15 49.0138 8.38624 1 0 4000 1 https://umasulamericana.com 300
theme-sticky-logo-alt
theme-logo-alt
guia de viagem pelo Peru

Viagem pelo Peru | Guia completo com dicas e informações

canal de viagens no youtubePowered by Rock Convert

Ao som de flautas andinas e charango, você vai se encantar pelas cores do Peru, presente nas vestimentas tradicionais do povo andino. O sabor da rica culinária peruana vai conquistar tuas papilas e a paisagem vai tirar teu fôlego, em parte por conta da altitude. Fazer uma viagem pelo Peru é certamente uma das melhores experiências da tua vida.

O Peru é de longe um dos países mais lindos do mundo e, hoje, um dos mais visitados da América Latina. Justo, já que existem experiências fascinantes pra se viver ao fazer uma viagem pelo Peru.

Equivocadamente, a maioria dos turistas que viajam ao Peru não imaginam a quantidade de coisa que tem para ver e fazer no país, que afinal, vai muito além de Lima, Cusco Machu Picchu.

Ao viajar pelo Peru de Norte a Sul você se surpreenderá com alguma beleza diferente: de geleira a deserto, de praias a ruínas.

A palavra que define bem o é Peru é diversidade, seja cultural bem como geográfica.

Ao viajar pelo Peru, que definitivamente é um dos mais baratos da América do Sul, você verá a herança da colonização espanhola se misturar às marcas das civilizações pré-colombianas que ali habitaram, como os incas, os nazcas, os tihuanacos e os chavín.

Do mesmo modo, você perceberá ao fazer uma viagem pelo Peru é a diversidade geográfica, dividida especialmente em 3 partes: cordilheira dos Andes, com sua altitude marcante; costa, com uma longa faixa litorânea banhada pelo Oceano Pacífico e região amazônica, que ocupa mais da metade do território do Peru.

Um país com quase 1,3 milhões de km², que faz fronteira com 5 países da América do Sul: Brasil, Bolívia, Colômbia, Chile e Equador.

Dessa forma, veja tudo o que é preciso saber neste Guia de Viagem pelo Peru atualizado com informações sobre pandemia.

Informações básicas ao viajante

Como é viajar pelo Peru - Tudo o que é importante saber para viajar pelo Peru
Laguna 69

Moeda peruana: Nuevo Sol (soles, no plural)
Símbolo: S/
Código da moeda: PEN

Idioma: Espanhol, oficial. Bem como Quéchua e Aimará
Diferença de horário: -2h (-3h no horário de verão – Brasília)

Visto: Não requerido para brasileiros
Tempo de permanência: A princípio, 90 dias para turismo ou negócios, sendo prorrogáveis por mais 90.

Documentação de viagem: RG ou passaporte válido
Vacina: Contra febre amarela quando há surto no Brasil

Documentos requeridos durante a pandemia: comprovante das duas doses da vacina ou PCR com resultado negativo.

O que ver e fazer em uma viagem pelo Peru

O que ver e fazer numa viagem pelo Peru
Huacachina

Machu Picchu é campeã quando falamos em turismo pelo Peru. A cidade inca mais importante da América do Sul oferece uma experiência ainda mais completa quando se chega lá pela Porta do Sol pela Trilha Inca ou depois de dias caminhando no Trekking Salkantay.

E não podemos nos esquecer que o Peru possui belezas e atividades para meses de viagem. Entre as atrações mais impressionantes do país estão o Lago TiticacaCusco e o Vale Sagrado, as Linhas de Nazca, a Cordilheira Branca e o Vale de Colca, por exemplo.

Os amantes da natureza, de história e de arquitetura podem preparar as passagens, porque o Peru é um território cheio disso tudo!

Falando em história, os incas não foram os únicos povos antigos que deixaram marcas no país, não! Igualmente, os Tihuanacos, moches, nazcas, limas, huaris, chavíns, chachapoyas e muitos outros espalharam pelo território peruano, de norte a sul, construções que contam muito de suas histórias.

Trilhas e trekkings pelo Peru

Os praticantes de trekking podem então encontrar no Peru diversas opções de caminhadas em meio a montanhas, vales, lagos e ruínas arqueológicas.

Entre as opções estão o Trekking Santa Cruz, uma caminhada em meio ao Parque Nacional Huascarán, na região de Huaraz. Assim também a Trilha Inca é o mais famoso dos trekkings no Peru, que leva os caminhantes até Machu Picchu em 4 dias. O Trekking Vale do Colca também é uma das opções mais buscadas pelos trekkers que visitam o Peru e está na região de Arequipa.

