15 49.0138 8.38624 1 0 4000 1 https://umasulamericana.com 300 1
theme-sticky-logo-alt
theme-logo-alt
TOP 8 lugares para conhecer na Patagônia argentina

Guia de Turismo Patagônia Argentina – Tudo para sua viagem

Nomad conta global - Código promocional NomadPowered by Rock Convert

As viagens à Patagônia Argentina oferecem um leque de possibilidades de turismo com suas paisagens, trilhas e montanhas em seus mais de 900 mil quilômetros. Assim, no ponto mais meridional do globo terrestre, a região sul da Argentina te convida a viver as mais belas aventuras e experiências turísticas que você vai descobrir agora.

Era 2011 quando fiz minha primeira viagem na vida: Bariloche. Desde então voltei 4 vezes à Patagônia argentina e, assim, tive a oportunidade de conhecer a região desde Neuquén até a Terra do Fogo. Caminhei sobre geleiras, escalei montanhas, acampei na floresta, mergulhei em lagos congelados, brinquei na neve e caminhei pelos mais belos parques.

O sul argentino é certamente um dos melhores lugares para o turismo na América do Sul e é por isso então que atrai viajantes de todo o mundo todos os anos. E não importa que tipo de viagem você gosta, porque na Patagônia Argentina há opções pra todos.

Enfim, neste artigo mostrarei tudo o que você precisa saber: onde fica, o que fazer, as principais cidades da Patagônia Argentina, que lugares visitar e muito mais.

O que é a Patagônia Argentina

Primeiramente, a Patagônia é uma região geográfica dos Andes localizada no extremo sul da América do Sul, entre os oceanos Pacífico e Atlântico e é a parte mais meridional do planeta, já na fronteira com a Antártida, estando a apenas mil km de distância.

Com quase um milhão de quilômetros quadrados, a região é dividida entre Argentina e Chile, como você pode ver no mapa da Patagônia.

Com quase um milhão de quilômetros quadrados, a região é dividida entre Argentina e Chile, como você pode ver no mapa da Patagônia.

As Cidades da Argentina que compõem a Patagônia

O que diz respeito sobre a Patagônia Argentina, a região se estende desde a província de La Pampa até a Terra do Fogo, assim as províncias da Patagônia Argentina são:

  • A pampa
  • Neuquén
  • Chubut
  • Rio Preto
  • Santa Cruz
  • Terra do Fogo

As principais cidades da Patagônia Argentina são:

  • Bariloche
  • Villa La Angostura
  • El Bolsón
  • Esquel
  • Ushuaia
  • El Calafate
  • El Chatén
  • Península Valdés

Turismo na Patagônia Argentina – Cenários montanhosos e oceânicos

As montanhas da Cordilheira dos Andes criam paisagens cinematográficas, enquanto abrigam geleiras que descem aos vales criando lagos cristalinos cercados por florestas, algumas com árvores centenárias. Isso é conhecido como Patagônia Andina.

Por outro lado, há a beleza única da Patagônia Atlântica com praias praticamente desertas onde vivem animais marinhos, como baleias, golfinhos e pinguins.

Quilômetros e quilômetros de pampas em rotas desertas, mas muito bem pavimentadas, como o trecho patagônico da Ruta 40, que vai de Cabo Vírgenes, próximo ao Estreito de Magalhães, até Neuquén.

trecho patagônico da Ruta 40, que vai de Cabo Vírgenes, próximo ao Estreito de Magalhães, até Neuquén.

Assim, todo este grupo é responsável por fazer da Patagônia Argentina um dos lugares mais procurados para o turismo no país – e em toda a América Latina, vale destacar.

Viajantes de todo o mundo procuram o sul da Argentina pra o turismo, seja de aventura, montanhismo, em família ou em casal. A região é perfeita e oferece uma estrutura muito boa para suas viagens.

Veja neste artigo os melhores destinos pra viajar pela Patagônia.

