Viagem pelo Chile - 10 coisas para saber antes de viajar

Viagem pelo Chile – 10 coisas que você precisa saber

Se você tá planejando uma viagem pelo Chile, com certeza precisa de informações gerais e dicas preciosas sobre o país.

Vou compartilhar com você 10 coisas importantes sobre o Chile: leis, tomadas, dicas e outras coisinhas.

Anota aí prepare a melhor viagem pelo Chile ever!

10 coisas pra saber antes de uma viagem pelo Chile

1- Alimentos proibidos no desembarque

Se você pensou em colocar alimentos frescos ou crus na sua bagagem para viajar pelo Chile, esqueça!

Esse tipo de comida é proibido: presunto, queijo, frutas, bacon, etc.

Especialmente quem tá indo para a Patagônia realizar trekkings, como o Circuito W ou o Maciço Paine em Torres del Paine, levar umas comidinhas do Brasil é bem comum.

Outros alimentos não proibidos devem ser declarados – ou você vai levar uma multa de recordação da viagem.

Declare caso vá desembarcar com:

Alimentos enlatados ou em conservas, como pepino, azeitona ou palmito.
Frutas secas ou desidratadas.
Grãos secos, como nozes, castanhas ou amendoins.
Alimentos cozidos, como feijão pronto ou milho.
Ervas, como orégano, canela e pimenta.
Sucos prontos ou polpas de frutas.
Geleias e marmeladas.
Óleos vegetais, como azeite ou óleo de coco.
Bebidas alcoólicas.

10 coisas que você precisa saber antes de fazer uma viagem pelo Chile

2 – Não pode beber na rua

Não vai rolar na sua viagem pelo Chile ficar locão na rua! É proibido ingerir bebidas alcoólicas em locais públicos, como ruas, parques, praças e praias.

Se você resolver ser v1d4 l0k4 e um policial te pegar, você poderá ser multado em quase R$300. Em alguns casos, o policial poderá te levar para uma delegacia.

Então é melhor cachaçar dentro do hostel, hotel ou barzinho, né? Com R$300 a gente fica loko a viagem inteira e ainda compra vinho pra beber e afogar a mágoa quando voltar.

Circuito W na prática - Dicas e informações importantes
Torres del Paine, Sul do Chile

3 – Proibido andar sem camisa

Infelizmente não pode rolar desfile de bíceps, tríceps e abdome sarado no Chile! É proibido ficar sem camisa em vias públicas, tirando praias.

Então, rapazes, na sua viagem pelo Chile, se você resolver fazer uma caminhada ou corrida, faça vestido! Sorte sua que o país é quase inteiro frio e durante quase o ano todo.

Geysers del Tatio, no Atacama - Viagem pelo Chile

4 – Dá para viajar usando RG

Esse post já tava virando ‘Os proibidões do Chile’, por isso trouxe uma notícia boa!

A documentação para viajar pelo Chile é muito simples. Basta ter um RG em perfeito estado e cuja foto se pareça com você.

Não precisa de visto, nem de passaporte. Nenhuma vacina é exigida para entrar no Chile.

E sobre seu RG, só não vale querer entrar no país com o documento emitido quando a gente ralava o Tchan e chorava com Raça Negra! Precisa ser atual, né? 10 anos é um bom período, mas não é exigência.

Veja como é viajar só com o RG pela América do Sul.

Viagem pelo Chile - 10 coisas que você precisa saber

5 – Melhores assentos nos voos para Santiago

Num trechinho do voo para Santiago (ou saindo de lá), a Cordilheira dos Andes é sobrevoada, passando inclusive próximo do Aconcágua, a montanha mais alta do mundo fora da Ásia.

Se você puder pegar voos durante o dia, terá a sorte de ver as montanhas do alto.

Pra isso, se sente do lado direito da aeronave na ida para Santiago. Já na volta, do lado esquerdo.

Durante os meses mais frios, as montanhas estarão cobertas de neve! Coisa linda, né?

Valle de la Luna no Atacama - tudo o que você precisa saber

6 – Água da torneira

Não espere encontrar filtros de água em sua viagem pelo Chile! É que no país eles são acostumados a beber água direto da torneira.

A água no Chile é bem tratada e filtrada antes de ser distribuída pelos bairros e casas.

O problema é que o gosto pode ser um pouco diferente! É que a água no Chile possui sais minerais.

Nesse caso, compre sua água mineral. Você vai ficar legal!

Inclusive, por ser salobra, a água diminui o poder de espuma de shampoos e sabonetes. Não estranhe!

Viagem pelo Chile - 10 coisas que você precisa saber

7 – Tomadas e voltagens

O padrão de tomada no Chile é a L, ou seja, pinos redondos e triplos. Os três pinos são alinhados, diferentes dos nossos três pinos no Brasil, que são o tipo N.

