline Rodrigues (25 de março de 2018)

      Liz, que fofa ❤ Obrigada. Eu amo mesmo o Peru!
      Se precisar de qualquer coisa, me grita!

  • Paula Guimarães (29 de julho de 2018)

    Leio tudo do seu blog pra minha viagem ao Peru. Amo mesmo. 🙂

  • Ana Barranco (31 de julho de 2018)

    Adorei seu blog. Estou aqui bolando uma viagem pra Cusco/Machu Picchu/Lima e minha primeira parada foi nesses seus 10 mandamentos. Perfeito! Vou seguir por aqui com suas dicas pra poder fechar tudo. Obrigada.

    • Aline Rodrigues (1 de agosto de 2018)

      Oi, Ana! Que massa que curtiu o post e o blog!
      Eu tava bem sensível quando voltei do Peru e escrevi tudo de coração!

Deixe uma resposta

You Might Also Like

Here you can find the related articles with the post you have recently read.