Os trekking no Peru são bem exigentes, já que a maioria está a grandes altitudes, chegando a mais de 5 mil em diversos caminhos.

Leia aqui os 15 trekkings possíveis no Peru.

Já trilhas, são infinitas em todo o território peruano. Há algumas trilhas na região de Huaraz, como a Trilha da Laguna 69 e a Trilha do Nevado Pastoruri, por exemplo. Mais ao norte há a linda trilha à Catarata Gocta. Outras trilhas famosas são a da Montanha Colorida Vinicunca, perto de Cusco, ou as trilhas da Ilha Amantani e Taquile, perto de Puno, por exemplo.

Viajando pelo Peru

Como chegar no Peru

O principal aeroporto do Peru é o de Lima, a capital do país. De São Paulo e Rio de Janeiro há voos diretos ou então opções com escala em Santiago do Chile e Assunção. Para Cusco haverá escala em Lima ou até Bogotá em alguns casos.

Por outro lado, saindo de outras cidades do Brasil, a maioria fará uma primeira escala em Guarulhos (São Paulo).

Ao passo que em ônibus é possível partir de São Paulo, em uma viagem de 5 dias com a companhia de viação peruana Ormeño.

Assim como há outras maneiras de entrar no Peru desde o Brasil, como via Puerto Maldonado, desde Rio Branco (Acre), ou via Iquitos, desde Tabatinga (Amazonas).

Do mesmo modo, é possível, chegar ao Peru através de outros países. O norte do Chile faz fronteira com Tacna. Enquanto que a principal fronteira com a Bolívia é por Puno. Colômbia por Iquitos. E enfim o Equador pela Costa, por Tumbes.

Circulando pelo Peru

Em suma, viajar pelo Peru é muito fácil e barato, sendo ônibus o transporte mais comum.

Desde Lima é possível viajar ao norte, para Huaraz, Trujillo, Chiclayo, Chachapoyas, Piura e MáncoraAo sul, é possível ir direto a Ica, Nazca, Arequipa, Puno e Cusco. Por fim, entre as cidades de uma mesma região também é muito fácil encontrar ônibus que viajam direto, como Cusco-Puno ou Nazca-Arequipa.

Assim, ss principais empresas de ônibus do peru são Cruz del SurCivaOltursa e Tepsa.

Caso prefira, é possível viajar de avião para Cusco, Huaraz, Talara, Cajamarca, Juliaca e Arequipa desde Lima.

Veja como viajar de ônibus pelo Peru.

Dicas para planejar sua viagem pelo Peru

Centro de informações turísticas

Antes de tudo, em todas as cidades turísticas do Peru há serviços de atenção ao turista prestado pela PromPerú e se chama iPerú, que possui 39 escritórios ao longo do território peruano. Clique aqui para ver os endereços, que geralmente se encontram nas rodoviárias, aeroportos e centros das cidades, por exemplo.

Como turista pelo Peru, você poderá solicitar, por exemplo, mapas da cidade, informações de como chegar por conta própria em determinadas atrações, como chegar no local da hospedagem usando o transporte público e outras informações importantes.

A melhor época para viajar pelo Peru

Qual a melhor época para viajar pelo Peru

Primeiramente, o clima do Peru é bastante variado por causa das diferentes regiões do país.

Escolher a melhor época para viajar pelo Peru vai depender muito do seu roteiro, mas de forma geral, evite a época de chuvas.

Viajando pelo Peru | SERRA

Primeiramente, a região montanhosa do Peru, dominada pela Cordilheira dos Andes, possui várias ecorregiões. Os Andes do norte do país são mais úmidos, por exemplo.

Dessa forma, a serra peruana possui duas estações definidas: o verão, que vai de abril a outubro, com dias ensolarados, noites frias e pouca chuva; e o inverno, de novembro a março, com chuvas frequentes, dias nublados e noite bem fria.

Desse modo, a melhor época pra viajar pelo Peru na região serrana é definitivamente entre abril e meados de outubro.

Principais destinos da região serrana: ArequipaPunoHuarazCusco e Machu Picchu.

Cupom desconto worldpackers - UMASULAMERICANA código promocionalPowered by Rock Convert

Viajando pelo Peru | SELVA

Assim como a serra, a selva peruana tem duas estações bem definidas. As chuvas ocorrem entre novembro e março. Já entre abril e outubro, as poucas chuvas diminuem os níveis dos rios deixando portanto as estradas mais transitáveis. A região é bem úmida durante o ano inteiro. Entre maio e agosto pode ocorrer ocasionalmente as friajes, ou seja, uma frente fria que pode baixar as temperaturas a até -12°.