Se seu aparelho eletrônico for mais antigo, ele possui pinos duplos. Esse tipo de pino cabe nas entradas de tomadas do Chile.

Já a voltagem, no Chile é 220v! Você pode levar um adaptador universal de tomadas, que se adapta em qualquer entrada e saída e ainda transforma a voltagem. Dica importantíssima pra quem viaja pelo Chile!

Comentei sobre esse adaptador nesse post.

Tomada no Chile tipo L - 10 coisas antes de fazer uma viagem pelo Chile8 – Hospedagens cobram imposto

Ao viajar pelo Chile, você vai perceber que a conta do hotel ou hostel vem com uma taxinha a mais. Se trata do IVA.

A taxa é de 19% sobre o valor da diária. Por exemplo, num hotel cuja a diária é de R$100, você vai pagar R$119.

Turistas estrangeiros podem ser isentos dessa taxa! Para isso, é preciso apresentar a PDI da imigração juntamente com seu RG ou passaporte e solicitar a isenção.

Mas para valer:

O hostel ou hotel deve estar inscrito no Servicio de Impostos Internos (SII).

Você deve pagar em dólar ou cartão de crédito internacional

PDI é um documento que você preenche quando entra no Chile. Você irá receber o formulário ou durante o voo ou na fila de imigração.

Guarde juntamente com seus documentos e use para receber essa isenção.

Escolha seu hotel no Booking.com, entre em contato e confirme se eles são cadastrados do SII. Depois disso, faça sua reserva e pague em dólar ou cartão de crédito.

Vou fazer um post com dicas de lugares para se hospedar em Santiago onde rola a isenção!

As informações oficiais estão no site da SII.

Viagem pelo Chile - 10 coisas que você precisa saber

9 – O espanhol chileno é mais difícil

Se você tá indo pro Atacama, beleza! Lá tem tanto brasileiro que os caras falam portunhol com facilidade (e escutam Natiruts e Thiaguinho).

Agora, se sua viagem pelo Chile é por outras partes do país, sissigura! Os chilenos falam rápido, possuem muitas gírias e possuem uma maneira diferentona de pronunciar as palavras.

Enquanto no Peru o espanhol é bem aberto, claro e tranquilo, no Chile dá a impressão que eles nem tão hablando español.

No espanhol do Chile é acrescentada a letra ‘i’ no final das palavras, tipo “Donde estai?”.

Outra coisa, é que eles suprimem a letra ’d’ das palavras, tipo “helaito” ao invés de “heladito”.

As gírias são um post a parte! Juro, é muito difícil compreender o chileno. Mas fica a dica: peça para falarem devagar que fica bem mais fácil. “Por favor, habla más despacio”.

Antes de fazer uma viagem pelo Chile, veja algumas dicas de espanhol. Esse post é cheio de ideias pra aprender espanhol de graça.

10 – A moeda é tipo o antigo Cruzeiro

Eu não sei como era ganhar e pagar coisas com milhares de cruzeiros, porque eu sou novinha (trintão é novinha, tá bom?) e não comprava nem bala antes de a moeda do Brasil se tornar o Real.

Mas ao fazer uma viagem pelo Chile pude ter a experiência de pagar 5 mil num almoço ou 500 numa garrafinha de água.

A moeda usada no Chile é o peso chileno. Atualmente (março/2018), R$1 é o equivalente a 180 pesos.

O difícil é saber se estamos pagando caro ou barato numa coisa. Pra isso, existem técnicas para calcular os preços e saber quanto a coisa custa em Real.

Já expliquei isso nesse post aqui, mas vou dar a dica de novo:

Modo 1 de calcular pesos chilenos

Pegue o preço da coisa e retire os zeros. Multiplique o número que sobrou por 5,5 e saberá o valor equivalente. Coloque virgula entre os números quebrados.

Jantar por 5 mil pesos – 5000 x 5,5 = R$27,50
Livro por 4,5 mil pesos – 4,500 x 5,5 = R$24,75

Modo 2 de calcular pesos chilenos

Como sou de humanas, esse modo acima é muito mais difícil pra mim que o modo 2, que é centavos mais fiel. Nesse modelo de calcular os pesos chilenos, você divide o valor do gasto pelo valor de câmbio de cada Real, que é 180 atualmente.

Jantar por 5 mil pesos – 5000/180 = 27,70
Livro por 4,5 mil pesos – R$25

Viagem pelo Chile

Salve esta imagem no Pinterest e leia o post mais tarde

Organize sua viagem

Planeje sua viagem com os meus parceiros e ajude a rentabilizar o blog

HOSPEDAGEM

O Booking é maior catálogo de hostels e hotéis do mundo. Escolha por menores preços ou notas de avaliações dadas por outros usuários. Cancelamento gratuito!

