15 49.0138 8.38624 1 0 4000 1 https://umasulamericana.com 300 1
theme-sticky-logo-alt
theme-logo-alt
Como viajar barato com 33 dicas de uma mochileira

Como viajar barato para qualquer lugar do mundo em 33 dicas

Nomad conta global - Código promocional NomadPowered by Rock Convert

Tudo bem se teu orçamento pra viajar não é tão grande! Quero te contar nesse artigo como viajar barato, mostrando que é possível viver uma experiência de viagem incrível com o dinheiro que você tem.

Me dediquei pra mapear todos os pontos de uma viagem e levantei assim 33 maneiras de economizar na viagem, te ajudando a descobrir como viajar barato pra qualquer lugar do mundo.

Você vai ver como economizar:

  • No transporte
  • Durante os passeios
  • Em hospedagem
  • Na alimentação
  • Na hora de fazer câmbio
  • E muito mais!

Então quer dizer que dá pra economizar na viagem?

Se você se pergunta se é possível viajar sem gastar muito, a resposta é sim, mas isso vai depender muito de você.

É preciso descontruir alguns conceitos sobre o turismo, que já foi muito elitizado, criando assim uma ideia de que viajar é caro e que é uma atividade pra se ter conforto e descanço.

A verdade, porém, é que todas as pessoas podem sim viajar, não importa o quanto elas tenham disponível. Existem vários tipos de turismo e alguns são muito democráticos, como você vai entender ao longo do texto.

Outra coisa é que existem técnicas para viajar barato, mas vou compartilhar tudo com voce.

E se você topa ser mochileira sem grana, aqui tem informações para viajar sem dinheiro.

Como viajar barato economizando no transporte

1 – Aprenda a encontrar passagens aéreas baratas

Como economizar na viagem
Voando para o Rio por R$55

Um dos maiores gastos de uma viagem é o transporte aéreo! Quantas vezes você desistiu de uma viagem quando viu os preços das passagens?

O segredo é saber onde encontrar aquela promoção marota!

A primeira coisa que você precisa fazer é parar de pesquisar passagem em agências! Existem vários sites de promoções de passagens: Skyscanner e Melhores Destinos, por exemplo.

Eu gosto de Pesquisar pelo Google Flights, porque posso visualizar os preços num calendário, posso acompanhar os preços num gráfico e posso criar um alerta pra receber as alterações de preço no meu email.

Mas existem muitos outros truques pra você conseguir encontrar passagens aéreas baratas! A Ana pela Galáxia já viajou pra mais de 80 países e manja dos paranauê! Daí ela criou um curso pra WP Academy pra compartilhar tudo o que aprendeu viajando ao redor do mundo! Recomendo demais o curso.

2 – Use cias low cost pra viajar dentro do mesmo território

como comprar passagem aérea barata
Sobrevoo na Coordilheira dos Andes com SkyAirline do Chile

Quando você estiver viajando dentro de um mesmo território, como a Europa ou o Chile, procure empresas aéreas low cost, como a Ryanair, a Sky Airline, a Flybondi. Já vi uma galera comentando sobre pagar 6 euros nas passagens pela Europa!

Na Colômbia há a Viva Colombia, no Chile tem a Sky e a JetSmart, na Argentina tem a Flybondi. Sempre há uma maneira de viajar barato, como eu mencionei.

3 – Viaje em ônibus ou trem

Viajando de trem para economizar na viagem
Trem de Salta a Guemes por um real – Argentina

Parece obvio dizer, porque provavelmente você já sabe. Mas ainda tem muita gente que teme viajar de ônibus ou de trem entre as cidades.

Esses meios de transporte podem ser muito mais econômicos que avião, chegando a ser 90% mais barato que voar em muitas regiões.

Não há o que temer. Ônibus são muito seguros e fáceis. Procure saber por onde as pessoas do país para onde você vai costumam comprar passagens de ônibus, como a Plataforma10, na Argentina ou a redBus na Colômbia.

