15 49.0138 8.38624 1 0 4000 1 https://umasulamericana.com 300 1
theme-sticky-logo-alt
theme-logo-alt
Parque Cataratas do Iguaçu

Parque Cataratas do Iguaçu | Guia Brasil-Argentina

Conta Global Nomad - USD 20 cashback código promocional Nomad UMASULAMERICANA20Powered by Rock Convert

As Cataratas do Iguaçu é uma das principais belezas naturais na América do Sul, porque formam o maior conjunto de cachoeiras do mundo. Por isso o Parque das Cataratas do Iguaçu foi declarado como Patrimônio Mundial pela UNESCO na década de 80′ e eleito uma das Sete Maravilhas Naturais do Mundo em 2011.

As Cataratas do Iguaçu estão divididas entre Brasil e Argentina e cada país possui então seu próprio parque nacional. O Parque Nacional del Iguazú é mais visitado da Argentina e o Parque Nacional Iguaçu é o segundo mais visitado do Brasil.

Iguaçu‘ significa ‘rio grande’ em guarani, a língua do povo originário da região, bem na fronteira entre os dois países e o Paraguai.

Em suma, a foz do Rio Iguaçu acontece no Rio Paraná e é formada por 275 cachoeiras de diferentes alturas. A mais alta é a Garganta do Diabo, com 80 metros de altura.

Qual lado das Cataratas do Iguaçu é mais bonito?

Lado brasileiro e argentino Cataratas do Iguaçu

Sempre há quem pergunte qual lado das Cataratas é mais bonito, mas a verdade é que o lado brasileiro e argentino são simplesmente diferentes e ao mesmo tempo complementares.

Aqui no UMASULAMERICANA tem um artigo inteiro onde faço essa comparação entre os parques, caso queira saber mais.

No parque argentino, por exemplo, estão localizadas 80% das cachoeiras das Cataratas do Iguaçu. Então, ao visitar o parque argentino, você poderá vê-las de perto e até se molhar durante o passeio. Existem mais trilhas a serem feitas e muito mais medito na mata. Para mim, o passeio do lado argentino tem mais aventura.

Por outro lado, no parque brasileiro das Cataratas do Iguaçu se tem uma impressionante visão panorâmica. Assim dá pra ver melhor o conjunto de cachoeiras que fazem parte desse conjunto extraordinário. Ou seja, no Brasil a experiência é mais contemplativa.

Dessa forma, meu conselho é visitar o lado brasileiro primeiro. Assim você contempla as cachoeiras e aumenta a aventura ao conhecer as Cataratas do Iguaçu no parque argentino depois.

Ah, e se quiser conhecer mais da região, confira o roteiro Brasil Argentina Paraguai.

Quantos dias para visitar o Parque das Cataratas do Iguaçu

Parque Cataratas do Iguaçu - Brasil x Argentina

Outra dúvida que costuma surgir quando estamos planejando uma viagem para o parque é ‘quantos dias são necessários para visitar as Cataratas do Iguaçu?’.

Embora possa ser percorrido em um dia, recomendo que você tenha pelo menos dois dias inteiros para poder aproveitar os dois lados do parque: o argentino e o brasileiro.

Mas, se possível, reserve mais alguns dias para conhecer Puerto Iguazú, na Argentina, e Foz do Iguaçu, no Brasil, já que as duas cidades oferecem muitas outras atividades e excursões além do parque.

Na região existe outro conjunto de cachoeiras, conhecido como as Cataratas do Paraguai, além de ruínas de missões jesuíticas, onde padres europeus mantinham os indígenas guaranís em uma rotina de alienação através da catequização.

Veja neste artigo dicas de roteiros pra essa viagem cheia de natureza e história.

Lado argentino: Parque Nacional Iguazú

Tudo sobre as Cataratas del Iguazú na Argentina

Recomendo dedicar um dia inteiro ao parque argentino das Cataratas do Iguaçu para que você possa desfrutar de todas as trilhas com tranquilidade.

Existem diferentes preços de entrada para residentes da Argentina, para residentes do Mercosul e para residentes do resto do mundo.

Portanto, o ingresso é pago exclusivamente em pesos argentinos e pode ser adquirido na bilheteria ou pelo site na página oficial. O ingresso para o “Trem da Selva” está incluso na entrada do parque, que o levará às cabeceiras das principais trilhas, inclusive a que chega à Garganta do Diabo.

