Quando ir à Patagônia - Clima mês a mês

Quando ir à Patagônia – Estações e clima mês a mês

Um bom planejamento de viagem começa com a escolha do destino combinado com a escolha da época da viagem. Só assim a gente pode curtir as melhores opções de cada lugar. Por isso, se você tá pretendendo conhecer o Sul da Argentina e do Chile, começou bem: quando ir à Patagônia?

De forma geral, todo mundo usa as estações do ano pra indicar quando se deve ir ou evitar os lugares, mas pra facilitar seu planejamento de vagem pela Patagônia vou listar como é o clima mês a mês.

Antes de começar a ler o post, saiba que o clima na Patagônia é extremamente instável! A previsão as vezes erra, as vezes chove numa semana que era pra ser sem chuva, tem dias que tem as quatro estações do ano e tem o vento, que é bem forte e muda a sensação térmica!

Como sair do aeroporto de Santiago gastando pouco - Santiago do Chile

Como sair do aeroporto de Santiago gastando pouco

Se você tá buscando uma opção barata de sair do aeroporto de Santiago, veja nesse post a dica pra gastar apenas CLP 2400, quase 1/3 do valor da van!

O aeroporto de Santigo fica a cerca de 17 km de distância do Centro e a viagem entre os dois pode sair bem cara, especialmente à noite!

Existem 3 maneiras de sair do aeroporto de Santiago: van, táxi e ônibus. Os valores variam muito de um para o outro e vou te mostrar!

Patagônia Austral - Como escolher um destino - Perito Moreno - El Calafate

Patagônia Austral – Como escolher seu destino

A Patagônia Austral é uma das regiões mais incríveis da América do Sul! Climas extremos e paisagem surreal, com geleiras, montanhas, animais andinos e lagos glaciares.

A Patagônia é compartilhada entre Chile e Argentina, começando na Região dos Lagos, desde Pucón (Chile) e Bariloche (Argentina) até Cabo de Hornos (Chile) e Ushuaia (Argentina).

Por ser muito extensa, nesse post foi focar só na parte mais ao sul, conhecida como Patagônia Austral.

Quanto custa o Circuito W em Torres del Paine

Quanto custa o Circuito W em Torres del Paine

Os sonhos não deveriam ter preços, mas já que têm, vou destrinchar o valor de um dos rolês mais lindos e caros da América do Sul: quanto custa o Circuito W, no Parque Nacional Torres del Paine.

Existem 3 classes de gastos, que varia entre R$500 e mais de R$2 mil. Confira nesse post o valor de cada item e descubra quanto custa fazer o trekking W, na Patagônia chilena.

Free Tour Santiago - Teatro Municipal de Santiago

Free Tour Santiago – Passeio guiado e de graça

Depois de muito caminhar na Patagônia, fazendo trilhas em Torres del Paine e El Chaltén, minha viagem de 17 dias estava chegando ao fim! Na volta pra casa, reservei um dia pra capital chilena, onde fiz o Free Tour Santiago, conhecendo os principais pontos da região central.

Mesmo com o joelho estragado pelas andanças no sul do continente, encarei o Free Tour Santiago, um passeio guiado e gratuito! Se você ainda não conhece Santiago, esse é um ótimo jeito de começar sua viagem pela cidade.

Guia passo a passo do Circuito W em Torres del Paine

Circuito W em Torres del Paine – Guia passo a passo

Se você tá lendo esse post é porque já sabe que o Circuito W em Torres del Paine é um dos rolês mais lindos da América do Sul e tá determinado a fazer o trekking!

O Parque Nacional de Torres del Paine, no sul da Patagônia chilena, é um dos melhores destinos de trekkings do mundo! As trilhas no parque são visitadas por milhares de pessoas de várias nacionalidades todos os anos. Uma das travessias mais escolhidas é o Circuito W, que você vai ver nesse post como planejar!

Esse post é um guia passo a passo, onde você vai saber tudo o que precisa: distâncias, campings, como chegar e tudo mais!

Circuito W na prática - Dicas e informações importantes

Circuito W na prática – Dicas e informações importantes

Quando a gente tá planejando o Circuito W em Torres del Paine fica aquele monte de dúvida sobre preços, horários, distâncias…

Fiz esse post com uma lista de coisas que rolam durante o trekking pra tentar te ajudar a planejar e a entender melhor o Circuito W.

Esse texto é só um geral com infos sobre o dia a dia do circuito. Nesse post você confere o Guia Completo com o passo a passo!

