15 49.0138 8.38624 1 0 4000 1 https://umasulamericana.com 300 1
theme-sticky-logo-alt
theme-logo-alt
Quanto custa viajar pelo Equador

Quanto custa viajar pelo Equador – Descubra como é barato

Conta Global Nomad - USD 20 cashback código promocional Nomad UMASULAMERICANA20

É comum ver viajantes dispensando o Equador na hora de escolher um país pra conhecer porque acreditam que seria uma viagem cara, já que a moeda em circulação no país é o dólar estadunidense. Compreensível, mas vou te mostrar neste artigo como é barato viajar pelo Equador, compartilhando quanto custa em detalhes.

Então, se quer saber quanto custa viajar pelo Equador, este artigo do UMASULAMERICANA vai ajudar: custos por destino, passeios, alimentação, hospedagem e transporte. Além disso, veja qual é a maneira ideal de fazer câmbio de moeda pra viajar pelo país e dicas pra economizar.

E pra acompanhar essa viagem pelo Equador, corre pro Instagram UMASULAMERICANA. Tem muita coisa já salva nos destaques.

A moeda em circulação no Equador é o dólar

A moeda soberana equatoriana, Sucre, deixou de existir, depois de 116 anos de vigência. Então, em 2000, o Equador passou a usar oficialmente o dólar estadunidense.

Pelo que pude saber conversando com os locais, eles levaram entre 4 e 5 anos pra realmente se acostumar com a nova moeda.

Também através dessas conversas, especialmente durante meus intercâmbios voluntários pelo Equador, entendi que a economia se estabeleceu, sem sofrer mais com a inflação.

Isso quer dizer que os preços mudam pouco de um ano pra o outro, diferente do que acontece no Brasil ou na Argentina, que passou os 50%, por exemplo.

A maneira mais econômica de levar dólares pro Equador

Como abrir uma conta Nomad em dólar
Cartão em dólar pra viajar pro Equador

Acima de tudo, o bom de a moeda no Equador ser o dólar estadunidense é que se paga menos taxas de câmbio, já que outras moedas convertem real x dólar x moeda local. Assim, fica um pouco mais econômica e mais fácil a questão financeira.

Porém, na hora de levar os dólares existe uma maneira de economizar ainda mais, podendo ser até 10% mais barata: ter uma conta em dólar.

Cartão em dólar Nomad Global

Tenho conta na Nomad, uma fintech que abre contas sem custo em dólares pra brasileiros dentro e fora dos Estados Unidos. ou seja, você envia dinheiro pra tua conta em dólar e saca onde quiser, inclusive no Equador.

O valor do dólar não é o turismo, como seria se você fosse comprar em espécie no Brasil ou sacar de uma conta convencional, por exemplo. Ao contrário dos bancos convencionais, na Nomad a compra é de dólar comercial, que tem cotação muito mais atrativa que a turismo.

Além disso, você usa seu cartão como débito em outros países, o que no Equador não faz muito sentido, como já vou te contar.

Então, a dica é que ao abrir tua conta na Nomad, usando o código UMASULAMERICANA20 você ganha até USD 20 de cashback, dependendo do valor da primeira transferência.

Veja tudo o que precisa saber sobre a conta em dólar da Nomad

Conta multimoedas Wise

Igualmente tenho o cartão da Wise, uma conta multimoedas, não só dólar como a Nomad. São 50 moedas diferentes no mesmo aplicativo, no mesmo cartão.

Igualmente, com a Wise você compra dólar comercial e não turismo e paga apenas 1,1% de IOF, diferente dos 6,38% dos cartões de débito e crédito convencionais.

Através deste link você fica isento da taxa da primeira remessa.

No Equador é preciso ter dinheiro em espécie

Vulcão Chimborazo

Primeiramente, entenda que a realidade no Equador é que em praticamente nenhum lugar é possível usar cartão de débito ou crédito. Enquanto no Brasil a gente praticamente não usa mais dinheiro em espécie, no Equador tudo é em cash, ou como dizem aqui, en efectivo.

A passagem de ônibus no terminal, o restaurante ou até mesmo a hospedagem. Tudo deve ser pago em dinheiro. Uso meu cartão de débito global da Wise e da Nomad pra fazer compras em supermercados grandes, por exemplo, e assim posso segurar mais tempo pra fazer saques.

E nem pense em viajar pelo Equador com notas altas. Notas de USD 20 pra baixo, senhora viajante, porque o país é barato demais e USD 100 é muito dinheiro. Ninguém vai trocar. Essa é outra vantagem de sacar no país, porque os caixas eletrônicos dificilmente vão te dar notas acima de USD 20.

