Geysers del Tatio, no Atacama - Tudo sobre o passeio mais frio do deserto

Geysers del Tatio – O passeio mais frio do Atacama

O passeio pelos Geysers del Tatio, no Atacama, deixa muitos destinos de frio com inveja! Nem em Ushuaia, colada com a Antártida, eu senti tanto frio.

Peguei lindos 11°C negativos por lá! Mano do céu, eu não conseguia nem comer, porque as mãos tinham que ficar com luvas e dentro dos bolsos.

Nesse post vou contar pra você como rola o passeio pelos Geysers del Tatio  no Atacama. Como é, quanto custa, o que levar, o que ver, como sobreviver ao frio e tudo mais. Coloca o corta vento e vem ver!

Passeio pelos Geysers del Tatio, no Atacama

 

O tour chamado de Geysers del Tatio é um dos mais vendidos na Região do Atacama.

O rolê é feito na parte da manhã e tem duração de meio dia, uma boa opção pra deixar pro dia de partir, caso seus planos sejam ir embora de San Pedro depois do almoço.

Como é o passeio pelos Geysers del Tatio

As vans começam a passar nos hostels e hotéis de San Pedro do Atacama logo cedo. Mas é cedo mesmo: perto das 5h.

É que o pico de atividade dos Geysers del Tatio rola entre as 5h e as 7h, quando as águas vulcânicas tão loucas, fervendo acima dos 85°C.

Quando for comprar, garanta que a van terá calefação. Além de a van balançar pra caramba, eu passei muito frio durante a viagem de San Pedro até os geysers, que estão a 100km de distância do centro da cidade.

A van ascende quase 2 mil, partindo de 2400 em San Pedro e chegando a 4300 metros acima do nível do mar nos Geysers del Tatio. Por isso, além do frio e dos chacoalhações na van, existe o incomodo causado pelo soroche.

Por conta disso, indico deixar esse passeio pra os últimos dias no Atacama, assim você estará bem aclimatado e não sofrerá muito. Veja as dicas para diminuir o mal de altitude.

O café da manhã tava incluído no passeio e foi feito assim que chegamos no campo de geysers. Eu mal consegui comer de tanto frio que fazia.

A guia nos explicou muitas coisas sobre os Geysers del Tatio, como:

– Os geysers estão localizados no geotérmico de Tatio, o terceiro maior do mundo.
– O vapor saem pelas fissuras e criam colunas de fumaça de até 10 metros de altura.
– Geysers são fenômenos raríssimos no mundo. São nascentes termais, que ocorrem quando águas subterrâneas geladas entram em contato com rochas vulcânicas.
– O campo do Tatio possui mais de 500 atividades vulcânicas. Além dos Geysers del Tatio, há pisicinas termais, mananciais ferventes e muito mais!

Depois da aula sobre geysers, a guia nos alertou sobre os riscos de acidentes que podem acontecer pelo campo do vulcão Tatio, como cair na água fervente ou intoxicação. Só assim ficamos livres para caminhar pelos caminhos demarcados.

Quem quisesse tinha alguns minutos para curtir a terma, mas eu preferi não tirar minha roupa com a temperatura na casa dos -10°C.

Depois de um determinado horário, os Geysers del Tatio começam a diminuir de tamanho e quantidade de fumaça. Então o passeio dá uma esticada até o pueblo de Machuca (lê-se matchuca), na região de Vado Putana.

O caminho até lá é bem lindo, com vales, lhamas, vicunhas e montanhas.

O povoado de Machuca é pequeno, com algumas poucas casas e uma igreja, uma das mais antigas do Chile. Lá tem umas comidinhas bem diferentes de gostosas, como empenadas de queijo de cabra ou de lhama, que foi a que eu provei.

Depois de Machuca, a van retorna pra San Pedro de Atacama, perto das 13h.

 

 

Quanto custa o passeio dos Geysers del Tatio

As agências cobram entre 17 e 20 mil pesos chilenos, que dá entre R$95 e R$115. Inclui transporte, guia e café da manhã.

A entrada custa 3,500 pesos, cerca de R$20

Como se vestir para o passeio dos Geysers del Tatio

No Atacama o clima é bem doido, por ser deserto: muito frio pela manhã, bastante calor a tarde e muito frio a noite.

Mas o campo onde estão os Geysers del Tatio é muito mais frio, especialmente nas primeiras horas da manhã. Já em Machuca, perto do 12h, começa a esquentar.

