15 49.0138 8.38624 1 0 4000 1 https://umasulamericana.com 300 1
theme-sticky-logo-alt
theme-logo-alt
Valle de la Luna no Atacama - tudo o que você precisa saber

O que fazer no Atacama com preços e informações

canal de viagens no youtubePowered by Rock Convert

A lista com o que fazer no Atacama é linda e extensa, resultando fácil em uma viagem de mais de uma semana! Essas atrações tornaram San Pedro de Atacama uma das queridinhas da América do Sul. É que a cidade é base para conhecer as belezas do deserto mais árido e alto do mundo! Além de caber perfeitamente em um roteiro combinando Bolívia e Peru!

As paisagens dos passeios do Atacama são incríveis e facilmente você faz 400/500 fotos por dia. Tudo parece pintura.

Decidir o que fazer no Atacama é que é tarefa difícil, a não ser que você tenha grana e tempo livres! Montanhas, vulcões, lagoas, termas, formações rochosas e muito mais para você se apaixonar por San Pedro!

Valor referência de câmbio - CLP 181 = R$1

O que fazer no Atacama

Prepare o bolso e coração pra conhecer os passeios do Atacama!

Valle de la Luna e Valle de la Muerte

O Valle de la Luna é o passeio mais procurado e tá sempre no topo das listas com o que fazer no Atacama.

No parque está localizado a Cordilheira de Sal, que foi um lago há milhões de anos atrás. Suas formações curiosas foram resultado da água e do vento ao longo dos anos.

O passeio pelo Valle de la Luna feito a tarde. Perfeito para quem chega na cidade querendo fazer algum passeio.

Normalmente o passeio através de agências é feito junto com o Vale de la Muerte, mas quando fui a guia disse que estava fechado.

Você pode alugar uma bike e fazer por conta ou com agência.

Perto do horário do pôr do sol, as agências vão para um mirador, onde está a famosa Pedra do Coiote.

Duração – meio dia, à tarde

Quanto custa – 3 mil chilenos. O tour com agência custa 7 mil a 10 mil chilenos.

Dicas:

1 – Leve lanterna para entrar na caverna
2 – Use roupa de calor, mas leve um corta vento para mais tarde
3 – Boné e/ou óculos escuros
4 – Protetor solar

Dez motivos para viajar pela América do Sul

O que fazer no Atacama - Valle de Luna, Pedra do Coyote

Geysers del Tatio

O terceiro maior campo de gêiseres do mundo é uma dos passeios imperdíveis no Atacama. São várias pequenas erupções que saem de pequenas (ou não tão pequenas assim) crateras no chão.

Além de sair bem cedo de San Pedro, o passeio é alto e frio: acima dos 4.300 metros e podendo atingir -15°.

A van da agência pega todo mundo perto das 5h e parte para o campo para chegar antes de o sol nascer. Isso porque as fumaças podem ser melhores vistas pela manhã.

Durante o passeio se pode entrar por uns 15 ou 20 minutos em uma terma. Eu não entrei, porque tirar a roupa naquele frio não era nem um pouco convidativo, mas o Rodrigo entrou (e foi o único do nosso grupo).

Veja aqui como é o passeio pelos Geysers del Tatio e povoado Machuca.

Duração – meio dia, parte da manhã

Quanto custa – 3.500 chilenos. Tour custa entre 17 mil a 20 mil chilenos.

Dicas:

1 – Use a técnica das 3 camadas pra se proteger do frio.
2 – Cuidado com o mal de altitude.

O que fazer no Atacama - Geysers de Tatio

Lagunas Altiplanicas

Esse é um dos passeios que não pode faltar na sua com o que fazer no Atacama, especialmente se você não vai fazer o passeio pelo Salar de Uyuni, na Bolívia.

As Lagunas Altiplanicas estão dentro da ‘Reserva Nacional Los Flamencos’. No passeio há muita flora e fauna silvestre. A altitude chega a quase 5 mil metros.

O cenário é cinematográfico, com montanhas e animais no entorno das lagoas!

Duração – dia todo

Quanto custa – a entrada custa de 3 mil a 5.500 chilenos, dependendo do roteiro da agência. Tour custa cerca de 30 mil.

Lagunas Altiplanicas - O que fazer no Atacama

Piedras Rojas

A maior parte das agências oferecem Piedras Rojas juntamente com Lagunas Altiplanicas, porque ficam todos pro mesmo lado no deserto. Esse é um dos rolês mais buscados de San Pedro e tá sempre presente nas listas  com o que fazer no Atacama.