ALUGUEL DE CASAS

Alugue casas e apartamentos só para você durante sua viagem. Opções no mundo todo! Ganhe R$100 em créditos para usar na sua primeira reserva.

SEGURO VIAGEM

Viaje com mais tranquilidade e segurança. Saia do país com cobertura em casos de acidente ou doença, além de extravio de bagagem. Conheça a SegurosPromo e ganhe 5% de desconto no seu seguro de viagem. Cote também com a Real Seguros.

ROAD TRIP

Para fazer Road Trips ou para se locomover durante as suas viagens, alugue um carro na RentCars.com, que cota preços com diversas locadoras no mundo todo. Pague em reais, sem IOF e parcele em até 12x sem juros.

LOJA DO BLOG

Mochilas, câmeras fotográficas, itens para camping e muito mais. Acesse a loja de artigos de viagem no blog.

MUITO MAIS

Conheça outros parceiros do blog e planeje sua viagem desde a escolha dos equipamentos.

Assine a news

Dicas, informações, roteiros e inspirações no seu email

Nome
Email
Me identifico como
  • Rodrigo Cardoso (14 de março de 2018)

    Muito bom o post! Informações e dicas indispensáveis pra uma viagem pelo Chile.

  • Gaia Vani (15 de março de 2018)

    Que dicas maravilhosas!!! Estou pensando em ir ao Chile ano que vem, e co, certeza essa lista me ajudará a preparar a viagem.

  • Travel is my joy (15 de março de 2018)

    Gostei tanto que até guardei para usar no futuro quando finalmente formos ao Chile! É um dos meus destinos de sonho!

    • Aline Rodrigues (15 de março de 2018)

      O Chile é mesmo incrível e de Norte a Sul, sendo os extremos os meus preferidos!

  • Luli (15 de março de 2018)

    Amei as fotos, o Chile é lindo demais! E não sabia dessa isenção da taxa de hospedagem, adorei a dica!

    • Aline Rodrigues (15 de março de 2018)

      Mara, né? Agora mesmo tô planejando Santiago e procurando um hostel com essa isenção!

  • Carla Alexandra Fernandes Mota (16 de março de 2018)

    Boas dicas. Simples, mas eficazes. Gostei da partilha. Já me ficaram com toda a minha comida na fronteira com a Argentina. Até me deu vontade de chorar.

    • Aline Rodrigues (16 de março de 2018)

      Nossa, imagino! Eu iria ficar tristona em perder comida 😓 Obrigada pelo comentário

  • Ana Flores (16 de março de 2018)

    dicas boas de verdade! Adorei! até o lado para se escolher no avião voce listou! parabens! dicas uteis e realmente usáveis! só faltou a de como não pagar excesso de bagagem com todas as garrafas de vinho compradas com os 300 reais reservados para a multa que nao será levada! hahahahhah

  • Juliana Moreti (16 de março de 2018)

    Maravilha de post!
    Eu tive um azar: meu voo saiu muito atrasado de SP e sobrevoamos os Andes a noite
    A volta, como eu queria chegar tarde em SP para não pegar transito, sò rolava às 19h30
    Resultado: sobrevoamos os Andes e vimos apenas alguns pontos iluminados!

    • Aline Rodrigues (16 de março de 2018)

      Ai que pena! Eu costumo pegar voos a noite pra aproveitar o dia. Mas meu voo de volta, que seria de manhã, adiantou pra madrugada – tudo escuro!

  • Edson Jr (17 de março de 2018)

    Que legal seu post, Aline. Mesmo já tendo ido para o Chile, teve coisa que descobri só agora, como o lance de beber na rua. Muito util.

  • Dayana Lole (18 de março de 2018)

    Menina, também acho o espanhol do chile o mais complicado de todos! Sofri demais por lá. O lance de beber na rua e andar sem camisa eu levei anotadinho para não errar. hahahaha Lembro que quando entrei no Chile, joguei umas comidinhas que tavam na mochila fora para não ter problema também! 😉

    Ótimos alertas!

    • Aline Rodrigues (18 de março de 2018)

      É melhor anotar mesmo pra não correr o risco de errar numa viagem pelo Chile, né! Bjs

  • Thais (22 de março de 2018)

    Nossa, super dicas úteis.
    Já anotei tudinho para minha viagem.
    Obrigada
    Thais

  • Katarina Holanda (29 de março de 2018)

    Adorei as dicas, Aline!! Eu amei conhecer o Chile e é bom estar preparada pra essas coisas e ter uma experiência ainda melhor.

    • Aline Rodrigues (29 de março de 2018)

      Valei, Katarina! Eu sempre procuro saber coisas do tipo antes de viajar pra outro país. Vai que eu faço alguma coisa errada rs

Deixe uma resposta

You Might Also Like

Here you can find the related articles with the post you have recently read.