O que fazer na Patagônia Argentina

É por causa de sua beleza que já fui tantas vezes ao sul da Argentina a turismo e tenho planos de voltar, pois é uma região linda, cheia de coisas para fazer. Você pode fazer um milhão de viagens à Patagônia argentina e sempre experimentar coisas diferentes, principalmente se a visitar em diferentes estações do ano.

Quando me perguntam o que há para fazer na Patagônia argentina, sempre pergunto brincando ‘tá com tempo?’, porque a verdade é que eu passaria um dia inteiro conversando e falando sem parar sobre tudo sobre o sul argentino.

Uma das coisas mais incríveis na minha opinião como viajante é o trekking, ou seja, os circuitos de trilhas que existem em sua totalidade, como os encontrados no Parque del Fin del Mundo, Parque los Alerces e Parque Los Glaciares, por exemplo.

Existem muitos parques em toda a Patagônia, que visam proteger a natureza, como o Bosque de Arrayanes, o único no mundo.

Entre as opções de turismo para fazer na Patagônia Argentina:

  • Circuitos de caminhada
  • Montanhismo
  • Visita aos parques nacionais
  • Visita a lagos onde você pode nadar
  • Caminhadas na geleira
  • observação de animais
  • navegação de barco
  • circuito de bicicleta
  • acampamento
  • E muito mais

O que fazer na Patagônia Argentina – Top 8 destinos para visitar no sul da Argentina

Como mencionei, o turismo no sul da Argentina é rico e oferece infinitas possibilidades, mas escolhi os 8 melhores lugares da Patagônia Argentina com base em minhas viagens. Inclusive aqui no UMASULAMERICANA tem artigos sobre cada cantinho da Patagônia, se você quiser ler com mais detalhes.

O Turismo da Patagônia Argentina em Villa La Angostura

Villa La Angostura é um dos destinos mais interessantes para conhecer na Patagônia argentina
Veja quais destinos conhecer no Sul da Argentina
O que fazer em Villa la Angostura - Lago Espejo
O que fazer em Villa La Angostura, Neuquen - Patagonia argentina - Lago Espejo

A Patagônia começa na província de Neuquén, onde está localizado o Vulcão Lanín, na fronteira com o Chile.

Entre os belos lugares da província, como o Parque Nacional Lanín e San Martín de los Andes, por exemplo, está Villa La Angostura, um dos lugares mais impressionantes que visitei na América do Sul – e olha que já dei duas voltas no continente.

O que torna este lugar um dos mais bonitos da Patagônia são seus lagos em tons de azul e verde. No verão tornam-se praias e recebem centenas de turistas.

O Lago Espejo, por exemplo, é lindo quando há sol, com seus tons intensos de azul e verde, mas à tarde, quando o sol se põe, suas águas assumem cores escuras que refletem toda a floresta ao seu redor.

Entre as opções do que fazer em Villa La Angostura está outro lago que adoro, o Correntoso, com suas águas cristalinas e seu rio, o menor de toda a Argentina.

Um dos passeios mais populares da região é a Ruta de Los 7 Lagos, que vai de Villa la Angostura a San Martín de los Andes pela Ruta 40.

E se você visitar Villa La Angostura no inverno, pode esquiar no Cerro Bayo.

Também vale a pena mencionar o Parque Nacional Los Arrayanes, onde você pode ver o maior bosque de arrayan do mundo, esta espécie de árvore milenar de tronco avermelhado. Lá você pode fazer caminhadas ou pedalar por mirantes, bem como um passeio de barco.

Bariloche, a estrela do turismo no Sul da Argentina

Bariloche é um dos destinos mais visitados do país, localizado na Patagônia argentina
Como fazer o Circuito Chico por conta prórpria em Bariloche
Circuito Chico em Bariloche, na Argentina

Bariloche está localizada na província de Río Negro, perfeita para desfrutar do turismo patagônico durante todo o ano, desde praias a estações de esqui, dependendo da época.