Por exemplo, de Arequipa a Cusco, no Peru, a passagem aérea custa em torno de R$200, em quase 4 horas de vôo, com escala! Eu fiz a viagem de ônibus por R$35, 8 horas de viagem durante a noite! O que já nos leva à próxima dica:

4 – Durma no ônibus em viagens noturnas

De Uyuni a Oruro por trem - e até La Paz em ônibus
Ônibus Bolívia

Além de eu pagar bem mais barato na passagem, economizei a noite do hostel ao viajar durante a noite entre as cidades de Arequipa e Cusco.

Isso é bastante comum na América do Sul, onde muitas viagens costumam ser longas, porque os países do continente são bem grandes, com exceção do Equador e Uruguai.

Dormir em viagens noturnas é uma das melhores práticas de como viajar barato, assim economizando tempo também. Além de não pagar por uma noite de hospedagem, aproveita o dia para conhecer algo novo ao invés de viajar.

Então, se a tua viagem de ônibus vai durar mais de 6 horas, tendo opção de viagem noturna, opte por ela.

5 – Viaje de carona e veja com é viajar barato

Dicas pra viajar de carona
Caronando do Peru ao Equador

Viajar de carona não é uma tarefa fácil, eu sei. Existem medos e muita sensação insegurança, mas se você se permitir, vai ver que é uma das maneiras mais incríveis de viajar – além de ser de graça.

Primeiramente, existem aplicativos de caronas colaborativas, como o Blablacar, por exemplo.

O Blablacar funciona basicamente assim: o motorista cria uma viagem e, quem tá indo pro mesmo lugar, pode pegar carona contribuindo com os custos. Só pra você ter uma ideia, uma viagem de São Paulo até o Rio custa cerca de R$120, de ônibus, já via Blablacar, você paga R$50 ou R$60.

Outra opção, pra quem busca viajar mais barato ainda, é caronar na estrada! Aposto que você tá afirmando mentalmente que é perigoso! Bom, eu mochilei sozinha pela América do Sul de carona, além de me sentir segura, essa é minha atividade preferida de viagem.

Existem vários segredinhos pra pegar carona. Na Worldpackers Academy, que é uma escola online pra viajantes, tem um curso meu onde eu compartilho tudo com você, inclusive ensino como solicitar uma carona por aplicativo!

Veja aqui meu curso como viajar de carona. Não é porque fui eu que fiz, não, mas esse curso tá bom demais. Acabei de rever e to chocada com a qualidade e importância das minhas dicas.

6 – Opte caminhar ou pedalar para conhecer a cidade

Como fazer o Circuito Chico por conta prórpria em Bariloche
Pedalando em Bariloche, Argentina

Pra circular pelas ruas e percorrer distâncias menores, escolha caminhar! Além de ser grátis, você já vai explorando o lugar!

Recomendo muito que você se perca, com segurança, pelas ruas e caminhe para conhecer a região.

Outra opção é pedalar! Muitas cidades ao redor do mundo disponibilizam bikes pra você alugar, inclusive em programas públicos, como em Mendoza, na Argentina. Os preços são muito baixos e tua experiência de viagem vai ser ainda mais interessante!

7 – Como viajar barato usando o transporte local

Mitad del Mundo - Como chegar de ônibus do Terminal Ofelia
Chegando na Metade do Mundo, no Equador, de ônibus

Tá aí outro coisa que eu AMO: andar de transporte público. Além de ser bem mais barato que táxi, tenho a oportunidade de entender mais da região e experienciar a vida local.

Tenho cartões de transporte de várias cidades da América do Sul: Santiago, Valparaíso, Bogotá, Bariloche… Em todos esses lugares pude experimentar um pouquinho da rotina da galera local, percebendo o movimento, os costumes e até mesmo a problemática.

Assim eu descobri, por exemplo, como o metrô de Santiago é cheio no horário de pico, e, por isso, em algumas linhas os trens param em estações alternadas.

