Viajar de Carona – Relato e dicas por quem pede e oferece

Descobri na estrada que viajar de carona é mais que uma maneira econômica de chegar a um lugar! É uma experiência única, que te coloca em contato com pessoas locais com uma boa troca de energia, papo e sorrisos!

Minha primeira vez foi com uruguaios: pedi numa viagem entre Colônia del Sacramento e Montevidéu e parei o carro na estrada pela primeira vez para um uruguaio. A lei do retorno trabalhando lindo até ao viajar de carona.

Viajar de carona pode parecer loucura e difícil, mas é fácil na maioria das vezes. Vou te dar 12 dicas nesse post pra você pedir carona em segurança e pra conseguir mais rápido.

Por que viajar de carona?

View this post on Instagram

Obrigada pelas boas vibras que me mandaram! Passei por cima dos meus medos e levantei o dedão na Ruta 307 da Argentina. No Facebook, um tucumano me sugeriu pegar um busão até a cidade vizinha de Famallia, onde eu poderia pedir carona com mais segurança e certeza. Fiz Isso! 35 pesos e quase uma hora de viagem. Dalí, na estrada mesmo, mandei o dedo pra cima. Enquanto pensava positivo me questionava que merda eu tava fazendo! Uma mulher parou a moto e me mandou subir, que ela me deixaria mais perto da estrada principal pra Tafí. Na hora de subir na moto minha mochila pesada pendeu pro lado e caímos HAHAHAHAHA. Ela foi super fofa e me ajudou muito. Conversamos a gritos na moto e na hora de me deixar ela me abraçou ❤ Lá fui eu de novo levantar o dedo! Nem 5 minutos e um rapaz de moto parou. Fiquei com medo por ser homem, mas vamos lá! Ele me deixou em Santa Lucía, na entrada da cidade. Tava frio e nas motos tava pior ainda. Além de ser desconfortável com a Parón (a mochila) pesando pra trás. Torci por um carro quentinho. Demorou, mas parou. O Roberto me trouxe até o Centro de Informações Turísticas de Tafí del Valle, cidade em que ele mora, num carro com calefação, bem quentinho. E assim cheguei inteira, com nós no cabelo e feliz em ter completado meus primeiros 100km de carona sozinha. #tafidelvalle #argentina #argentinatrip #argentinatravel #tucuman #carona #mulherqueviaja #mulherqueviajasozinha #vousozinha #hacerdedo . . #americalatina #americadosul #americadelsur #southamericatrip #southamerica #rutalatinoamerica . . . #amoviajar #lovetravel #sourbbv . . . #travelphoto #fotosdeviagem . . . #beautifuldestinations #melhoresdestinos #mochileiros #mochileirosgrupofechado #meninasnaestrada

A post shared by Aline Rodrigues (@umasulamericana) on

Antes de sair e pedir carona por aí é preciso entender o que é isso e saber o porquê viajar assim.

O fato de não pagar nada é, claro, a maior motivação da galera pra levantar o dedo na estrada, mas na verdade não é só isso!

Claro, que deixar de pagar R$100 numa passagem de busão é maravilhoso, mas conseguir uma carona é uma experiência que vai além da economia.

Você vence seus medos, tendo que confiar em pessoas totalmente desconhecidas. Vai completamente contra o que nossos pais dizem sobre não falar com estranhos, porque você entra no carro deles!

Você se sente grato e esse sentimento é incrível! Saber que alguém desconhecido se importou com você, que esse alguém tá te dando um voto de confiança, que esse alguém tá te ajudando é uma das melhoras coisas que você vai sentir.

No caminho você e o motorista vão se conhecendo e ambos vão perdendo o medo. Rola uma boa troca de energia, sabe?

E, falando como quem já deu carona, é uma delícia saber que você tá ajudando alguém e se tornar parte da história daquela viagem.

É libertador e revelador, além de ser de graça!

Dicas pra viajar de carona em segurança

De carona na Argentina - De Tilcara até Purmamarca

Minhas primeiras caronas recebidas foram quando eu tava acompanhada pelo mozão. Até que chegou a minha vez de viajar de carona sozinha!