Sobre o saque de dólar no Equador

Tena, Amazonia equatoriana

Então, na hora de sacar dinheiro no Equador, entenda que existem taxas:

  • as do teu banco
  • e as dos caixas eletrônicos

Primeiramente, se você optar por sacar dinheiro com o cartão do banco convencional, entenda que existem taxas maiores. Por exemplo, em 2015, quando não existiam contas globais, eu usava o Itaú, que me cobrava R$9 por saque, além da taxa de câmbio turismo do momento do saque e IOF de 6,38%.

Porém, com as contas globais você consegue comprar dólar no dia de melhor cotação, mesmo que tua viagem seja só daqui uns meses, o dólar é o comercial e o IOF é de apenas 1,1%.

A Wise não cobra nada pelos primeiros dois primeiros saques do mês, depois cobra um valor de USD 1,90, mais ou menos R$10. A Nomad, por outro lado, não cobra nada por saques feitos nos ATMs da rede Allpoint, que você pode mapear através deste link. Já os saques feitos em outros caixas eletrônicos são livres de taxas nas duas primeiras operações, então a partir da terceira a taxa é de US$5 por saque.

Em suma, pra sacar em caixas eletrônicos, ou chamados também de ATMs, busque os que possuem as bandeiras Plus, VISA ou Cirrus (MASTERCARD), dependendo da bandeira do teu cartão.

As taxas cobradas por saque feito com cartão internacional vão variar de USD 1,50 a USD 5, mas alguns bancos não cobram taxa.

  • Produbanco – sem taxas, saques de apenas USD100 como máximo
  • Banco del Austro – sem taxas, saques de apenas USD200 diários como máximo, mas em dois de USD 100
  • Banco Guayaquil – USD 1,50
  • JEP Coperativa – USD 5 por saque
  • Banco Pichincha – USD 4,48 por saque

Agora que você já entendeu como levar dólares para o Equador e como circular com dinheiro no país, por fim, vamos ao que interessa: quanto custa viajar pelo Equador? É um país caro pra viajar?

Por ser dólar, é caro viajar pelo Equador?

É barato viajar pelo Equador
Montañita, Santa Elena

Definidamente o Equador é um dos países mais baratos para viajar na América do Sul, mesmo que a moeda em circulação seja o dólar. Isto é, o custo de vida no Equador não é o mesmo que nos Estados Unidos.

Claro, à medida que o Real é desvalorizado diante do dólar, o Equador se torna mais custoso, mas isso também quer dizer que caso o dólar e o real estejam menos discrepantes o país se torna ainda mais barato pra viajar.

Por exemplo, uma hospedagem de $10 a R$5,30 o dólar significa R$53, porém, se o dólar vale R$3,70 a hospedagem valeria R$37.

Ou seja, quanto custa viajar pelo Equador vai depender muito da valorização do Real na data da tua viagem. De qualquer maneira o Equador não é um país caro, como vou te mostrar.

Por outro lado, existe sim um destino caro no Equador, que é Galápagos. O arquipélago é um dos destinos mais caros da América do Sul, podendo custar cerca de USD 500 por apenas 3 dias de viagem, por exemplo. Assim, quando estiver planejando tua viagem ao Equador, tenha em consideração os custos para Galápagos ou desconsidere conhecer as ilhas.

Porque o Equador é um dos países mais baratos da América do Sul

Cuenca

Aqui no UMASULAMERICANA tem um artigo completo respondendo quanto custa viajar pela América do Sul e nele você pode comparar os custos entre 8 países do nosso lindo continente.

Nessa comparação você vai ver então que o Equador é um dos países mais baratos da América do Sul.

Em suma, a média diária do custo de viajar pelo Equador é de $16, ou seja, R$ 80 na cotação de hoje, isso dependendo do destino, do modo como vai fazer turismo, tipo de hospedagem, etc.

Entenda quanto custa viajar pelo Equador

Então, pra te mostrar quanto custa em média viajar pelo Equador vou dividir os custos por hospedagem, alimentação, transporte e passeios. Além disso vou comentar sobre cada destino, já que os valores podem mudar dependendo de cada um.

Quanto custa hospedagem do Equador

Baños

Em suma, aqui no Equador existem basicamente 3 tipos de hospedagem: hostel, hostal e hotel.

Hostel é aquele esquema de alugar uma cama ao invés de um quarto, assim compartilhando o quarto com mais pessoas. Hostal é mais ou menos o que no Brasil chamamos de pousada. Enfim, hotel é o tipo padrão de se hospedar, ao qual você não tem acesso a cozinha e não possui áreas de lazer e recreação entre hospedes. É o menos comum no Equador.