As excursões e atividades oferecidas pelo lado argentino das cataratas são as seguintes:

  • Circuito Superior, que tem apenas 1750 metros. Uma informação importante: comece por esta trilha, que é mais curta e é a menos impressionante se comparada com as outras.
  • O Circuito Inferior, que é mais longo, passa por mais saltos e você tem mais chances de ver macacos e outros animais da região.
  • Garganta do Diabo, que é a principal atração de todo o parque nacional das Cataratas do Iguaçu. É onde o poder da natureza é sentido. Sem dúvida, a estrela que ninguém deve perder ao visitar o parque. Recomendo que deixe para o final, por ser é mais vazio, pois todo mundo vai para lá quando chega. Nas duas vezes que fui, havia fila de manhã para o trem e à tarde quase não havia ninguém.
  • Trilha do Macuco, se tiver tempo. Você pode fazer os 7 km desta trilha pela selva e ter outra perspectiva do parque e, acima de tudo, ver um grande número de pássaros.
  • Uma experiência de barco que você pode viver no Parque Nacional do Iguaçu é uma das aventuras náuticas. Há duas opções: Grand Aventura e Paseo Ecológico.

Saiba mais sobre o lado argentino do parque das Cataratas do Iguaçu: como chegar por conta própria, dicas para conhecer o parque e muito mais.

Lado brasilero: Parque Nacional Iguaçu

Cataratas do Iguaçu - Brasil x Argentina

Embora as cataratas sejam compartilhadas entre Brasil e Argentina, cada país tem seu próprio parque nacional, como comentei antes, então a entrada de um não será válida para visitar o outro.

Assim como do lado argentino, o Parque Nacional do Iguaçu tem preços de entrada diferenciados para residentes do Brasil, para residentes do Mercosul e para residentes de outras partes do mundo.

A entrada é paga apenas em reais na bilheteria ou pelo site oficial. O lado brasileiro pode ser percorrido em meio dia, e permitirá uma visão panorâmica das cataratas como um todo.

Cupom desconto worldpackers - UMASULAMERICANA código promocionalPowered by Rock Convert

A entrada para o parque das Cataratas do Iguaçu no Brasil inclui transporte para se aproximar das principais trilhas do parque em um ônibus ecológico de dois andares.

A rota mais procurada é a “Trilha das Cataratas”, um caminho de pouco mais de 1 km até chegar ao mirante da Garganta do Diabo, oferecendo uma nova e bela perspectiva da cachoeira argentina. Ao longo do percurso existem muitos pontos bonitos para fotografar.

Outra opção é descer na parada Trilha do Poço Preto, uma trilha de 9 km que pode ser percorrida a pé ou de bicicleta.

Do lado brasileiro das Cataratas também há um passeio náutico, que é o Macuco Safari, que nos leva bem perto das cachoeiras e nos deixa completamente molhados.

Como chegar nas Cataratas do Iguaçu

Cataratas do Iguaçu - Brasil x Argentina

Existem duas cidades onde você pode se hospedar para visitar as Cataratas do Iguaçu: Puerto Iguazú no lado argentino, ou Foz do Iguaçu no lado brasileiro, que são muito bem conectadas com ônibus. Ambas cidades possuem aeroportos.

Puerto Iguazú está localizado a 18 km do Parque Nacional do Iguazú. Além de táxis e veículos particulares que podem ser alugados para chegar ao parque, a empresa “Rio Uruguai” oferece um serviço de ônibus para a entrada de ambos os parques (com uma frequência de 15 minutos para ir ao parque do lado argentino, e de hora em hora para ir para o lado brasileiro), e é a forma mais barata de chegar lá.

Se você estiver hospedado em Foz do Iguaçu, o ônibus 120 a levará até a entrada do parque pelo lado brasileiro.

E, pra chegar ao lado argentino das cataratas, você pode pegar o ônibus internacional, descer quando o motorista indicar e pegar o ônibus da empresa Rio Uruguai até o parque.

Caso contrário, também existem serviços regulares para o parque das Cataratas do Iguaçu, de ambos lados, que são contratados em agências de viagens.