8 – Leve apenas a bagagem de mão para viajar barato

Mochila de viagem feminina - Escape 50 L

Não é exatamente sobre transporte, mas vai te ajudar a viajar gastando menos! Quando você viaja com muita coisa, acaba tendo que pagar taxas pra despachar a bagagem. Muitas vezes sai mais caro que a própria passagem, especialmente em se tratando de low cost.

Por isso recomendo que você viaje minimalista, com o mínimo possível. Veja aqui como fazer uma bagagem que pese 10kg no máximo.

Você pode deixar para comprar algumas coisas no destino, como shampoo, sabonete, pasta de dente e desodorante, por exemplo.

Como viajar barato na hora de fazer passeios

Passear é bom e todo mundo gosta, né? Mas quando sai mais barato a gente gosta mais ainda! Então vamos à próxima dica:

9 – Prefira conhecer a cidade com Free Walking Tour

Free Tour Santiago dica de como viajar barato
Free Tour Santiago

Você vai conhecer a cidade em um passeio guiado e a pé. A duração depende da cidade, sendo 3 ou 4 horas geralmente.

O valor do Free Tour não é tabelado, sendo a base de gorjeta, ou seja, ao final do passeio você contribui de forma consciente com a pessoa que ministrou o tour.

Enquanto uma agência vai te cobrar R$50 reais por um city tour, com o Free Walking Tour você vai contribuir com R$15, por exemplo.

Veja aqui como conhecer Santiago com Free Tour.

10 – Faça passeios por conta própria, melhor dica de como viajar barato

Visita ao Vulcão Quilotoa por conta própria

Agências são massa e os passeios são cômodos, né? Te pegam na porta da hospedagem e te levam pra lá e pra cá. Mas, são bem mais caras que fazer os passeios por conta própria!

Só pra você ter uma ideia, visitar Machu Picchu com uma agência, no pacote mais barato, custa $100. Já por conta própria, você gasta $85. Mais de R$80 de economia!

Pra isso, pesquise em blogs, como aqui no UMASULAMERICANA, dicas de ‘como chegar’. Outra coisa é perguntar na hospedagem onde está hospedada. O que costumo fazer é perguntar nos centros de informação turística das cidades que visito.

11 – Visite museus em dias gratuitos

Múmias expostas em museuem Salta - Noroeste da Argentina (NOA)
Múmia inca em Salta

Alguns museus possuem dias gratuitos na semana e isso em qualquer lugar do mundo! O MASP, em São Paulo, é grátis às terças-feiras, por exemplo. No Chile, se não me engano, no primeiro domingo de cada mês, há diversos museus com entrada gratuita.

Ou coloque no teu roteiro de viagem apenas os museus com entrada livre. Existem vários ao redor do mundo.

12 – Conheça lugares alternativos

Puente del Diablo Tres Cruces Jujuy
Tres Cruces, Argentina

Ah que essa dica eu amo! Uma opção de como viajar barato é conhecer lugares alternativos, que geralmente possuem preços mais baixos e muito menos pessoas!

Pode parecer doidera, mas conheci vários mochileiros que não visitaram Machu Picchu por causa do preço. Daí foram conhecer Choquequirao, que uns dizem ser mais impressionante, além de ter um custo extremamente menor.

A não ser que você faça muita questão, pense em lugares menos turísticos! Seja o diferentão do role!

Inclusive, atitudes como essa são ótimas pra repensar o turismo, como eu convido neste artigo com propostas pra mudar nosso modelos insustentável de viajar.

Como viajar barato na hora da hospedagem

13 – Trocando habilidades por hospedagem

Outra coisa que AMO fazer quando viajo é voluntariar! Já fui Worldpacker por 2 semanas, 20 dias, 3 meses! Você não paga nada pra se hospedar e em troca só precisa ajudar um projeto por algumas horas na semana.

Já colaborei com faxina, fotografia, recepção, trabalhei com terra e animais, por exemplo. E isso em diferentes tipos de projetos, como hostel, comunidade, granja orgânica e centro holístico. Legal, né?