A melhor época para viajar ao Peru na região da selva é entre abril e outubro.

Principais destinos da região de selva: Manu, Chachapoyas e Iquitos.

Viajando pelo Peru | COSTA

Por fim, com faixas de desertos e vales banhados pelo oceano Pacífico, a costa peruana pode ser dividida em dois: no litoral norte, faz muito calor durante o ano todo, com chuvas apenas em novembro e dezembro; e o litoral sul e central, com estações marcadas, sendo o inverno entre abril e outubro, e o verão entre novembro e março. Enquanto que no inverno, os dias no sul e centro podem ser nublados e frios.

A melhor época pra uma viagem pela costa do Peru é o verão, entre novembro e março.

Principais destinos da costa: Ica, Paracas, Lima, Trujillo, Los Órganos e Máncora.

Para um roteiro de norte a sul, que inclui mais de uma das regiões, o ideal é encontrar uma época com os climas menos acentuados, assim, a melhor época para viajar pelo Peru é definitivamente os meses de março, abril e maio ou outubro, novembro e dezembro.

Que moeda levar para uma viagem ao Peru

Que moeda levar para o Peru

A moeda peruana é o Sol, que você pode comprar já no Brasil. Mas a melhor moeda para levar para uma viagem pelo Peru é o real.

Nas cidades mais turísticas do Peru você não terá dificuldade em encontrar casas de câmbio pra trocar seus reais, mas em cidades menos visitadas por brasileiros não haverá essa possibilidade, por isso, dependendo do teu roteiro, leve dólares.

Cartões de débito e crédito são aceitos em estabelecimentos focados em turismo, que costumam ter preços mais altos, sendo assim, o ideal é levar dinheiro em espécie.

Documentação e vacinas para viajar pelo Peru

Documentação para entra no Peru
SAMSUNG CAMERA PICTURES

Para o brasileiro que vai fazer uma viagem pelo Peru como turista não é exigido nem visto, nem passaporte. Você pode viajar apenas portando teu RG, desde que esteja em bom estado de conservação e aparência atual. Veja aqui como funciona viajar com RG.

Já o passaporte precisa ter pelo menos 90 dias de validade, porque é o período de permanência máxima inicial no país. Caso deseje estender, é possível por mais 90 dias e, sendo assim, o passaporte precisa ter validade de pelo menos 180 dias.

Vacina contra febre amarela

A vacina contra a febre amarela não é obrigatória, mas é altamente recomendada para quem vai viajar para a região amazônica do Peru. A vacina deve ter sido tomada com no mínimo 10 dias de antecedência da data da viagem.

Geralmente, os agentes de imigração não pedem o Certificado Internacional da Vacina Contra a Febre Amarela, mas eles tem autoridade para exigirem o documento, e, caso você não tenha, será barrada a sua entrada.

Tomar a vacina e tirar seu certificado é grátis. Não tem o porquê correr o duplo risco: o de não entrar no Peru e estragar sua viagem, ou o de contrair a doença, mesmo que seja aqui no Brasil. Veja aqui como fazer.

Consulado do Peru recomenda as seguintes vacinas:

VacinaRecomendaçãoDestinos recomendados
CataporaViajantes que nunca tiveram CataporaTodo país
Hepatite AA Todos os viajantesTodo país
Hepatite BViajantes que terão contato com a população localAmazonas, Loreto, San Martín, Ucayali, Junín, Madre de Dios
Febre AmarelaViajantes em áreas de selva abaixo dos 2300mAmazonas, Loreto, San Martín, Ucayali, Junín, Madre de Dios

COVID

Viajantes não vacinados vindos do Brasil precisam então apresentar um teste RT-PCR (NAAT) negativo feito até 48 horas antes de viajar ao Peru.

Por outro lado, visitantes totalmente vacinados com certificados de vacinação aprovados não precisam apresentar teste negativo para COVID-19.

No Peru, como não há taxímetro, por exemplo, então quando faço uma viagem ao Peru costumo pedir referência de valores para chegar onde quero e, assim, saber se o preço cobrado está de acordo ou se está abusivo.

Voltagem e tomadas no Peru

Como são as tomadas do Peru

Em primeiro lugar, a voltagem no Peru é 220. Alguns hotéis eventualmente oferecem tomadas 110 V ou até mesmo transformadores.

Além disso, os tipos de tomadas e plugues usados no país são três: tipo A, tipo B e tipo C.

A tomada tipo A, portanto, é a mais comum na maioria das cidades peruanas. A tipo C tem as bolinhas maiores que a nossa, então o plugue fica caindo.

Sendo assim, é bom se precaver antes de fazer sua viagem ao Peru. Tenha um adaptador universal.