Geysers del Tatio, no Atacama - Tudo sobre o passeio mais frio do deserto

Geysers del Tatio – O passeio mais frio do Atacama

O passeio pelos Geysers del Tatio, no Atacama, deixa muitos destinos de frio com inveja! Nem em Ushuaia, colada com a Antártida, eu senti tanto frio.

Peguei lindos 11°C negativos por lá! Mano do céu, eu não conseguia nem comer, porque as mãos tinham que ficar com luvas e dentro dos bolsos.

Nesse post vou contar pra você como rola o passeio pelos Geysers del Tatio  no Atacama. Como é, quanto custa, o que levar, o que ver, como sobreviver ao frio e tudo mais. Coloca o corta vento e vem ver!

Montanhas Coloridas da América do Sul

Montanhas Coloridas da América do Sul

A América do Sul é um paraíso pra quem curte cenários montanhosos (eu). Entre cordilheiras e serras, a gente vê montanha de tudo quanto é tipo: nevadas, com glaciares, com vegetação, de arenito… E algumas são cheias de cores! Por isso fiz esse post lindo, só pra falar sobre as montanhas coloridas da América do Sul!

Montanhas com cores sutis ou com uma explosão de cores, veja as 8 montanhas coloridas da América do Sul.

Salar de Uyuni - Bolívia

Roteiro Peru, Bolívia e Chile – Opções de 10 a 30 dias

Atacama, Salar de Uyuni e Machu Picchu. Três dos mais lindos lugares do mundo estão bem próximos, por isso acabaram criando um dos rolês mais procurados na América do Sul: roteiro Peru, Bolívia e Chile.

Entre esses três lugares incríveis, há outras atrações imperdíveis, que merecem entrar no roteiro Peru, Bolívia e Chile. Por isso, criei algumas opções de roteiro de 10 a 30 dias para você curtir o Altiplano Andino – uma das 6 regiões mais legais do continente.

Valle de la Luna no Atacama - tudo o que você precisa saber

Valle de la Luna no Atacama – tudo o que você precisa saber

O deserto do Atacama é um dos lugares mais extremos do planeta e recebe títulos espantosos: é o deserto mais alto e árido do mundo, onde não chove há mais de 23 milhões de anos, possui mais de mil quilômetros e  pode variar num único dia entre -10 e 40º. Numa região tão curiosa assim, o Valle de la Luna é o passeio mais ofertado e buscado por viajantes do mundo todo.

As 8 melhores maneiras de tirar fotos viajando sozinho. As dicas infalíveis para sair sem o carão de selfie

Roteiro Chile, Peru e Bolívia – o que levar

Um dos roteiros mais clássicos feitos por brasileiros é o trio Chile, Peru e Bolívia, que geralmente é feito entre 15 e 30 dias.

A medida que as paisagens mudam, os microclimas e a temperatura também. Por isso é importante saber o que levar pra não ficar na mão e ter que gastar uma grana desnecessária.

Veja só o que levar e salve um check list para fazer a sua viagem.

A engenharia e arquitetura de Machu Picchu - Peru 4

Review de hospedagens pela Argentina e Chile

Review de hospedagens pela América do Sul – Argentina e Chile

Essa é uma série de posts que analisa as hospedagens que usei ao longo dos 5 meses que viajei pela América do Sul. Comecei pelo Brasil (veja aqui) e agora é hora de falar sobre os lugares que me hospedei na Argentina e no Chile durante o Pé no Mapa.

Buenos Aires, Salta e Tilcara são as cidades que vou abordar nessa análise na parte argentina e San Pedro de Atacama na chilena.

Quanto custou meu mochilão de meses pela América do Sul

Quanto custou meu mochilão de 5 meses pela América do Sul

Há pouco voltei da viagem mais linda e inesquecível da minha vida. Foram quase cinco meses percorrendo o território sul-americano, passando por Argentina, Uruguai, Chile, Bolívia, Peru, Equador, Colômbia e Brasil.

Saí de casa em setembro de 2015 acompanhada do meu marido, o Rodrigo, em direção ao desconhecido, querendo explorar o continente e viver aventuras maravilhosas.

Nesse post vou falar tudo sobre os gastos, nosso comportamento em relação a eles e expor os valores para ajudar no seu planejamento. Disponibilizo também a planilha no final do post! Nela estão os gastos de cada dia de forma mais fiel, sem médias!