Uma das principais cidades turísticas da Argentina, Bariloche oferece muitas atividades ao ar livre, seja em meio aos bosques, nas margens dos lagos ou no alto de suas montanhas.

Durante o verão Bariloche tem cores vibrantes. Lagos cristalinos em tons de azul turquesa ou verde convidam os viajantes a um rico mergulho gelado para se refrescar do sol forte. Neste mesmo período as colinas e florestas tornam-se muito verdes com muitas flores. Cenário perfeito.

Mas quando é inverno tudo muda muito. As colinas verdes ficam brancas com a neve e se tornam um centro de esqui, onde visitantes de todo o mundo se reúnem para brincar e se divertir. As florestas ficam vermelhas e amarelas e os lagos têm suas cores mais escuras, mas ainda veem seu azul cristalino.

Entre as melhores coisas para ver e fazer nesta parte da Patagônia Argentina está pedalar cerca de 25 km ao redor do Parque Llao Llao, chamado Circuito Chico, onde você passa por mirantes, florestas e lagos.

Você tem que subir o Cerro Campanario, considerado uma das vistas mais bonitas do mundo pela National Geographic.

Explore o Parque Nacional Nahuel Huapi. Visite a Ilha Vitória. Subi o Cerro Catedral. Monte Oto. E conheça o Centro Cívico de Bariloche.

El Bolsón oferece belas paisagens da Patagônia Argentina

El Bolsón é destaque no Sul da Argentina
Sul da Argentina - El Bolsón e o Cajón del Azul
Descubra o Lago Puelo, perto de El Bolson

Baixando um pouco no mapa da Patagônia Argentina, chegamos a El Bolsón, ainda na província de Río Negro. Esta é uma cidade encantadora com casinhas de madeira e uma praça como seu coração.

El Bolsón é o ponto de partida para conhecer uma das mais belas paisagens da Patagônia Argentina, o Cajón del Azul. Este rio é o mais cristalino que já vi no sul da Argentina. Seu nome, Azul, não seria outro, pois assim é este rio, um azul claro, como o céu em um lindo dia de sol.

Por ali é feito um caminho pela beira do Rio Azul até chegar então no cânion. Se quiser, pode dormir na reserva, mesmo perto do Glaciar Hielo Azul, onde há um refúgio.

Além disso, há o Parque Nacional Lago Puelo, mais um belo parque na Patagônia pra você visitar em suas viagens ao sul da Argentina. Lá você pode fazer caminhadas e aproveitar as praias no verão. Se topar, pode andar de caiaque no Lago Puelo.

Não deixe Esquel fora do teu roteiro pela Patagonia Argentina

Conheça Esquel e o Parque Los Alerces, na Patagônia
Parque Nacional Los Alerces em Esquel, Ruta 40 na Argentina
Rio Arrayanes, Esquel - Norte da Patagônia Argentina em Chubut
Glaciar Torrecillas - Patagônia - Esquel

Nas minhas viagens ao sul da Argentina, um dos lugares que mais me surpreendeu foi o Parque Nacional Los Alerces. Um pela sua floresta de Alerces, a árvore milenar mais antiga do mundo. Mas também adorei o parque por suas paisagens surreais como o Lago Verde e a Geleira Torrecillas.

Neste parque da Patagônia Argentina você pode passar dias dormindo em seus acampamentos e caminhando por suas trilhas, por exemplo. Tem até um que te leva até a geleira, embora eu tenha ficado para vê-lo de baixo. Se você se atrever, pode caminhar mais de 30 km até seu lago a partir de Puerto Chucao acompanhado por um guia.

Esquel fica no meio da Patagônia, na Província de Chubut, já na fronteira com a Carretera Austral do Chile, então você pode combinar os dois países na mesma viagem para conhecer também a Patagônia chilena.

As paisagens da Patagônia Atlântica na Península Valdés

Avistamento de baleias jubarte na Argentina

Ainda em Chubut, uma das províncias da Patagônia Argentina com as áreas naturais mais protegidas – onde existem três parques nacionais e dois patrimônios mundiais, você pode viajar pra parte oceânica do sul da Argentina.

