Parque Nacional Tierra del Fuego - Ushuaia - Patagônia Argentina

Trilhas no Parque Nacional Tierra del Fuego – Ushuaia

São 40 quilômetros de trilhas dentro do Parque Nacional Tierra del Fuego. Algumas são menores e outras levam várias horas. Todas elas oferecem paisagens incríveis, emolduradas pela cadeia de montanha, pelo Canal de Beagle e por rios e lagoas.

Antes de planejar suas trilhas no parque, veja aqui como chegar, como acampar, quanto custa todas as informações necessárias.

Parque Nacional Tierra del Fuego - Ushuaia - Patagônia Argentina

Parque Nacional Tierra del Fuego - Ushuaia - Patagônia Argentina 6

Tudo sobre o Parque Nacional Tierra del Fuego – Ushuaia

Quase na fronteira com o Chile, o Parque Nacional Tierra del Fuego tem lindos 63 mil hectares, sendo apenas 2 mil liberados para turismo.

Entre fauna e flora se exibindo aos visitantes, há diversas trilhas e atividade no parque, que oferece paisagens incríveis, como a Cordilheira dos Andes e o Canal de Beagle.

Veja neste post todas as informações para visitar o parque: onde fica, como chegar, o que fazer, quanto custa e como acampar.

Cafayate, noroeste argentino

Salta e Jujuy – Tudo sobre o Norte e Noroeste da Argentina

Salta e Jujuy quase nunca estão nos roteiros de viagem pela América do Sul, porque quando o assunto é viajar para Argentina, todo mundo pensa em: Patagônia, Buenos Aires e Mendonça.

Acontece que o mapa da Argentina é extenso e sua diversidade é do tamanho do seu território.

Enquanto no Sul as belezas são geladas e úmidas, no NOA (como é chamada a região norte e noroeste do país), a altitude, os montes coloridos e o clima semiárido apresentam outra face argentina.

Buenos Aires mês a mês

Buenos Aires mês a mês para você programar sua viagem

Buenos Aires é uma das cidades mais lindas e charmosas da América do Sul. Toda charmosa, Buenos Aires pode ser visitada pelos brasileiros numa viagem de final de semana ou por um tempo mais longo.

Um dos destinos internacionais com passagem aérea mais barata (partindo da região sul e sudeste, principalmente), Buenos Aires é encantadora o ano todo. Para te ajudar a programar sua viagem para a capital da Argentina, fiz esse post com um resumo mês a mês. Assim você saberá o que e quando esperar (ou o que e quando evitar) de Buenos Aires, além do clima de cada mês.

Múmias-crianças-incas-Salta

O museu de Salta que expõe múmias de crianças incas de 500 anos

Uma das coisas mais legais que vi durante minha viagem pela América do Sul foi o corpo intacto de uma das múmias de crianças incas encontradas nos Andes.

Se você está de viagem marcada para a região NOA (norte e noroeste argentino), não deixe de conhecer o MAAM, Museu de Arqueologia de Alta Montanha e a história das múmias.

maiden-mummy
Fotos retiradas de http://hypescience.com/
Mochilão america do sul, 5 sentidos

Meu mochilão pela América do Sul em cinco sentidos

Os cinco sentidos são os meios como a gente sente e reconhece as coisas, inclusive uma viagem <3

Passei 5 meses viajando pela América do Sul (setembro de 2015 a janeiro de 2016). Uruguai, Argentina, Chile, Bolívia, Peru, Equador, Colômbia e Brasil fizeram parte de uma das histórias mais lindas que já vivi, mas alguns lugares me marcaram mais em cada um dos meus cinco sentidos.

Tipos de viagem na América do Sul -

Seis tipos de viagens pela América do Sul

A América do Sul é um mundo! Um continente super eclético, com destinos para tudo quanto é gosto e belezas de todos os tipos.

Com a alta do Dólar muita gente tem buscado lugares na América do Sul para conhecer, mas a maioria não faz ideia de para onde ir. Por isso listei 6 tipos de viagem pelo continente para te ajudar.

Urbano, gelo, praia, selva, desertos e montanhas. Com possibilidade de poder escolher mais de um! Vamos aos destinos.

Review de hospedagens pela Argentina e Chile

Review de hospedagens pela América do Sul – Argentina e Chile

Essa é uma série de posts que analisa as hospedagens que usei ao longo dos 5 meses que viajei pela América do Sul. Comecei pelo Brasil (veja aqui) e agora é hora de falar sobre os lugares que me hospedei na Argentina e no Chile durante o Pé no Mapa.