Hostels e hostals são as opções mais baratas e comuns de hospedagem no Equador, mas a maioria não oferece café da manhã.

Em Quito, por exemplo, é possível encontrar hospedagem desde USD 4 em quartos compartilhados e a partir de USD 6 em quartos privados. Veja aqui as opções de hospedagem em Quito.

Em Baños paguei USD 2,50 no camping e USD 3,50 no quarto compartilhado no Lo de Fausto em 2020 e 2022, respectivamente, mas o lugar fica afastado do centro. Se você busca uma melhor localização, vai pagar a partir de USD 6 em quarto compartilhado e de USD 8 em quarto privado. Confira então as hospedagens em Baños.

Em Cuenca, por exemplo, a partir de USD 7 em quarto compartilhado e de USD 8 em quarto privado.

Já em Montañita, a partir de USD 7 no compartilhado e de USD 12 em quarto privado.

Cupom desconto worldpackers - UMASULAMERICANA código promocional

Em Tena, a partir de USD 6 em quarto compartilhado e de USD 8 em quarto privado.

Latacunga, a partir de USD 6 quarto compartilhado e USD 12 quarto privado.

Enfim, em Otavalo, a partir de USD 9 em quarto compartilhado e de USD 10 em quarto privado.

Veja opções de hospedagens em outras cidades do Equador.

Quanto custa alimentação no Equador

Menu Equador - Quanto custa viajar pelo Equador
Menu completo em Cotacachi USD 3,50

Do mesmo modo, na hora de planejar viajar pelo Equador, leve em consideração quanto custa comer nos mercados ou restaurantes.

No terminal de ônibus de Otavalo foi onde paguei mais barato no almoço, por exemplo, sendo USD 1,50 o prato de arroz com salada, batata e frango. Depois foi no Mercado de Cuenca, onde paguei USD 1,75 no prato de arroz, menestra e frango – e ainda vinha com suco.

Porém, de maneira geral, o menu custa entre USD 2,50 e USD 3,50. Menu é o conjunto de almoço: sopa de entrada e um prato com alguma carne como segundo.

Pizzas individuais custam a partir de USD 2. Lanches, como hambúrguer, a partir de USD 3,50 o combo, por exemplo.

Comida de rua, como empanadas, a partir de USD 0,25, ou cevichocho a partir de USD 1.

Quanto custa o transporte no Equador

O Equador é um país barato pra viajar na América do Sul

Viajar pelo Equador é muito barato, mas especialmente o valor do transporte me surpreende.

Primeiramente, vale esclarecer que viajar pelo Equador significa viajar de ônibus, porque o país é muito pequeno e, além de poucas rotas de avião, é um meio de transporte que ninguém utiliza e por isso é caro.

Desse modo, pra poder calcular certinho quanto custa viajar pelo Equador em relação ao transporte, fiz uma média por hora. Por exemplo, de Otavalo a Ambato a passagem custa USD 6,50 e a viagem dura cerca de 5 horas. De Ambato a Baños a viagem dura cerca de 1h30 e a passagem custa USD 2.

Então, depois de viajar por muitos lugares do Equador, assumo que a média por hora de viagem é de USD 1,25. Algumas viagens custam mais, outras menos, mas pode calcular esta média.

Lembrando que a maioria das viagens do país são curtas, assim entre 4 e 7 horas aproximadamente.

Em relação a táxis, já que não se usa Uber no Equador, uma corrida de 15 minutos custa cerca de USD 2, inclusive durante a noite. E são vários táxis na rua, porque toda a população usa táxi o tempo todo pelo valor.

Enfim, o transporte público varia entre USD 0,35 e USD 1 – quando é interprovincial (equivalente ao nosso interestadual).

Vou escrever ainda um artigo contando como viajar de ônibus pelo Equador, então não deixe de acessar o blog ou acompanhar os stories no instagram @umasulamericana.

Quanto custam os passeios pelo Equador

Quando o assunto são passeios, o Equador também pode ser considerado barato. Isso porque a maioria das coisas no país podem ser feitas por conta própria.

Um dos passeios mais buscados no Equador é o Vulcão Quilotoa, perto de Latacunga, o qual pode ser visitado sem agência. O custo seria apenas o do transporte – cerca de USD 8. Então, estando lá, se quiser fazer o passeio de caiaque, meia hora custa USD 3 – acho muito acessível.

A maioria dos pontos turísticos do Equador possuem transporte publico que passa perto, como o vulcão Chimborazo em Riobamba, o Parque da Metade do Mundo em Quito e a Pailon del Diablo em Baños, por exemplo.

Os parques nacionais não possuem custo de entrada, sendo totalmente grátis.