Mal de altitude ao viajar pelo Peru (Soroche)

Como é a altitude no Peru e quais cuidados tomar
Vinicunca

A região andina no Peru pode atingir números impressionantes de altitude e você pode sentir os sintomas do soroche, também conhecido como mal de altitude ou mal de alta montanha, em passeios na região de Cusco, Puno e Huaraz, por exemplo.

Leia aqui todas as informações sobre o soroche, com dicas para amenizar portanto os sintomas. Veja a partir de qual altitude os sintomas se agravam.

As maiores altitudes do Peru são encontradas durante as atividades turísticas, como por exemplo:

  • Neveado Mateo, Huaraz, acima de 5100 metros
  • Nevado Pastoruri, Huaraz, acima de 5 mil metros
  • Montanha Colorida, perto de Cusco, aproximadamente 5 mil metros
  • Laguna 69, Huaraz, acima de 4600 metros
  • Chivay, perto de Arequipa, acima de 4500 metros
  • Laguna Churup, Huaraz, acima de 4400 metros
  • Lago Titicaca, Puno, acima de 3800 metros
Altitude médiaCidade
3825 mJuliaca
3819 mPuno
3399 mCusco
3052 mHuancayo
3050 mHuaraz
2746 mAyacucho
2720 mCajamarca
2335 mArequipa

Seguro viagem Peru

O Consulado do Peru recomenda, sobretudo, o contrato de seguro para viajar pelo país no Guia para o Turista no Peru (página 45).

Assim, os seguros recomendados são:

  • Assistência em caso de acidente.
  • Assistência em caso de doença.
  • Indenização por extravio da bagagem.
  • Garantia de cancelamento e interrupção da viagem

Veja aqui como escolher então um seguro de viagem.

Roteiro de viagem pelo Peru

Dicas de roteiro pelo Peru
Lima

Ao criar um roteiro de viagem pelo Peru, considere então a época que vai viajar e as experiências que deseja viver: trekkings, escaladas, passeios em sítios arqueológicos, praias, selva, etc.

Considere as altitudes citadas acima e vá aumentando gradativamente, para que seu corpo consiga aclimatar antes de alcançar as maiores altitudes do Peru, lembrando que a menor altitude é o nível do mar, ou seja, Lima é um ótimo ponto inicial para quem vai chegar de avião. Viajar de ônibus pelo Peru é a melhor opção para aclimatar, porque vai subindo gradualmente.

Entre Lima e Cusco, que são os principais destinos turísticos do Peru, existem algumas opções imperdíveis, como Paracas, Huacachina, Nazca, Arequipa e Ayacucho, por exemplo.

Conforme, Ao viajar a Cusco, considere 2 dias para conhecer as ilhas peruanas do Lago Titicaca, partindo da cidade de Puno, a 8 horas de ônibus de Cusco, como opção de viagem noturna na ida e na volta.

Ao Norte de Lima você pode viajar a Huaraz, por exemplo, para conhecer as belezas da Cordilheira Branca. Considere pelo menos 4 dias e, igualmente, existe a opção de viagem noturna de ônibus na ida e na volta.

Do mesmo modo, você pode combinar seu roteiro pelo Peru com a Bolívia e o Chile, como pode ver nesse artigo aqui.

Voluntariado ao viajar pelo Peru

Viajar barato pelo Peru - voluntariado + ganhar dinheiro viajando
Cusco

Enfim, caso queira viver uma imersão cultural durante a tua viagem pelo Peru, uma opção são os voluntariados disponíveis no país.

Em suma, existem opções para ser voluntário no Peru em projetos sociais, ecológicos ou de hospitalidade. Entre esses projetos estão ONGs, escolas, comunidades, hotéis, hostels, fazendas e granjas, por exemplo.

Veja quase 200 oportunidades de voluntariado pela Worldpacker no Peru. Ao ser membro da plataforma, você pode viver quantas experiências de voluntariado quiser em vários países, assim como no Brasil, ao longo de um ano.

Em troca da tua colaboração como voluntário, você recebe então hospedagem, além de outros benefícios dependendo do projeto. Alguns oferecem alimentação, descontos em passeios e bicicletas por exemplo.

Veja essa experiência de 3 meses voluntariando em Cusco sem pagar hospedagem.

Boa viagem pelo Peru

Acesse todos os artigos sobre o Peru e tire então todas as tuas dúvidas em relação aos destinos e atrações do país.

POST ANTERIOR
9 melhores técnicas para tirar foto viajando sozinha – inclusive pelo celular
PRÓXIMO POST
Melhores destinos na Patagônia para conhecer de Norte a Sul