15 49.0138 8.38624 1 0 4000 1 https://umasulamericana.com 300 1
theme-sticky-logo-alt
theme-logo-alt
Dia fora do tempo no calendário maia

Calendário Maia: como funciona, os kins e o dia fora do tempo

Nomad conta global - Código promocional NomadPowered by Rock Convert

Os maias foram uma das mais desenvolvidas civilizações do mundo. Viviam na América Central, no que atualmente é conhecido como México, Guatemala, El Salvador, Belize e Honduras entre 250 e 900 dC, quando então desenvolveram uma riqueza de conhecimentos astronômicos e projetaram um sistema preciso de conceber o tempo, o calendário maia, uma ferramenta perpétua de sincronização solar/lunar/galáctica.

O calendário ou sincronário maia é um dos sistemas de concepção do tempo mais sofisticados e precisos da história da humanidade. Nele o tempo tá dividido de acordo com o conhecimento maia do cosmos e seus complexos estudos astronômicos e matemáticos.

Então, o funcionamento do sistema maia do tempo se explica através de um conjunto de três calendários, utilizados de forma síncrona:

  • Tzolkin: 260 dias
  • Habb: 365 dias
  • A Rodada do Calendário: 52 anos

Significado do calendário maia

O Calendário Maia era a base de toda a estrutura social, política e espiritual da civilização, assim estabelecendo uma organização para o desenvolvimento de sua cultura.

A ordem do tempo regia os rituais sagrados, a época das colheitas e das guerras, mantendo então o poder do Império Maia.

Antes das tomadas de decisões, os maias envolviam o movimento dos planetas, eclipses e o ciclo solar e lunar, ou seja, seu calendário é uma maneira de viver nosso tempo baseado em ciclos naturais.

Sistema de calendário maia

Calendário maia como funciona

O calendário maia se destaca por sua complexidade, pois seu sistema une três calendários que medem períodos de tempo de diferentes durações.

Os maias usavam dois calendários cíclicos, o Tozlkín e o Habb, além de desenvolverem um calendário de contagem longa pra marcar datas de eventos históricos cronologicamente.

Calendário Tzolkin

Tzolkin é o calendário sagrado dos maias e corresponde a um ciclo de 260 dias, não tendo meses, mas sendo composto por 20 dias, coincidindo com os nove ciclos da Lua e se relacionando com os movimentos do Sol. Além disso, essa contagem se relaciona com o tempo de gestação e a passagem do zênite.

O Tzolkin é simbolizado por representações gráficas, os glifos.

Calendário Haab

Por outro lado, o Haab consiste em um ciclo de 360 dias e 5 dias adicionais, medindo o ano solar.

Assim, este calendário é composto por 18 meses de 20 dias, chamado Uinal, e um mês de 5 dias chamado Wayeb.

Wayeb são os 5 dias sem nome do final do calendário maia e eram considerados dias perigosos. Segundo sua crença, nesses dias ruins era melhor não se levantar porque os portais do submundo se abriam e os espíritos malignos estavam soltos.

Os meses maias são os seguintes:

  1. Pop
  2. uau
  3. fecho eclair
  4. Zotz
  5. Tzec
  6. xul
  7. Yaxkin
  8. toupeira
  9. Chen
  10. Yax
  11. Zack
  12. Eh
  13. Mac
  14. Kankin
  15. muan
  16. pessoas
  17. caiaque
  18. cumku

A Rodada do Calendário

A Rodada do Calendário ou Roda do Tempo é então o resultado da combinação do sistema Tzolkin e do Haab, dando origem a 18.980 dias únicos que, somados, levam um total de 52 anos para serem concluídos.

É um dos ciclos mais importantes e serve então pra interpretar os eventos ocorridos nos períodos de 52 anos, que eram celebrados com a cerimônia do Novo Fogo, o equivalente ao que seria o conceito de século para o calendário imposto, o gregoriano.

