Montanhas Coloridas da América do Sul

Montanhas Coloridas da América do Sul

A América do Sul é um paraíso pra quem curte cenários montanhosos (eu). Entre cordilheiras e serras, a gente vê montanha de tudo quanto é tipo: nevadas, com glaciares, com vegetação, de arenito… E algumas são cheias de cores! Por isso fiz esse post lindo, só pra falar sobre as montanhas coloridas da América do Sul!

Montanhas com cores sutis ou com uma explosão de cores, veja as 11 montanhas coloridas da América do Sul.

Montanhas Coloridas da América do Sul

Essas montanhas levaram milhões de anos para serem esculpidas pelo vento. Cada cor representa uma idade e a presença de um minério e fóssil diferentes. Quem se interessa pelo assunto, é bom contratar um guia entendido pra te contar sobre isso durante sua visita.

As cores e as formações ajudam geólogos a identificarem os períodos de formação das montanhas coloridas da América do Sul.

São tesouros geológicos, que contam a história da nossa terra, enquanto enfeitam a paisagem. Todo mundo agradece!

Todas essas montanhas coloridas estão localizadas nos andes, desde o noroeste e norte da Argentina até o sul do Peru. E por estarem na região andina, todas elas estão localizadas a grandes altitudes, acima de 3 mil metros.

Valle de Uspallata – Montanha Colorida perto de Mendoza (Argentina)

Na região de Mendoza, na Argentina, estão algumas montanhas coloridas da América do Sul. O Valle de Uspallata foi, inclusive, cenário para o filme ‘Sete anos no Tibet’.

Há uma montanha cromática chamada Cerro Siete Colores, mas no caminho entre Mendoza e o vale há inúmeras montanhas coloridas.

O blog Caminhos do Sul escreveu um pouco sobre esse rolê lindo e cheio de cores. As fotos abaixo são do blog, onde tem mais lindas imagens.

Hospedagem em Mendoza.

Na mesma região, a caminho do Parque Aconcágua, você pode conhecer a Ponte del Inca, uma formação geomorfológica colorida que cria uma ponte natural sobre o Rio Las Cuevas.

Ponte del inca - Região de Mendoza

Cerro Tintin – Montanha Colorida perto de Cachí (Argentina)

Se prepare para ver mais Argentina nessa lista! O país possui algumas das montanhas coloridas da América do Sul, como o Cerro Tintin, que fica perto de Cachí, uma cidadezinha no noroeste do país.

Cachí está há 3 horas de Salta e pode ser visitada em um passeio que combina o Parque Nacional de Los Cardones.

Estive em Cachí em setembro/2015 e a região é uma das minha preferidas. Leia mais sobre Cachí aqui.

Hospedagem em Cachí

Montanhas Coloridas da América do Sul - Cerro Tintin - Cachi - Parque Nacional de Los Cardones

Quebrada de Las Conchas – Montanhas Coloridas de Cafayate (Argentina)

Também conhecido como Quebrada de Cafayate, esse vale possui muitas montanhas, especialmente de cores avermelhadas, mas alguns trechos apresentam montanhas multicoloridas.

A estrada que liga Salta à cidade de Cafayate, no noroeste da Argentina, é toda linda! Você vai tirar muitas fotos pela janela.

Em meio a essas montanhas coloridas da América do Sul há algumas formações rochosas incríveis, como a Garganta del Diablo e o Anfiteatro. Saiba mais sobre Cafayate e a Quebrada de Las Conchas.

Hospedagem em Cafayate

Montanhas Coloridas da América do Sul - Quebrada de las Conchas - CafayateMontanhas Coloridas da América do Sul - Quebrada de las Conchas - Cafayate

Cerro de Siete Colores – Montanhas Coloridas de Purmamarca (Argentina)

Eu avisei que teria muitas das montanhas coloridas da América do Sul na Argentina.

O Cerro de Siete Colores fica no vilarejo de Purmamarca, na Quebrada de Humahuaca, província de Jujuy.

Essas montanhas cromáticas apresentam cores em tom pasteis, passando pelas cores verde musgo, vinho, laranja e bege.

Visitar essa montanha colorida é muito fácil e o vilarejo de Purmamarca é uma delicinha de lugar. Pra ajudar, dali é possível pegar um ônibus de viagem e seguir para o Atacama.

Hospedagem em Purmamarca.

Montanhas Coloridas da América do Sul - Cerro de Los Siete Colores - PurmamarcaMontanhas Coloridas da América do Sul - Cerro de Los Siete Colores - Purmamarca

Serranía del Hornocal – Montanha Colorida de Humahuaca (Argentina)

No norte da Argentina, também na Quebrada de Humahuaca, está o Cerro de 14 Colores, como também são conhecidas as Serranías del Hornocal.