Além de economizar na tua viagem, ser Worldpacker te oferece uma experiência de viagem mais profunda, diferente! Do jeito que eu gosto.

Cupom desconto worldpackers - UMASULAMERICANA código promocionalPowered by Rock Convert

Por exemplo, em Cusco, no Peru, eu trabalhava das 7h30 às 10h30 preparando o café da manhã em um hostel. Não pagava pela hospedagem e me sobrava o dia todinho pra conhecer a cidade e explorar os arredores, como o Vale Sagrado, e pra fazer uma grana, já que ganho dinheiro viajando.

É ótimo pra quem viaja sozinho, mas também tem como voluntariar em dupla ou casal.

Veja mais sobre voluntariar na viagem! 

Eu uso um aplicativo chamado Worldpackers, onde tem reunido mais de 9 mil anfitriões em vários lugares do mundo todo. São mais de 14 países onde posso ser voluntária e não pagar por hospedagem. Ninguém me segura mais.

Veja aqui como funciona.

14 – Compartilhe quartos em hostels

Hostels no Atacama - 10 opções mais baratas - Rey Lagarto Hostel

Outra opção de como viajar barato é se hospedar em hostels! Ao invés de alugar um quarto inteiro, como em um hotel ou pousada, por exemplo, você aluga uma cama em um quarto compartilhado, deixando a viagem muito mais barata! E divertida, diga-se.

Enquanto você pagaria R$220 em um quarto de hotel em Copacabana, num hostel você pagaria R$30 no mesmo bairro, dividindo o quarto com outras 5 pessoas!

Há quartos de 4 a 20 pessoas, quartos só femininos ou mistos, com banheiro privado ou estilo vestiário. Tem de tudo quanto é tipo e em todos os lugares do mundo!

Neste link você pode comparar os preços entre os diversos tipos de hospedagem.

15 – Use a plataforma Couchsurfing

Couchsurfing dicas de Como viajar barato
Passeando com meu anfitrião do Couchsurfing no Equador

Outra ferramenta pra quem quer viajar sem dinheiro é o Couchsurfing, uma plataforma muito usada por mochileiros.

Através dela você se conecta com anfitriões que oferecem um sofá pra você dormir sem te cobrar nada por isso!

Massa que você faz amizade com gente do mundo todo e vive uma imersão cultural diferente!

Usei o Couchsurfing em vários países, como Brasil e Equador, por exemplo.

16 – Se hospede pelo AirBnB quando estiver viajando com amigos e família

Como alugar apartamento pelo AirBnB e viajar barato

Já pra quem viaja em família ou com um grupo de amigos, faz sentido procurar uma casa inteira pra alugar.

Pelo AirBnB você consegue alugar por temporada espaços inteiros pra você, seja um apê ou um chalé, por exemplo. É muito mais econômico que pagar hotel pra todo mundo!

Às vezes pra casais já vale a pena, por isso veja essa possibilidade antes de qualquer coisa.

Como viajar barato economizando na alimentação

Bora falar de omida, né minha gente! Já tô com fome aqui e o bom é que tem como economizar na viagem na hora de bater aquele pratão!

17 – Cozinhe sua própria comida

Como viajar barato para qualquer lugar do mundo
Cozinhando no hostel em Manaus

Claro que não precisa ser em todas as refeições, mas cozinhar é uma ótima maneira de economizar na viagem!

Curta tua viagem e prove a gastronomia local, mas não precisa comer ceviche todo dia, né. Se você quer ter sucesso na arte de viajar barato, vá ao supermercado mais próximo e compre itens pra cozinhar. Quem sabe rola de você pedir pra um local te ensinar uma receita!

Se você escolheu se hospedar em hostels, em um AirBnB ou voluntariar, terá acesso à cozinha. Você pode almoçar na rua e jantar em casa, já que jantares costumam ser mais caros.

