Boleto Turístico Cusco e vale Sagrado - Tudo o que você precisa saber

Boleto Turístico de Cusco e Vale Sagrado

Uma das maiores perguntas que surgem quando a gente tá planejando uma viagem para Cusco é “Como funciona o Boleto Turístico?”.

E é bom mesmo pesquisar bem, chegando lá sabendo como funciona, quanto custa e tudo mais. O guia da agência Peru Happy Travel, com que fiz os passeios em Cusco, explicou tudo sobre o boleto turístico e nos levou para comprar, mas conheci três amigos brasileiros que compraram o boleto geral, que custa mais caro, sendo que um deles só precisaria do boleto de um dos circuitos – mais de R$60 jogados fora!

Escrevi esse post com TODAS as informações que você precisa saber antes de chegar em Cusco e comprar seu Boleto Turístico.

Boleto Turístico Cusco e Vale Sagrado

Para acessar a maioria das ruínas do Vale Sagrado é necessário ter o Boleto Turístico, que pode incluir também os museus da região de Cusco.

Existem 4 diferentes tipos de ingressos: um geral, que dá acesso às 16 atrações e 3 boletos turísticos parciais, separados em 3 diferentes circuitos.

Além dos acessos diferenciados, a validade de cada Boleto Turístico de Cusco e Vale Sagrado é diferente.

Infelizmente, o Boleto Turístico não inclui Machu Picchu. Esse ingresso você pode comprar em Cusco ou pela internet.

Os serviços de guia e transporte também não estão incluídos. Cada um dos circuitos pode ser feitos com agências em Cusco, como a Peru Happy Travel, ou por conta própria, pagando um guia no local. Vou fazer um post depois com mais informações de como chegar.

O Boleto Turístico só pode ser usado uma vez. Assim que você entra, o fiscal faz um furo em cima do local que você vai acessar.

Ele é pessoal, contendo seu nome e a data da sua compra.

Veja as atrações de cada Boleto Turístico, preços e validade

Boleto Turístico Cusco e vale Sagrado - Tudo o que você precisa saber

Boleto Turístico Cusco e Vale Sagrado - Geral

Entenda o Boleto Turístico Geral, que dá acesso às principais atrações de Cusco e do Vale Sagrado, incluindo os sítios dos boletos parciais.

1 – Moray • 2 – Ollantaytambo • 3 – Pisac • 4 – Tambomachay • 5 – Chinchero • 6 – Sacsayhuaman • 7 – Qenqo • 8 – Pukapukara • 9 – Tpón • 10 – Pikillacta • 11 – Museu Sitio del Qoricancha • 12 – Museu de Arte Contemporânea •  13 – Museu Histórico Regional • 14 – Museu de Arte Popular • 15 – Monumento ao Inca Pachacuteq  • 16 – Centro Qosqo de Arte Nativo

EstrangeiroEstudante
S/ 130S/ 70
PeruanoEstudante
S/ 70S/ 40

Validade de 10 dias corridos

Boleto Turístico Cusco e Vale Sagrado - Circuito 1

O circuito 1 é o Boleto Turístico que dá acesso aos sítios arqueológicos de Cusco, todos bem próximos uns dos outros.

Sacsayhuaman • Pukapukara • Qenqo • Tambomachay

EstrangeiroPeruano
S/ 70S/ 40

Validade de 1 único dia

Boleto Turístico Cusco e Vale Sagrado - Circuito 2

Dando acesso aos museus de Cusco e algumas ruínas arqueológicas no vale sul, o Boleto Turístico do circuito 2 possui 8 atrações incluídas.

Museu de Arte Contemporânea Centro Qosqo de Arte Nativo Museu de Arte Popular Museu Sitio del Qoricancha Monumento ao Inca Pachacuteq Pikillacta Tpón

EstrangeiroPeruano
S/ 70S/ 40

Validade de 2 dias consecutivos

Boleto Turístico Cusco e Vale Sagrado - Circuito 3

O circuito 3 é o Boleto Turístico mais comprado em Cusco, pois ele é o ingresso aos sítios que são visitados juntos no famoso tour chamado de Vale Sagrado.

Pisac  Ollantaytambo Chinchero Moray

EstrangeiroPeruano
S/ 70S/ 40

Validade de 2 dias consecutivos

Onde comprar o Boleto Turístico?

Para comprar o Boleto Turístico em Cusco, vá a Sede COSITUC, que fica nas galerias turísticas. A sede, que fica na Avenida Sol, 103, atende todos os dias entre 8h e 18h.

Você também pode comprar seu Boleto Turístico na entrada de cada uma das 16 atrações, tanto de Cusco, quanto do restante do Vale Sagrado.

Eu te aconselho a comprar na porta das atrações, porque a data de validade começa à partir do momento da compra. Muito mais seguro já estando lá.