Essa é a montanha mais colorida da Arge

ntina. De Jujuy (capital) para Humahuaca (cidade base), são 147 km, passando por Purmamarca e por Tilcara (que tem umas montanhas coloridas também).

Saiba como chegar em Humahuaca e na Serranía del Hornocal.

Hospedagem em Humahuaca.

Hornocal, Cerro de 14 Colores no norte da Argentina, em Jujuy

Quebrada de Humahuaca - Serranía del Hornocal - Jujuy

La Paleta del Pintor – Montanha Colorida de Maimará (Argentina)

Mais uma montanha colorida no Norte da Argentina, La Paleta del Pintor fica no pueblo de Maimará, a 8 km de Tilcara.

A montanha multicolorida pode ser vista de maneira fácil da estrada e de mirantes. Maimará faz parte da Quebrada de Humahuaca.

Leia sobre Maimará e a montanha aqui.

Hospedagens em Maimará.

Maimará e Las Paletas del Pintor, Quebrada de Humahuaca, Ticara - Jujuy, norte da Argentina

Maimará e Las Paletas del Pintor, Ticara - Jujuy, norte da Argentina - Quebrada de Humahuaca

Montanha Colorida de Iruya (Argentina)

Iruya é um pueblo construído em um vale colorido na província de Salta, no Norte da Argentina.

Do altos de mirantes naturais é possível ver as cores das encostas das montanhas, que contrastam com aquele céu azul incrível!

Veja mais sobre Iruya e conheça o pueblo histórico e isolado

Hospedagens em Iruya.

Viagem para Salta - Conheça Iruya, no norte da Argentina

O que fazer em Iruya, viagem para Salta, no norte da Argentina

Vale del Arcoiris – Montanhas Coloridas no Atacama (Chile)

Finalmente as montanhas coloridas da América do Sul saíram da Argentina, né? Agora entramos no vizinho Chile, há pouco menos de 600 km.

O Valle del Arcoiris fica no Deserto do Atacama, perto de San Pedro do Atacama, cidade base para conhecer essa e outras atrações, como o Valle de La Luna.

O blog Comer Dormir Viajar escreveu sobre o passeio e conta como visitar o Valle del Arcoiris, que ainda é um lugar pouco visitado no Atacama. As lindas fotos são do blog.

Hospedagem em San Pedro de Atacama.

Vinicunca – Montanha Colorida perto de Cusco (Peru)

Onde se hospedar em CuscoO Peru possui inúmeros cenários montanhosos, mas nenhum é tão colorido e surpreendente quanto as montanhas de Vinicunca. Até pouco tempo atrás, a existência desta montanha era desconhecida, porque era coberta por gelo.

A montanha colorida de Vinicunca fica a 4 horas de Cusco (a mesma cidade base para ir a Machu Picchu) e hoje é facilmente visitada em passeios regulares de um dia.

Estive lá em outubro/2017 e me encantei! Leia mais sobre a Vinicunca aqui e veja como chegar. Montanhas Coloridas da América do Sul - Vinicunca - CuscoMontanhas Coloridas da América do Sul - Vinicunca - Cusco

Palcoyo – Montanha Colorida perto de Cusco (Peru)

Perto de Cusco existe outra montanha colorida, a Palcoyo! Assim como a Vinicunca, essa montanha colorida é resultado de um processo geológico que uniu diferentes minerais da terra e criou esse efeito multicolorido.

A trilha para chegar à montanha de Palcoyo é muito menor e menos puxada que a famosa Vinicunca. Do mirante se pode ver 3 montanhas coloridas, além de poder conhecer um bosque de pedras, com rochas que têm altura de árvores.

Montanhas coloridas da América do Sul - Bosque de piedras y vista a montanha Palcoyo
Foto: denomades.com

Montanhas Coloridas da América do Sul - Palcoyo
Foto: denomades.com

Deserto de Dalí – Montanhas Coloridas de Sud Lípez (Bolívia)

Em Sud Lípez, no departamento de Postosí, quase no Chile, está o Deserto Salvador Dalí, que possui rochas incríveis formadas pelo vento ao longo de milhares de anos, como a Árbol de Piedra.

Colorindo o cenário do deserto estão algumas montanhas sutilmente coloridas em tons pasteis.

O Deserto de Dalí está entre a Reserva Nacional de Fauna Andina Eduardo Avaroa, lagoas coloridas e o Salar de Uyuni, atrações que são vistas todas em um único passeio, que dura entre 3 e 4 dias.

Pra saber mais sobre como ver o Deserto de Dalí e fazer o passeio acima, chamado de Salar do Uyuni.

Hospedagem em Uyuni.