E se estiver planejando mochilar, cozinhar vai ser uma realidade e comer fora vai ser pra ocasiões especiais.

18 – Leve lanches e evite comer fora

Full day Canion del Colca - Passeio de 1 dia perto de Arequipa
Comendo meu lanchinho no tour pelo Cânion do Colca

Se almoçar na rua também é muito pro teu orçamento, tudo bem! Você pode preparar um lanchinho na tua hospedagem e levar no passeio. Inclusive pode rolar um picnic, o que deixa o passeio ainda mais inesquecível. Já pensou você comendo barato numa toalhinha em pleno Cajon del Maipo, em Santiago?

Eu acho chique!

19 – Coma nos mercados municipais

Mercado San Pedro - O que fazer em Cusco

Muitos mercados públicos são lugares baratos pra comer. Tipo em Cusco, onde um prato na Plaza de Armas custa R$25 e no Mercado San Pedro, R$8.

Geralmente são pratos não turísticos, então dá pra provar a comida local real oficial, além de economizar!

Por exemplo, em Cuenca, no Mercado Municipal eu comia por $1,75, enquanto fora estava custando cerca de $3 – o que já é barato.

20 – Pergunte aos locais onde eles comem

Como economizar na alimentação pra viajar barato
Comida local em Lima

Restaurante pra turista ninguém merece! Corre que é cilada. Comida cara, cheia de firula pra agradar todo mundo. Não! O negócio é comer onde os locais comem. Pergunte a eles onde comer uma comida legítima do lugar e com preço comum, de morador.

Em Lima me perdi pelas ruas enquanto caminhava pelo Centro histórico e, ao notar quem estava no horário do almoço, perguntei onde eu poderia comer. Me indicaram um restaurante local com comida a 8 soles, o que foi uma super economiza, porque na parte mais turística estava no mínimo 20 soles.

21 – Repense tua alimentação

Em alguns destinos, comer carne pode ser mais caro, então opte por refeições vegetarianas. Um exemplo disso é o Chile, onde um prato de sopa pode custa metade do preço de um prato com carne ou frango.

Como viajar barato na hora de converter moeda

22 – Fuja do cartão de crédito

Como viajar barato na hora de fazer cambio de moeda

Quando a gente fala em viajar barato, falamos também de moeda!

Ter dinheiro em espécie ajuda a economizar aquelas taxas absurdas de saque, de débito e crédito. Pra cada mil reais, você perde mais de R$60 só de IOF, além de a taxa de câmbio do banco ser péssima!

Mas as melhores opções são mesmo os bancos globais e empresas de remessa online.

Pela Wise, conta global que uso, você saca NA MOEDA LOCAL sem pagar taxas para o banco. Além disso, na hora de usar a função débito, o valor do IOF é de 1,1%, diferente dos 6,8% dos cartões comuns, como Nubank. Para saber mais, acesse.

Já em relação a remessa de dinheiro, uso a Western Unión. Por ela você pode receber dinheiro na moeda local com taxas de câmbio muito melhores. Na Argentina, por exemplo, sacar pelo WU te dá o dobro do valor por causa do câmbio blue, famoso paralelo.

Saiba mais sobre qual moeda levar para viajar pela América do Sul país por país.

Veja no destaque MOEDAS no meu Instagram @umasulamericana mais dicas sobre as diferentes taxas.

23 – Fazer câmbio no país de destino

Que moeda levar para viajar pela América do Sul

Se você prefere usar dinheiro em espécie, na América do Sul, leve real pra trocar pela moeda local quando você estiver no país. Tenha só uma graninha pra conseguir sair do aeroporto, mas só!

A lógica é: no Brasil você está comprando moeda estrangeira, enquanto que no outro país você está vendendo Real, por isso o valor de troca é mais vantajoso na venda que na compra.

Pesquisa aí se pro país que vc tá indo vale a pena levar real pra trocar lá. 