Buenos Aires, Salta e Tilcara são as cidades que vou abordar nessa análise na parte argentina e San Pedro de Atacama na chilena.

Quanto custou meu mochilão de meses pela América do Sul

Quanto custou meu mochilão de 5 meses pela América do Sul

Há pouco voltei da viagem mais linda e inesquecível da minha vida. Foram quase cinco meses percorrendo o território sul-americano, passando por Argentina, Uruguai, Chile, Bolívia, Peru, Equador, Colômbia e Brasil.

Saí de casa em setembro de 2015 acompanhada do meu marido, o Rodrigo, em direção ao desconhecido, querendo explorar o continente e viver aventuras maravilhosas.

Nesse post vou falar tudo sobre os gastos, nosso comportamento em relação a eles e expor os valores para ajudar no seu planejamento. Disponibilizo também a planilha no final do post! Nela estão os gastos de cada dia de forma mais fiel, sem médias!

Passeios em Salta – Cafayate e Quebrada de las Conchas no Noroeste da Argentina (NOA)

Passeios em Salta – Cafayate e Quebrada de las Conchas

Um dos passeios mais buscados em Salta é o de Cafayate. O caminho que leva até a cidade passa pela Quebrada de las Conchas (ou Quebrada de Cafayate). São muitas formações e paredões incríveis. Com cores impressionantes, o passeio reserva paisagens inesquecíveis.

Fiz esse passeio em setembro, bem no início do mochilão pela América do Sul, o Pé no Mapa. Leia neste post as informações e dicas sobre esse lugar.

o que fazer em Foz de Iguaçu

Brasileiro ou argentino? Uma comparação dos lados das Cataratas do Iguaçu

“Péle x Maradona” está para o futebol como “lado brasileiro x lado argentino” está para o turismo. Um debate que sempre ouço e leio nos inúmeros grupos de viagem que participo.

Tem gente para defender os dois lados, mas eu faço parte de outro grupo: o do deixa disso.

Para começar, se você tava batendo muito tazo na escola e perdeu essa aula, as Cataratas do Iguaçu está presente na fronteira Brasil-Argentina (Foz do Iguaçu e Puerto Iguazú). São inúmeras quedas e apenas 3 delas estão dentro do território brasileiro.

Por isso é que existe essa treta. Visitei os dois lados com o coração aberto e olhos curiosos, por isso pude admirar do Brasil e sentir da Argentina a força e o poder que as quedas do Iguaçu têm.

Nesse post vou fazer uma justa comparação entre os lados e pontuar o que tem de melhor e os defeitos deles.

Pucará de Tilcara, um sítio arqueológico pouco conhecido no norte argentino

Sempre que posso declaro meu imenso amor e respeito à região NOA (Norte e Nordeste Argentino), onde as formações rochosas, as montanhas e as cores são atração principal, mas por ali também há história e cultura.

Um sítio arqueológico que poucas pessoas conhecem, mas de fácil acesso, barato e muito bonito.

Passeios em Salta – Cafayate e Quebrada de las Conchas no Noroeste da Argentina (NOA)

Jujuy e Salta – Porque visitar a região norte e noroeste da Argentina

Não se foram as manhãs ensoladas, o silêncio da tarde durante a siesta ou os ventos gelados do fim da tarde. Só sei que me apaixonei perdidamente pelo NOA, região norte e noroeste da Argentina.

O clima árido, o sol escaldante, as paisagens extremamente lindas e a proximidade com regiões de interesse turístico são só alguns dos motivos que fazem o NOA ser uma das minhas regiões preferidas.

Se você tá buscando um destino para as suas próximas férias, leia esse artigo e veja o porquê escolher o norte e noroeste argentino.

Pucara, Tilcara
Sítio arqueológico Pucara, em Tilcara
Purmamarca, como chegar por conta

Como visitar Purmamarca e o Cerro de los Siete Colores por conta

Há muitos anos atrás assisti no Globo Repórter uma matéria sobre uma montanha colorida numa cidadezinha remota na Argentina. Não guardei o nome da cidade, nem da montanha, nem nada. Mas uns anos depois, me recordei de Purmamarca quando li uma matéria em algum blog de viagem.

Purmamarca é um pequeno povoado localizado na Quebrada de Humahuaca, no norte da Argentina, e é lá que está o Cerro de Los Siete Colores, a atração mais conhecida e desejada na região.

Visitamos a montanha colorida e a cidade em um sábado por conta, a partir de Salta. Conto nesse post como fizemos, quanto gastamos e se valeu a pena.