Senti muito medo, especialmente o de ser estuprada. Isso me causou muita ansiedade e insegurança, mas eu queria vencer isso e não poderia deixar o medo guiar minha viagem.

Eu estava em San Miguel de Tucumán, uma das cidades consideradas mais violentas e inseguras da Argentina, e queria chegar em Tafí del Valle. Fui pra estrada e consegui 3 caronas pra completar o trecho (duas motos e um carro). Deu tudo certo e aprendi várias lições que quero compartilhar:

1 – Vá para cidades pequenas

De San Miguel de Tucumán eu peguei um busão até a cidade de Famailla. Paguei ARS 35 (R$5) e pedi para o motorista me deixar na estrada que me levaria a Tafí del Valle.

Em cidade grande é fácil se sentir inseguro, mas isso cai pela metade em cidades pequenas. Minha dica pra viajar de carona é: procure uma pequena cidade próxima da estrada.

Fiz o mesmo pra sair de Salta, Norte da Argentina. Peguei um trem por ARS 7 (R$1) e fui até Guemes. Caminhei uns 20 minutos até a estrada em 5 minutos um chileno parou pra mim.

É mais fácil também confiarem em você e param com mais facilidade.

2 – Deixe alguém sempre avisado

Nas primeiras caronas sozinha eu me sentia mais segura ao avisar por mensagem que eu alguém tinha parado e avisava o trecho que a pessoa ia fazer comigo e mais ou menos quanto tempo a viagem levaria.

3 – Acompanhe a viagem pelo Google Maps

Eu tava sempre com meu celular carregado e com o GPS ativado. Ia conferindo onde estávamos pra saber que o cara não tava saindo da estrada.

4 – Não diga que está sozinho

O medo de me tornar uma vítima nunca passou. Eu venci o medo no sentido de não deixá-lo me guiar, mas sempre que um carro parava e eu corria pra entrar pensava “que merda eu tô fazendo?”.

Por medo, eu preferia nunca dizer que estava viajando sozinha quando me perguntavam – e sempre perguntavam!

Eu respondia que tava indo encontrar um grupo de amigos ou meu noivo, ou meu irmão… Mostrava que alguém daria falta de mim, caso algo acontecesse. Infelizmente eu desconfiava de todos (menos das mulheres, juro!).

5 – Cuide dos seus pertences

Eu deixava minha mochila grande no banco de trás e me sentava no banco do carona com minha mochila menor. Dinheiro e documentos sempre na doleira.

Na hora de descer eu tinha medo do cara arrancar com a Parón (minha mochila). Então eu descia, mantendo a porta da frente aberta, pegava a mochila atrás e, só aí, agradecia mais uma vez e fechava a porta da frente.

Não mexia em nada além do celular pra acompanhar o GPS. Não ostentava, nem falava sobre nada que eu poderia ter de valor.

6 – Viaje de dia

Já viajei de madrugada em carona com meu marido, mas foi horrível. Até contei nesse relato dos 1770 km de carona de Santarém à Cuiabá.

Ficava pensando que a qualquer momento o caminhoneiro iria parar na estrada e nos mandar descer sem as coisas.

Ou pensava que, naquela velocidade e escuridão, ele iria capotar o caminhão em breve!

Pra se sentir mais seguro, vá de dia! Saia cedo pra aumentar suas chances e durma em algum lugar seguro.

Dicas pra conseguir carona mais fácil

 

As dicas pra conseguir carona são do meu ponto de vista como alguém que para na estrada e do que aprendi durante as caronas que consegui.

1 – Escolha o lugar certo

Rotatórias, retornos, entradas e saídas de cidades… Esses são lugares ótimos, porque os motoristas precisam reduzir a velocidade.

Eu já deixei de levar pessoas que levantaram o dedo na estrada, porque não dava tempo de parar.

Além de não dar tempo de parar, o motorista não consegue avaliar quem tá pedindo carona.

Escolha lugares bem iluminados e sem coisas que podem te cobrir, como árvores e placas.

2 – Não viaje com muita bagagem

Ao viajar de carona, tente não levar muita coisa. As vezes o motorista até quer parar, mas não tem espaço pra você e sua bagagem que ocupa mais um ou dois lugares.