O tour para Piedras Rojas costuma começar bem cedo, perto das 5h, e alcança uma altitude acima dos 4 mil metros.

Você pode ler mais no relato da Klécia, do blog Fui Ser Viajante. Ela tem fotos incríveis e conta os detalhes desse rolê lindo!

Duração – dia todo

Quanto custa – Os tours custam cerca de 40 mil chilenos

Piedras_Rojas,_Atacama_Desert,_Chile - O que fazer no Atacama

By Wescottm via Wikimedia Commons

Salar de Tara

Seguro de viagem com desconto

É um dos mais lindos passeios do Atacama. Chega-se acima dos 4 mil metros de altitude, já na fronteira com a Argentina. Na verdade, acho que passei por alguns dos cenários quando ia de Purmamarca a San Pedro do Atacama.

O cenário é tudo o que a gente quer ver e fazer no Atacama: montanhas, lagos, animais andinos, além de formações rochosas.

O passeio se chama Salar de Tara, mas o tour inclui parte da Reserva de Los Flamencos, Salar de Tarde e Salar de Aguas Calientes.

Duração – Dia todo

Quanto custa – O tour custa entre 30 a 50 mil chilenos. Não há entrada a ser paga.

 

Catedrales_de_Tara - O que fazer do Atacama

Foto: Ana Raquel S. Hernandes via Wikimedia Commons

Laguna Cejar

Esse é um dos passeios clássicos de San Pedro, indicado por quase todo mundo que te responde o que fazer no Atacama.

A Laguna Cejar possui grande concentração de sal, por isso o corpo boia na água, como no Mar Morto. O passeio normalmente passa pelo Ojos del Salar e Laguna Tebinquiche.

Duração – meio dia, normalmente à tarde

Quanto custa – A entrada custa 17 mil chilenos e o tour com agência, entre 15 e 17 mil chilenos

Laguna Cejar - O que fazer no Atacama

Foto: Negrorodrigo via Wikimedia Commons

O que fazer no Atacama – Outros passeios

Os passeios acima são os mais cotados do Atacama, mas ainda há outras opções:

Termas Puritama – 20 mil chilenos

Valle del Arco-íris – 25 mil chilenos

Tour Astronômico – 20 mil chilenos

Pukará de Quitor

Lagunas Escondidas – 20 mil chilenos

Salar de Atacama

Vulcão Lascar

Salve esta imagem no Pinterest e leia o post mais tarde

[axathemes_single_image align=”center” img_size=”full” image=”17394″]
[axathemes_title title=”Organize sua viagem” description=”Planeje sua viagem com os meus parceiros e ajude a rentabilizar o blog”]

HOSPEDAGEM

O Booking é maior catálogo de hostels e hotéis do mundo. Escolha por menores preços ou notas de avaliações dadas por outros usuários. Cancelamento gratuito!

ALUGUEL DE CASAS

Alugue casas e apartamentos só para você durante sua viagem. Opções no mundo todo! Ganhe R$100 em créditos para usar na sua primeira reserva.

SEGURO VIAGEM

Viaje com mais tranquilidade e segurança. Saia do país com cobertura em casos de acidente ou doença, além de extravio de bagagem. Conheça a SegurosPromo e ganhe 5% de desconto no seu seguro de viagem. Cote também com a Real Seguros.

ROAD TRIP

Para fazer Road Trips ou para se locomover durante as suas viagens, alugue um carro na RentCars.com, que cota preços com diversas locadoras no mundo todo. Pague em reais, sem IOF e parcele em até 12x sem juros.

LOJA DO BLOG

Mochilas, câmeras fotográficas, itens para camping e muito mais. Acesse a loja de artigos de viagem no blog.

MUITO MAIS

Conheça outros parceiros do blog e planeje sua viagem desde a escolha dos equipamentos.

[axathemes_title title=”Assine a news” description=”Dicas, informações, roteiros e inspirações no seu email” align=”center”]
Nome
Email
Me identifico como
Categoria:Atacama, Chile
POST ANTERIOR
Como chegar em Machu Picchu pela hidrelétrica passo a passo
PRÓXIMO POST
Passeio pela Isla del Sol, em Copacabana na Bolívia

28 Comentários

  • 15 de dezembro de 2015 a 11:04
    josi

    Oi,adorei as dicas.
    Obrigada por compartilhar..
    Vc fez por qual agência?
    ??