Booking - Peru

Boleto Turístico Cusco e vale Sagrado - Tudo o que você precisa saber

Qual Boleto Turístico de Cusco comprar?

Bom, isso é muito relativo ao seu roteiro, dentro do tempo que você terá em Cusco e na região do Vale Sagrado.

O Boleto Turístico Geral já vale a pena a partir do momento que você quer comprar dois parciais. Sai mais barato que comprar dois e é melhor sobrar que faltar.

Eu usei o parcial do circuito 3, porque fui a Pisac, Ollantaytambo e Moray (eu ia a Chinchero, mas acabou não dando tempo).

É preciso pensar na validade também. Se você comprar o mesmo que eu, terá dois dias seguidos para acessar os 4 sítios. Então tem que se planejar bem. Se você, por exemplo, fizer o Vale Sagrado hoje, ficando em Ollanta para ir a Machu Picchu amanhã, já irá perder o ingresso a Chinchero e a Moray.

Vou escrever sobre o tour do Vale Sagrado e explico melhor e também vou escrever dicas de roteiros em Cusco 😉 Fique ATENTO aqui no blog. Você pode assinar a news ou curtir e seguir no Facebook.

Salve essa imagem no Pinterest. Assim fica mais mais fácil encontrar esse post depois!

Boleto Turístico de Cusco e Vale Sagrado - Tudo o que você precisa saber: quanto custa, onde compra, qual a validade e muito mais

O passeio do Vale Sagrado – Circuíto 3 – foi feito com a Peru Happy Travel como uma cortesia para experimentar os serviços. Todas as opiniões e impressões são pessoais e verdadeiras.

Minha viagem a Cusco

Passeios

Maras e Moray
Vale Sagrado
Vinicunca
• Laguna Humantay

Gastos

S/ 272
R$ 285
USD 86

Rotas

⇒ Puno em ônibus
S/15
⇐ Lima em avião
USD 60

Hospedagem

Pachamama Hostel
– USD 6 (compartilhado)

Ajude a rentabilizar o blog

Usando os links abaixo, você me ajuda a rentabilizar o blog e não paga nada a mais por isso

Assine a news

Dicas, informações, roteiros e inspirações no seu email

Nome
Email
Me identifico como
  • Renan Dias Faria (27 de novembro de 2017)

    Caramba, que completo esse texto.
    Aline, tenho uma dúvida, não tá faltando Maras? Achei que ela era incluída no boleto. Obrigado. Abraços.

    • Aline Rodrigues (27 de novembro de 2017)

      Oi, Renan. Valeu! Tento escrever como eu gostaria de ler. Que bom que você curtiu.
      Então, o ingresso para conhecer as salineras de Maras não está incluído no Boleto Turístico de Cusco. É necessário pagar 10 soles pela entrada na hora. Mas vou escrever ainda sobre Maras e Moray. Se quiser saber mais, assina a news ou segue o blog no Facebook. Sempre posto lá os novos posts aqui do blog 😉 Bjs

  • johnny (1 de fevereiro de 2018)

    Parabens pelas informações. Esse é um dos sites mais completos que já achei. Mas gostaria de fazer uma pergunta. No Boleto Geral são 16 lugares no total, em quantos dias é possivel fazer todos eles ?

    • Aline Rodrigues (1 de fevereiro de 2018)

      Olá, Johnny. Obrigada pelo feedback!
      O Boleto Turístico Geral vale por 10 dias. Uma boa parte você pode fazer num mesmo dia com um city tour. Alguns sítios próximos a Cusco você consegue fazer em um dia também. Acredito que em 4 ou 5 dias você consiga fazer tudo, colocando vários lugares no mesmo dia.

  • Thaís Bernardo de Souza (3 de abril de 2018)

    Oi Aline ! Gosto muito dos seus posts 😀
    Irei pro Peru agora dia 15 de abril, serão de 15 a 17 dias. Meu roteiro é : La Paz, Copacabana, Puno Cusco, Aguas Calientes, Lima, Huaraz e Paracas, porém estou com medo, pois só tenho R$2.600 para hospedagem, transporte, alimentação e passeio. Quero conhecer Machu Picchu, as Montanhas Coloridas, Laguna 69, Glaciar Pastoruri, usar o boleto turístico e conhecer a reserva Nacional de Paracas. Você acha que dá ?
    Obrigada 😀

    • Aline Rodrigues (6 de abril de 2018)

      Oi, Thais. Valeu por ler os posts!
      Então, sua grana dá sim. Tenta comer uma vez por dia no hostel, comendo um macarrão ou um lanche de presunto e queijo. Eu sempre levo meus lanchinhos pros passeios também e acabo economizando bastante.

Deixe uma resposta

You Might Also Like

Here you can find the related articles with the post you have recently read.