Como se planejar para viajar barato

24 – Seja flexível com o destino de viagem

Patagônia Argentina
Villa la Angostura, Argentina

Se teu orçamento não alcança conhecer o destino que você tá a fim, uma opção é escolher algum outro lugar que seja igualmente incrível, mas que caiba no teu bolso!

Entenda bem o estilo de viagem que você busca e assim poderá buscar outras opções àquela que você sonha.

25 – Descubra destinos menos turísticos

Conheça as missões jesuítas de San Ignacio Miní, entre Puerto Iguazú e Posadas, na Argentina!
San Ignácio Mini, Argentina

A gente precisa ser criativo às vezes pra encontrar opções menos turísticas pra conhecer. Muitas vezes esses lugares são mais interessantes, mais bem preservados, além de serem mais baratos, né?

Pesquise sobre países e cidades menos citados em listas que todo mundo lê! Certeza que você vai encontrar lugares incríveis.

26 – Pesquise tudo sobre o destino

Guia Prático do Deserto do Atacama
Lagunas Escondidas, Chile

Uma coisa que garante uma viagem mais barata é pesquisar bem sobre o destino antes de sair reservando e comprando as coisas.

Existem muitos blogs bons na internet, como o UMASULAMERICANA, com dica sobre tudo, inclusive como viajar barato especificamente pra o lugar aonde você quer ir.

Converse com a galera que já visitou o lugar e pergunte como economizar na tua viagem.

27 – Planeje a viagem com antecedência

Ubatuba, Brasil

Se puder, planeje tua viagem com pelo menos 3 meses de antecedência. Assim você consegue monitorar as passagens por mais tempo, consegue ler mais blogs, ver mais vídeos, encontrar roles alternativos.

Ter intimidade com o destino certamente te fará economizar muito dinheiro.

28 – Escolha a melhor data da viagem

guia de viagem pelo Peru

Quando for planejar tua viagem, se puder, evite datas comerciais, período de férias da região, datas de eventos. Na alta temporada fica tudo mais caro e cheio. A não ser que você precise mesmo, tipo viajar no inverno pra ver neve, prefira meses de transição de estações ou até mesmo a baixa temporada.

29 – Participe de programas de milhas

Uma maneira de economizar muito na viagem é usando milhas pra comprar as passagens áreas, então você pode se inscrever em algum programa e realizar todas as tuas compras no cartão de crédito. Vai acumulando pontos e “simbora” viajar!

Outras dicas para fazer uma viagem econômica

30 – Estabeleça um limite de gasto diário

Seja controlado e estipule um valor máximo pra você gastar por dia, assim você garante que tua viagem não vai passar do teu orçamento.

Nada de voltar com dívida boba da viagem!

31 – Faça amigos pra rachar gastos

Salar do Uyuni, Bolívia

Caso você vá viajar sozinho, se junte com a galera do hostel ou do tour pra compartilhar gastos com táxi, restaurante, um aluguel de carro pra fazer um role por conta própria.

32 – Negocie tudo

Em alguns lugares isso é cultural! A galera já tá disposta a negociar. Principalmente se você estiver com mais pessoas, peça desconto em passagem de busão, em hospedagem, em passeio, até em comida rola! Te juro.

33 – Passar mais tempo em cada lugar

Nossa última dica, mas não menos importante é que você fique mais tempo parado em cada destino! Quanto mais você se move, mais gastos tem com táxi, ônibus, low cost… Sabe essas viagens que a galera faz aqui na América do Sul, que quer passar em 3 países grandes em apenas 10 dias? Então, evite isso e tua viagem vai ser mais barata!

Eu sei que é muita coisa pra você ir treinando e se lembrando, por isso deixa este post salvo no teu Pinterest pra você poder ver outras vezes.

33 dicas de como viajar barato pelo mundo
canal de viagens no youtubePowered by Rock Convert
POST ANTERIOR
Guia Voluntariado Worldpackers: entenda tudo sobre como funciona
PRÓXIMO POST
10 motivos para fazer uma viagem para os Lençóis Maranhenses em 2022