Não esqueça que se você ficar em Puerto Iguazú na Argentina e quiser visitar o lado brasileiro do parque -ou vice-versa-, terá que passar pelo processo de imigrações, ou seja, apresentar documento e receber o carimbo de entrada e saída, mesmo que por um dia.

Onde é melhor se hospedar

Onde se hospedar Foz do Iguaçu

Na hora de escolher onde se hospedar na viagem às Cataratas do Iguaçu, é preciso levar em consideração alguns pontos, inclusive pessoais.

Por exemplo, se você está mochilando e quer encontrar um anfitrião no Couchsurfing, recomendo se hospedar em Foz do Iguaçu, onde há mais opções de anfitriões.

Existem hostels e hotéis nas duas cidades, tanto em Foz do Iguaçu, quanto em Puerto Iguazú e os preços cobrados são muito semelhantes. Considere que o lado brasileiro possui mais opções.

Enfim, se você quer viver uma experiência diferente de voluntariado, trocando habilidades por hospedagem, pode cogitar viajar com a Worldpackers, porque, há vagas nas duas cidades.

Como brasileira, meu conselho é procurar por projetos onde você possa voluntariar em Puerto Iguazú para poder desenvolver um pouco em espanhol, ótima forma de aprender o idioma viajando – especialmente sozinha.

Veja as vagas disponíveis para fazer voluntariado em Foz do Iguaçu caso prefira ficar do lado de cá da fronteira.

Considere que Puerto Iguazú é menor e você precisará usar menos transporte no dia a dia, então se quiser economizar nesse sentido, recomendo que busque por hospedagem no lado argentino.

Veja aqui uma lista de lugares para se hospedar em Foz do Iguaçu a partir de R$20.

Qual é a melhor época para visitar as Cataratas do Iguaçu?

Como é Cataratas do Iguaçu na época de chuva
Cataratas do Iguaçu na época de chuva

Foz do Iguaçu tem a sorte de ser um destino que pode ser visitado o ano todo: o clima é subtropical úmido, por isso chove muito e quase sempre faz calor.

De março a agosto são os melhores meses para visitar Iguaçu com o clima mais agradável e menos multidões.

Nos meses de dezembro, janeiro e fevereiro, como é época de chuvas fortes e calor intenso, a água aumenta de volume e costuma ter uma cor turva, embora seja bom ver as cachoeiras mais fortes.

Dicas para visitar as Cataratas do Iguaçu

Tudo sobre as Cataratas del Iguazú na Argentina
  • Embora existam lanchonetes nos parques, recomendo que você leve sua comida pra economizar. Não há problema em entrar com comida nos dois parques, então leve um lanche, um sanduíche e algumas frutas.
  • Para passear pelo Parque Nacional Iguazú com mais tranquilidade, dedique dois dias para isso é o ideal.
  • Antes de partir no dia da visita ao parque argentino das Cataratas do Iguaçu, não se esqueça de se ir às bilheteiras para revalidar o seu bilhete e obter um desconto de 50% sobre o valor do ingresso pelo segundo dia consecutivo de visita.
  • As roupas para visitar as Cataratas do lado argentino ou brasileiro devem ser confortáveis, leves e de preferência de secagem rápida.
  • Tenha em mente que você vai se molhar muito ao longo da caminhada na hora de escolher um sapato.
  • Se for fazer um passeio náutico nas cataratas, leve chinelos.
  • Tenha repelente para mosquitos.
  • Não esqueça o chapéu e o protetor solar.
  • Cubra todos os objetos valiosos em bolsas ou capas impermeáveis, pois ao visitar o lado argentino é impossível não se molhar.
  • Os quatis geralmente parecem bichinhos fofos, mas eles se acostumaram com os visitantes dando comida e tão mal acostumados. Como regra geral, não dê comida aos animais, nem retire a comida perto deles. Cuide de seus pertences, pois eles procuram comida neles.

Enfim, espero que as dicas e informações pra visitar os dois lados do parque das Cataratas do Iguaçu tenham sido úteis para você. Me conta nos comentários.

E não esquece de ver aqui no UMASULAMERICANA outras dicas de viagem e de destinos na América do Sul.

Guia do Parque das Cataratas do Iguaçu
canal de viagens no youtubePowered by Rock Convert
POST ANTERIOR
Circuito W em Torres del Paine – Guia completo passo a passo
PRÓXIMO POST
Guia de Turismo no Equador – O que saber antes da viagem