Menos de R$6 por dia na América do Sul

3 – Faça uma placa

Se puder, faça uma placa bem legível sobre onde você vai. Assim o motorista pode avaliar se dá ou não pra te levar.

A placa também passa confiança, porque ele vê que você é um viajante!

4 – Esteja apresentável

Caso seja possível, coloque uma boa roupa pra pedir carona.

Se você tiver muito bagunçado vai se parecer andarilho (no sentido ruim da palavra) e isso diminui suas chances.

Uma roupa limpa, especialmente clara, faz com que as pessoas se sintam mais seguros pra parar.

Lembre-se que o motorista também tem medo de você!

5 – Sorria ao levantar o dedo

Viajar de carona é uma arte: fazer alguém confiar em você em questão de segundos!

Pra ajudar nessa mágica, sorria! Quando eu levantava o dedo já sorria em tom de “obrigada”.

Tentei fazer cara de dó, de cansada… Mas, coincidência ou não, paravam quando eu tava sorrindo.

6 – Lugares alternativos que não a estrada

A estrada nem sempre é boa com a gente, né? Via rápida, sem tempo pra confiarem na gente, sem saber pra onde o carro tá indo…

Bom, nesse caso procure sua carona em outros lugares.

No Brasil eu pedia carona em postos de descansos ou nos estacionamentos de locais onde eles conseguem fretamentos.

Assim eu podia falar com os motoristas, perguntar aonde iam, sentir a vibe deles… Bem mais fácil. Eles mesmos me deixavam no próximo lugar pra eu consegui seguir.

Postos de gasolina também são uma opção pra fazer o mesmo.

Como é viajar de carona sendo mulher

Viajar de carona sozinha - DicasMinha primeira carona sozinha

Por incrível que pareça, é mais fácil viajar de carona sendo mulher.

Motoristas mulheres não param pra homens. Motoristas homens desconfiam mais de outros homens.

Já por ser mulher a gente mete menos medo e os motoristas se sentem mais confortáveis em parar. Não somos uma ameaça.

Mas, por esses mesmos motivos, somos mais vulneráveis a ter uma experiência ruim.

Apesar disso, ao viajar de carona sozinha, eu não tive nenhum caso.

O mais inconveniente que vivi foi um cara que disse que só parou pra me dizer pra não fazer mais isso, porque era muito inseguro pra mulher.

Pra ver como foi essa viagem sozinha, com carona pela Argentina, veja aqui os stories no Instagram.

Salve esta imagem no Pinterest e leia o post mais tarde

Viajar de carona - Relatos e dicas por quem pede e oferece carona no Brasil e América do Sul

Organize sua viagem

Planeje sua viagem com os meus parceiros e ajude a rentabilizar o blog

HOSPEDAGEM

O Booking é maior catálogo de hostels e hotéis do mundo. Escolha por menores preços ou notas de avaliações dadas por outros usuários. Cancelamento gratuito!

ALUGUEL DE CASAS

Alugue casas e apartamentos só para você durante sua viagem. Opções no mundo todo! Ganhe R$100 em créditos para usar na sua primeira reserva.

SEGURO VIAGEM

Viaje com mais tranquilidade e segurança. Saia do país com cobertura em casos de acidente ou doença, além de extravio de bagagem. Conheça a SegurosPromo e ganhe 5% de desconto no seu seguro de viagem. Cote também com a Real Seguros.

ROAD TRIP

Para fazer Road Trips ou para se locomover durante as suas viagens, alugue um carro na RentCars.com, que cota preços com diversas locadoras no mundo todo. Pague em reais, sem IOF e parcele em até 12x sem juros.

LOJA DO BLOG

Mochilas, câmeras fotográficas, itens para camping e muito mais. Acesse a loja de artigos de viagem no blog.

MUITO MAIS

Conheça outros parceiros do blog e planeje sua viagem desde a escolha dos equipamentos.

Assine a news

Dicas, informações, roteiros e inspirações no seu email

Nome
Email
Me identifico como

Deixe uma resposta

You Might Also Like

Here you can find the related articles with the post you have recently read.