A Península Valdés está localizada na costa de Chubut e é um destino muito procurado pelos amantes da observação de animais.

A melhor época para conhecer a Península Valdés, Puerto Madryn e Punta Tombo é entre setembro e dezembro, quando é possível ver várias espécies de animais marinhos, como baleias francas, golfinhos, leões marinhos e pinguins, por exemplo. Vale ressaltar que esta é a região onde se encontra a maior colônia de pingüins de Magalhães fora da Antártida.

O passeio mais procurado nesta região do sul da Argentina é a observação de baleias, geralmente com passeios que navegam pelo Golfo Nuevo.

Cupom desconto worldpackers - UMASULAMERICANA código promocionalPowered by Rock Convert

El Chaltén, a capital argentina do Trekking fica na Patagônia

El Chaltén é um dos principais destinos da Argentina, localizado na região da Patagônia
roteiro pela Patagônia, opções de 7 a 20 dias para viajar entre o sul da Argentina e Chile
Esquibunda na trilha ao Fitz Roy, em El Chaltén
Trilha ao Fitz Roy e Laguna de Los Tres - El Chaltén

A Província de Santa Cruz é uma das mais visitadas quando o assunto são viagens à Patagônia Argentina e um dos motivos é El Chaltén, esta cidade criada há pouco mais de 30 anos pra então abrigar montanhistas e trekkers de todo o mundo. .

E por que tantos aventureiros procuram El Chaltén? Por causa da imensidão do Parque Nacional Los Glaciares, que abriga centenas de geleiras, bosques, lagos e fauna patagônica.

Este pedaço lindo do sul argentino é o ponto de partida pra os passeios mais procurados da Argentina, como a Laguna de Los Tres, aos pés do imponente Fitz Roy, a montanha mais bonita da Patagônia argentina.

O parque tem entrada gratuita em El Chaltén, onde é possível montar barracas em acampamentos gratuitos. Assim, você sai para passear pelas trilhas e volta para descansar sem pagar hospedagem.

El Calafate, um dos lugares mais importantes para o turismo na Patagônia Argentina

El Calafate lidera lista de destinos mais incríveis da Patagônia
Minitrekking no Perito Moreno em El Calafate-Patagonia Argentina
Fotos Minitrekking Perito Moreno

Se você caminhar por El Calafate vai ouvir muitos idiomas: espanhol, francês, português do Brasil e inglês, por exemplo. Esta cidade é uma das mais importantes para o turismo no sul da Argentina devido ao enorme Glaciar Perito Moreno.

Atraídos por este gigante de gelo, pessoas de todo o mundo vêm a El Calafate e com razão, porque Perito Moreno é uma das mais belas paisagens da Patagônia Argentina, onde estive duas vezes.

A primeira vez que o vi, chorei. Foi a primeira vez na minha vida que vi algo tão impressionante. Me senti no infinito da existência e foi ali, em frente ao Perito Moreno, que decidi então viver de viagens. Isso faz 8 anos e aqui estou vivendo de viagens e ainda escrevendo sobre a geleira que me inspirou.

Em suma, existem três formas de conhecer o Glaciar Perito Moreno: caminhando pelas passarelas, de barco e caminhando por cima. Se puder investir nesta experiência, faça-o, porque é inesquecível. Neste artigo você pode ver com detalhes sobre esses passeios.

Embora o Perito Moreno seja a atração mais bonita do Parque Nacional Los Glaciares – sim, o mesmo de El Chaltén, mas com entrada paga – existem outros campos de gelo que podem ser visitados. Existe até um passeio chamado Todos los Glaciares que leva você de barco para ver outras geleiras.

Em um dia, se quiser, você pode ir ao Chile visitar o Parque Torres del Paine, a parte mais bonita da Patagônia chilena. De El Calafate há um passeio de dia inteiro a Torres del Paine, no entanto, há ônibus para Puerto Natales e, neste caso, recomendo um mínimo de 2 dias.