Montanhas Coloridas da América do Sul - Deserto de Dalí - Salar de UyuniMontanhas Coloridas da América do Sul - Árbol de Piedra no Deserto de Dalí - Salar de Uyuni

Menos de R$6 por dia na América do Sul

Salve esta imagem no Pinterest e leia o post mais tarde

Montanhas Coloridas da América do Sul - Conheça as montanhas cromáticas dos andes, espalhadas em 4 países e fáceis de serem visitadas

Ajude a rentabilizar o blog

Usando os links abaixo, você me ajuda a rentabilizar o blog e não paga nada a mais por isso

Assine a news

Dicas, informações, roteiros e inspirações no seu email

Nome
Email
Me identifico como
  • Rodrigo Cardoso (30 de dezembro de 2017)

    Belo post! Tive o prazer de conhecer 4 dessas montanhas coloridas da América do Sul! Na época fiz todas essas cidades do post, mas não tinha grana pra ir no Vale del Arcoiris, a de 14 Colores também era mais cara e a Vinicunca não era conhecida.

    • Aline Rodrigues (30 de dezembro de 2017)

      Voltei ao Peru agora 2017 e consegui conhecer mais uma da lista! Vamos voltar pra conhecer a do Atacama?

  • Mariana Bueno (2 de janeiro de 2018)

    Uauuu! Já tinha visto fotos, mas não sabia exatamente onde ficava. Muito bom poder conhecer um pouco mais desse lugar incrível aqui no seu post. E tão pertinho da gente, né!

    • Aline Rodrigues (2 de janeiro de 2018)

      Que bom que agora você sabe onde ficam essas montanhas! Pois, é! Tão pertinho da gente. Já pode se planejar pra ver de pertinho!

  • Adriana Magalhães (2 de janeiro de 2018)

    Esse nosso continente é realmente surpreendente né? Que montanhas incríveis, adorei o post inusitado!

    • Aline Rodrigues (2 de janeiro de 2018)

      Eu sou super suspeita pra falar, mas a América do Sul é a coisa mais linda! Obrigada e que bom que curtiu, Adriana. Beijos!

  • Ana Carolina Miranda (3 de janeiro de 2018)

    Nossa que post lindo! Assim fica super difícil escolher apenas um destino para conhecer estas belas montanhas. Quero conhecer todas!

    • Aline Rodrigues (3 de janeiro de 2018)

      Lindas demais, né? O om é que tem como conhecer todas numa viagem só, tendo tempo rs! Começa a viagem em Mendoza, sobe de ônibus pra Salta, depois Jujuy e continua seguindo aquele clássico roteiro Chile, Bolívia e Peru! Obrigada pela visita, Ana. Beijos!

  • Edson Jr (3 de janeiro de 2018)

    Que cores! Eu não sabia das montanhas (ou se sabia não lembrava) mas essa diversidade de cores animou bastante conhecer. Belo passeio…

  • Angela Castanhel (3 de janeiro de 2018)

    Se eu te falar que fui no Peru e nao tive tempo de ir na Vinicunca, você acredita?? Mas tudo bem, eu ainda tenho todas essas ai para explorar hahaha. Na américa do sul tem muitas coisas incríveis, essas montanhas são bons exemplos!! Adorei o post, beijos Aline

    • Aline Rodrigues (3 de janeiro de 2018)

      Ai que pena, mas ela tá lá e você pode voltar. Eu mesma voltaria em Cusco sempre rs! Mas com esse montanha colorida é o que não falta, né? Beijos e muito obrigada pela visita!

  • Analuiza (3 de janeiro de 2018)

    oi Aline… esta América do Sul é mesmo impressionante, não?! Paisagens extraordinárias. De verdade eu quero conhecer todas, mas a que mais mexeu com meus sentidos foi a Montanha Colorida de Humahuaca. Fiquei namorando suas belas cores um tempão. Bom saber que não está muito distante de Jujuy, pois tenho vontade de visitar este lugar há tempos! 🙂 bjs

    • Aline Rodrigues (3 de janeiro de 2018)

      Oi, Analuiza! Ela é lindona mesmo. Acho que não só as cores, mas a forma como elas se espalham pela montanha, né?
      Jujuy em si não tem nada pra fazer, viu! O melhor da região é a Quebrada de Huamhuaca, justamente onde tá algumas dessas montanhas.
      Se precisar de qualquer info, só gritar!
      Beijos

  • quartodeviagem (4 de janeiro de 2018)

    realmente são paisagens de cair o queixo, eu fiz essa viagem duas vezes de ônibus e ficava admirada como cada parte do país têm várias cores de montanhas diferentes, um passeio que vale muito a pena!

Deixe uma resposta

You Might Also Like

Here you can find the related articles with the post you have recently read.