    • 15 de dezembro de 2015 a 16:07

      Ixi, eu não lembro agora. É que eu comprei nas mais baratas hehe

  • […] > Quais são e quanto custa os passeios pelo Atacama […]

  • […] ⇒ VEJA O QUE FAZER NO ATACAMA […]

  • 14 de janeiro de 2018 a 18:22
    Natallia

    Oi!
    você fechou todos os passeios lá mesmo?
    Vou em agosto desse ano. 🙂

    • 14 de janeiro de 2018 a 18:45

      Oi, Natalia! Sim, fechei tudo lá na hora. Fui de agência em agência pra encontrar o menor preço 😉

  • 29 de março de 2018 a 10:32
    Aninha Lima

    Ai ai só foto maravilhosa!!!
    Acabei de salvar esse post no meu aplicativo..
    Adoro esses posts com custos. Vou avaliar, pois queria muito fazer essa viagem esse ano ainda!
    Você emendou a viagem com Bolívia? Quanto tempo você acha que é suficiente fazendo as duas coisas juntas???

    • 29 de março de 2018 a 10:37

      Lindo demais esse paraíso, né, Aninha?
      Eu emendei, sim. Na verdade emendei com a América do Sul quase toda rs. Fiquei 5 meses mochilando.
      Mas se quiser emendar apenas com o Salar de Uyuni, precisa de 4 dias pra completar (indo e voltando).
      Se você tiver 10 dias, consegue fazer muita coisa no Atacama e o Salar.
      Uma semana seria o mínimo.

  • 29 de março de 2018 a 12:33
    Vitor

    Fantástico quero muito ir obrigada pelo artigo

    • 29 de março de 2018 a 13:52

      Imagina, Vitor! Obrigada por ler.
      Faz sim essa viagem! O Atacama é incrível!

  • 29 de março de 2018 a 14:43

    Caramba, vendo as fotos não precisava de mais nada para me convencer a visitar. Mas depois tem o seu texto, que complementa tudo. Mas, claro, como qualquer comum mortal, também tenho sempre o orçamento contado. Então teria que fazer escolhas, né?
    Lindo post

    • 29 de março de 2018 a 15:00

      Brigada, Ruthia!
      Infelizmente é preciso escolher, porque o Atacama é um destino muito caro. Ou trabalha bastante pra poder fazer tudo rs

  • 29 de março de 2018 a 15:50

    OLa
    Quero ir para o Atacama esse ano.
    Seu post caiu como uma luva.
    Valeu por compartilhar.
    Bjos
    Thais

    • 29 de março de 2018 a 15:52

      Oi, Thais! Que máximo 💛 Curte demais esse lugar

  • 29 de março de 2018 a 21:26

    Que post lindo e completinho. Adoro informações com preços para ter uma ideia das despesas. Parabéns!

  • 30 de março de 2018 a 04:02
    vicfarina

    Adoro adoro posts assim: simples mas com TUDO que você precisa para planejar sua viagem antecipadamente. Obrigada pelas dicas 😛

  • 30 de março de 2018 a 13:48

    Eu quero ir!!! Pior q o maridón já conhece, entao preciso convence-lo a voltar la. Se bem q nao acho q vai ser tao difícil assim, rs

  • 30 de março de 2018 a 14:03

    O Atacama é como vc diz um queridinho da América do Sul! Difícil é escolher que pontos incluir ou quanto tempo ficar! As suas dicas são uma mais valia para organizar um roteiro!

  • 30 de março de 2018 a 14:17

    Sempre que leio posts sobre a região do Atacama, me dá uma dorzinha no coração. rs. Quando visitei o local, estava a maior chuva, com direito a nevasca nos alpes e tudo o mais, e por conta disso quase todas as atrações estavam fechadas. Devo ter muita sorte mesmo, porque chuva no deserto não é pra qualquer um. hahaha

  • 30 de março de 2018 a 20:44

    Que post lindo, Aline, adorei viajar pra lá de novo através dele. E estas dicas vão ajudar muita gente.

    • 6 de abril de 2018 a 10:15

      É uma delícia voltar num lugar através da memória, né? Volto direto ao Atacama. Brigada, Márcia. Bjs

  • 31 de março de 2018 a 10:25

    Adorei o post, muito prático pra ajudar a gente a se planejar certinho com os preços atualizados… eu AMEI o Atacama, já fui duas vezes e quero voltar! Senti bastante aumento de preço na segunda vez, acho que faz parte da popularização do destino, né?

    • 6 de abril de 2018 a 10:14

      Deve ser isso mesmo! Mas deveria ser o contrário, né? Mudaram a lei da oferta e da procura rs

1 2