Os maias tinham um nome para cada período de tempo:

  • Kin ou dia solar, o equivalente a um dia
  • Winal ou Uinal, equivalente a 20 dias (20 kin)
  • Tun, equivalente a 360 dias ou 1 ano maia (18 uinal)
  • K’atun, equivalente a 20 anos (20 tun ou 360 uinals)
  • Bak’tun, equivalente a 394 anos (7.200 uinals, 400 tunes ou 20 k’atuns)
  • Piktun, que equivale a 7.885 anos, seguidos pelos Kalabatun, Kinchiltun e Alawtun, que tinham dezenas de milhares de anos

O tempo no calendário maia se completa ciclicamente, ou seja, a cada 52 anos o ciclo recomeça. De acordo com os relatos que existem dentro do próprio calendário, o tempo começou entre 1º e 11 de agosto de 3114 aC. e terminou em 21 de dezembro de 2012.

Kin maia, como funciona a astrologia da cultura maia

Como calcular o kin maia

Um kin maia é a combinação de um selo solar e um tom galáctico. Existem 260 combinações possíveis que estão representadas na matriz do Tzolkin, ou seja, relato sagrado dos maias.

Cada combinação representa uma energia única que permeia um intervalo de tempo, o equivalente aos signos do calendário imposto gregoriano.

O kin do dia do nascimento fala do caminho que você deve trilhar em sua vida. É por isso que é chamado de kin destino. Este kin também resume características do seu comportamento, motivações, pontos fortes e fracos.

Mas não apenas os kin de nascimento são úteis pra saber sobre as pessoas. Calcular e interpretar os kin pra eventos significativos, como o dia do casamento, a compra de um imóvel ou o início de um novo emprego, por exemplo, dão uma visão do caminho que as coisas podem tomar.

Calcular o kin pode ser bastante complicado, mas existem ferramentas na internet que calculam e te explicam o resultado. Clica aqui pra calcular seu kin destino.

O meu kin, por exemplo, é 255 – Águia Galáctica Azul.

O que é o Dia Fora do Tempo do calendário maia

Tozlkín e Habb

Todo dia 26 de julho começa o sincronômetro ou Ano Novo Maia, que termina com o ‘Dia Fora do Tempo’, que se comemora todo dia 25 de julho. Este é um dia de meditação e conscientização pra esse novo ciclo que está reabrindo.

O calendário maia é solar, porque considera o ciclo terrestre em torno do Sol (365 dias); é lunar porque considera o ciclo lunar ao redor da Terra (28 noites) e é galáctico porque começa a cada ano com a ascensão heliacal da estrela Sirius – a mais brilhante do nosso céu – na Pirâmide do Sol em Teotihuacán, no México.

A cada ano começa um ciclo de acordo com esse selo e tom, ou seja, com esse “oráculo” que determinará a energia que nos acompanhará coletivamente no Planeta Terra.

O que fazer no Dia Fora do Tempo

Reserve este dia pra meditar, criar e se expressar artisticamente, melhor ainda se estiver em conexão com a Mãe Terra. Agradeça as vivencias do ciclo que se finaliza e visualize o que deseja pro futuro deste novo ciclo.

Enfim, o importante neste Dia Fora do Tempo é saber que conscientizar e fazer nascer essa conexão já é um movimento de força e iniciação pra esse novo ciclo que se inicia pra todos.

Você poderá gostar de conhecer mais sobre o Dia do Sol, data importante pra o Império Inca.

o que significa o calendário dos maias
canal de viagens no youtubePowered by Rock Convert
POST ANTERIOR
Descubra o Vale Sagrado dos Incas – ruínas entre Cusco e Machu Picchu
PRÓXIMO POST
Conta Nomad Digital em dólar – Como viajar com cartão internacional

4 Comentários

  • 25 de julho de 2022 a 17:39
    Gabriela Lunar

    Que conteúdo incrível Ali! Gratidão por partilhar.

    • 26 de julho de 2022 a 17:19

      Ah que massa que você gostou, brigadaaa por ler

  • 26 de julho de 2022 a 23:50
    Karine

    Adorei esse texto! Já li duas vezes para captar bem as infos. Amei mana. ♡♡♡

    • 27 de julho de 2022 a 18:52

      Que demais, Karineee. Fico muito feliz com esse feedback. Obrigada pela leitura – dupla ainda por cima