Ushuaia, o extremo sul da Argentina e suas paisagens surpreendentes

Conheça Ushuaia, a cidade do Fim do Mundo, localizada na Terra do Fogo
O que fazer em Ushuaia - Parque Nacional Tierra del Fuego - Patagônia Argentina

Enfim, Ushuaia é a Capital da Terra do Fogo, primeira Província da Argentina, localizada no extremo sul do hemisfério, considerada a cidade mais austral do planeta.

Tierra del Fuego é um arquipélago separado do continente pelo mítico Estreito de Magalhães e oferece mais do que paisagens naturais, mas museus que contam a história única deste lugar, conhecido como O Fim do Mundo.

Em um passeio por Ushuaia você pode visitar, por exemplo, o Parque Nacional Tierra del Fuego, onde há trilhas para caminhadas até lagos e mirantes. Há também um trem, chamado de Trem do Fim do Mundo, que era usado para transportar prisioneiros que trabalhavam no parque.

Outra opção é a navegação pelo Canal de Beagle com avistamento de animais marinhos e até o Farol Les Eclaireurs.

Há também as colônias de pinguins, ou seja, colônias de pinguins de Magalhães a serem visitadas na região.

Você pode subir uma montanha pra ver a Glaciar Martial. Caminhe para chegar às lagoas Fagnano e Escondida e muito mais para fazer nesta parte única da Patagônia Argentina.

Qual é a melhor época do ano para viajar para a Patagônia Argentina?

Há algo sobre viagens à Patagônia que você deve saber: é possível que você viva as 4 estações do ano em um único dia.

Céu limpo, neve, rajadas de ventos fortes, chuva… Tudo isso pode acontecer entre o nascer e o pôr do sol em um dia típico da Patagônia.

Mesmo assim, as temperaturas e a paisagem tendem a mudar entre as estações e isso vai interferir na sua viagem ao sul da Argentina dependendo do que você quer vivenciar.

Veja aqui um artigo completo respondendo quando viajar pela Patagônia Austral.

Viagem pra Patagônia no verão (janeiro, fevereiro e março)

Na minha opinião, a melhor época para viajar para a Patagônia Argentina é durante o verão, pois os dias são mais longos, chegando às 17 horas, e temos mais tempo para desfrutar de atividades ao ar livre. No extremo sul da Argentina, por exemplo, o sol nasce por volta das 5h e o sol se põe às 22h.

O clima está mais quente e um pouco de calor não faz mal a ninguém, né? Em Ushuaia, por exemplo, durante o verão a temperatura atinge a máxima de 11°C e a mínima de 3°C.

Por outro lado, é nesta temporada que os preços sobem e os lugares ficam mais movimentados, tanto o comércio local quanto os pontos turísticos. Há até coisas que precisam ser reservadas com antecedência, como a caminhada pela geleira Perito Moreno, por exemplo.

Viagem pra Patagônia no inverno (julho, agosto e setembro)

O inverno é a estação ideal para quem procura experimentar a neve na Patagônia, pois as condições climáticas são mais extremas, principalmente em destinos com montanhas como Ushuaia e Bariloche.

Tenha cuidado, porque no inverno é necessário equipamento especial. Você tem que planejar muito bem as viagens à Patagônia pra esta época.

No entanto, os dias são curtos, amanhecendo quase às 10h e escurecendo depois das 17h. Ou seja, pouco mais de 7 horas de claridade. Se você quiser ver animais, isso se torna mais difícil, porque eles migram para outro lugar pra fugir do frio intenso.

Como é a Patagônia na primavera (outubro, novembro e dezembro)

A primavera patagônica já é um bom período para quem procura um meio termo entre climas, preços e experiências. Os preços costumam ser mais baixos e as atrações mais vazias.

Em suma, de outubro a início de novembro o clima é muito mais parecido com o inverno, e no final de novembro e início do verão o clima é mais parecido com o verão.