Pra não errar no look durante esse rolê, use a técnica das 3 camadas. Assim, você vai tirando as peças mais quentes, podendo ficar com a segunda pele em Machuca.

Salve esta imagem no Pinterest e leia o post mais tarde

Geysers del Tatio, o passeio mais frio do Atacama

Organize sua viagem

Planeje sua viagem com os meus parceiros e ajude a rentabilizar o blog

HOSPEDAGEM

O Booking é maior catálogo de hostels e hotéis do mundo. Escolha por menores preços ou notas de avaliações dadas por outros usuários. Cancelamento gratuito!

ALUGUEL DE CASAS

Alugue casas e apartamentos só para você durante sua viagem. Opções no mundo todo! Ganhe R$100 em créditos para usar na sua primeira reserva.

SEGURO VIAGEM

Viaje com mais tranquilidade e segurança. Saia do país com cobertura em casos de acidente ou doença, além de extravio de bagagem. Conheça a SegurosPromo e ganhe 5% de desconto no seu seguro de viagem. Cote também com a Real Seguros.

ROAD TRIP

Para fazer Road Trips ou para se locomover durante as suas viagens, alugue um carro na RentCars.com, que cota preços com diversas locadoras no mundo todo. Pague em reais, sem IOF e parcele em até 12x sem juros.

LOJA DO BLOG

Mochilas, câmeras fotográficas, itens para camping e muito mais. Acesse a loja de artigos de viagem no blog.

MUITO MAIS

Conheça outros parceiros do blog e planeje sua viagem desde a escolha dos equipamentos.

Assine a news

Dicas, informações, roteiros e inspirações no seu email

Nome
Email
Me identifico como
  • Rodrigo Cardoso (14 de março de 2018)

    Nossa, muito frio mesmo nesse passeio pelos Geysers del Tatio! Mas vale a pena, né? Olha só a altura da fumaça quando se compara com as pessoas perto.

  • Sergio Maggessi (27 de novembro de 2018)

    Oi, Aline. Tudo bem? Em primeiro lugar, obrigado pelas dicas valiosas. Estou usando seu roteiro de 15 dias como base pra minha viagem em maio do ano que vem. Nessa parte de vai do salar de Uyuni até Calama, tenho algumas dúvidas de como fazer. Meu roteiro está assim:

    28/05 – saio de la paz para Uyuni por volta de 20h, chegada por volta de 6h
    29/05 – Travessia do Salar
    30/05 – Travessia do Salar
    31/05 – Travessia Salar do Uyuni chegada no Atacama fazendo Valle de La Luna
    01/06 – Passeio dia inteiro
    02/06 – Passeio dia inteiro
    03/06 – Passeio de dia meio dia (Geyseres del Tatio) e partir para Calama

    Agora as dúvidas:

    – Consigo fechar um pacote só que já inclua tudo (Salar + Atacama)? Ou é melhor separado?
    – Dá pra fechar antes ou faço isso de manhã no dia 29?
    – Se tiver que fazer separado, consigo fechar as coisas do Atacama depois do passeio do Valle de La Luna?
    – No dia 03/06, que horas consigo chegar no aeroporto de Calama? De lá vou pra Santiago, e tô na dúvida se fico uma noite em Calama e vou no dia seguinte ou se já vou no mesmo dia. Só fico em Santiago até o dia 06, voltando no voo de 13:45h.

    Desculpa por tantas perguntas, mas acho que to um pouco enrolado… 😀

    Agradeço demais a ajuda.

    • Aline Rodrigues (27 de novembro de 2018)

      Oi, Sergio! Você consegue fechar tudo, se quiser. A agência Denomades oferece vários passeios e você já pode ir com tudo fechado.
      Caso não feche antes, chegando em Uyuni você pode comprar o passeio, sim, mas vai ficar bem corrido. Uma opção é comprar em La Paz.
      Calama você pode ir qualquer horário. Eu mesma passei o dia em San Pedro e dormi no aeroporto de Calama pra economizar na hospedagem, porque meu voo era bem cedo no dia seguinte. As vans ou ônibus saem o dia todo (dá uma lida nesse post que fala mais sobre isso).

      • Sergio Maggessi (29 de novembro de 2018)

        Valeu, Aline!! Mandei um email pra Denomades. Tô esperando a resposta.

Deixe uma resposta

You Might Also Like

Here you can find the related articles with the post you have recently read.