Viaje para a Patagônia no outono (abril, maio e junho)

O outono é uma das estações mais bonitas para fazer viagens à Patagônia, porque os bosques ganham lindos tons de amarelo e vermelho.

Claro que entre abril e maio os dias são mais parecidos com o verão, embora já tenham mudado muito. Enfim, entre maio e junho o clima é mais parecido com o inverno.

Os preços costumam ser mais baixos, as atrações são mais vazias, o que pode ser uma boa opção para sua viagem.

Que roupa usar na Patagônia Argentina

Como se vestir no frio? Técnica das três camadas pra se vestir no inverno

Por ser uma região muito extensa, o clima da Patagônia Argentina muda de uma região pra outra. Por exemplo, a Patagônia Austral é muito mais fria que a região dos lagos. Além deste é o período da sua viagem, ou seja, se você viajar no verão terá dias menos frios do que durante o inverno.

Portanto, planeje bem suas viagens à Patagônia Argentina para saber que roupa usar, mas aqui vão algumas dicas para se vestir com a técnica de camadas, que é a técnica de vestimenta usada pelos montanhistas.

  • Primeira camada: é a segunda pele, a camada interna que tem como objetivo manter o corpo seco do suor.
  • Segunda camada: é o casaco ou camada térmica, ou seja, a roupa que mantém o calor do corpo.
  • Terceira camada: é a camada externa de proteção, que tem como objetivo manter o corpo seco da umidade externa, protegendo-o da chuva e do vento.

Além dessas roupas em camadas, leve chapéu, cachecol, luvas, meias especiais para o frio e uma bota impermeável melhor na mochila.

Onde ficar na Patagônia Argentina

Antes de mais nada, ao viajar para a Patagônia, tenha em mente que esta é a região mais cara da Argentina.

Escolher uma hospedagem na Patagônia Argentina não é difícil, pois as vilas e cidades não são grandes, ou seja, você nunca estará tão longe. Ainda é muito seguro, então não há pontos a serem evitados como acontece nas grandes metrópoles.

O ideal é procurar um hostel ou hotel que tenha aquecimento para que você possa dormir quentinho.

Existem muitas cabanas nesta região, se você quiser viver essa experiência.

E se quiser economizar, pode viajar com a Worldpackers e trocar trabalho por hospedagem, como faço nas minhas viagens. Ou seja, você colabora em um projeto algumas horas por dia e em troca recebe hospedagem gratuita e outros benefícios, como alimentação, empréstimo de bicicleta, etc.

Worldpackers na Patagônia Argentina

A Worldpackers é a plataforma que uso desde 2019 para viajar fazendo esses intercâmbios e recomendo que você o faça na Patagônia Argentina por alguns motivos:

  • Economia, já que você não paga para ficar
  • Viver uma imersão na cultura local
  • Para conhecer pessoas de todo o mundo

Fazendo minhas buscas, encontrei na Worldpackers algumas opções de voluntariado em Bariloche, inclusive em projetos de permacultura.

Também na Terra do Fogo, onde você pode morar em uma cúpula com todas as refeições incluídas.

Na região de Neuquén você pode ser voluntário em uma cervejaria com todas as refeições incluídas.

Na Patagônia Argentina você ainda encontra intercâmbio de trabalho em um hostel em Esquel.

Bom, essas são aspricipais informações sobre o sul da Argetina e o top 8 destinos que mostram que a Patagônia argentina é um paraíso na Terra. Me conta aqui no comentários se ficou qualquer dúvida.

Aqui no UMASULAMERICANA existem dezenas de dicas sobre a Patagônia, sobre a Argentina e muitos outros destinos da América Latina.

Para saber mais siga @umasulamericana no Instagram.

Top 8 destinos para conhecer na Patagônia argentina
canal de viagens no youtubePowered by Rock Convert
POST ANTERIOR
Como se locomover em Ubatuba sem carro
PRÓXIMO POST
O guia definitivo de como fazer um mochilão passo a passo