Algumas atrações cobram entrada, mas isso quando estão localizadas em comunidades indígenas ou são propriedade privada, como no caso do Quilotoa (USD 2), Pailon del Diablo (USD 2) e a Manto de la Novia (USD 1).

Então, quanto em média custa viajar pelo Equador

Quarto compartilhadomédia USD 6
Quarto privado por pessoamédia USD 10
Menu completo no almoçomédia USD 3
Pizza individualmédia USD 2
Combo de hambúrguermédia de USD 4
Porção de batata frita grandemédia de USD 4
Lata de refrigerantemédia USD 1
Transporte públicomédia USD 0,40
Viagem de ônibus média de USD 1,25/hora
Passeiosmédia de USD 8

Já no supermercado, tendas e mercados os preços do Equador são o seguinte:

ovoUSD 0,15
pãoUSD 0,15
pacote pão de formaUSD 1
atumUSD 1,30
pacote de macarrãoUSD 0,70

Como economizar viajando pelo Equador

Como você viu, é muito barato viajar pelo Equador, mas ainda é possível economizar ainda mais, especialmente se você é mochileira.

Economizando em hospedagem no Equador

Voluntariado em bioconstução no Equador em um bairro indigena

Recentemente vivi meu quarto voluntariado no Equador, isso quer dizer que em 4 ocasiões eu não paguei nada pra me hospedar, mas sim ajudei na rotina local.

Em Montañita trabalhei na recepção de um hostel. Em Atahualpa, trabalhei na terra e com animais numa granja. Já em Latacunga ajudei na limpeza do hostel. E em Otavalo ajudei com bioconstrução em uma hospedagem.

Nos dois últimos voluntariados, em Latacunga e Otavalo, tive todas as refeições incluídas, além de lavanderia, o que me ajudou muito a economizar na viagem pelo Equador.

Desde 2019 uso uma plataforma chamada Worldpackers pra encontrar essas oportunidades de intercâmbio voluntário. São mais de 8 mil projetos anfitriões em mais de 140 países no mundo todo. Só no Equador são mais de 100 vagas pra voluntariar.

A plataforma tem um custo anual de USD 39 como o cupom de desconto UMASULAMERICANA – equivalente a 6 noites em média em quartos compartilhados no Equador, ou seja, vale muito a pena.

Além de economizar, pude aprender muito do espanhol equatoriano, conhecer outros viajantes e conviver com pessoas locais. Meu voluntariado em Otavalo era localizado em um bairro kichwa, uma etnia indígena.

Leia tudo sobre como funciona a Worldpackers e os voluntariados.

Economizando no transporte no Equador

Em 2020 viajei o Equador inteiro de carona (inclusive pra voltar pro Brasil, né, já que fui repatriada num voo gratuito pela pandemia).

Minha recomendação é ter uma bandeira do Brasil, que fora do país não tem conotação bolsominion, pra mostrar que você é brasileiro. Infelizmente pessoas nativas da Venezuela sofrem muita discriminação e podem não te levar por acharem que você é uma venezuelana.

Como viajar de carona em segurança

Economizando na comida

Ao se hospedar em hostel ou hostal você tem acesso a cozinha, ou seja, pode cozinhar sua própria comida. Vá ao mercado ou supermercado e compre produtos pra cozinhar. Os alimentos naturais costumam ser muito baratos.

Caso esteja de férias e queira otimizar seu tempo, pode preparar lanches pra levar em passeios ou apenas almoçar fora e comer a noite algo fácil de preparar no hostel mesmo.

Outra ideia é pedir o menu sem sopa e pedir desconto por isso. É o que eu faço geralmente, porque acho que é muita coisa sopa mais prato principal.

Economizando nos passeios

Como economizar viajando pelo Equador

Chegar de carona é a minha maior dica. As duas vezes que visitei o Quilotoa, a primeira vez que fiz a Ruta de las Cascadas, quando subi o Chimborazo, quando fui ao Parque Machalila… Tudo isso fiz de carona e economizei alguns dólares.

Se for fazer passeio com agência, tente desconto, porque geralmente existe essa margem.

O que você achou? Barato viajar pelo Equador, né? Me conta nos comentários se tiver qualquer dúvida.

Não deixe de acompanhar essa viagem pelo Equador, que seguirá subindo pra Colombia, pelo instagram @umasulamericana.

Leia mais artigos sobre o Equador aqui no UMASULAMERICANA pra ajudar a planejar tua viagem.

Entenda Quanto custa viajar pelo Equador
canal de viagens no youtube
POST ANTERIOR
Eu vi Deus na caravela

5 Comentários

  • 23 de setembro de 2022 a 19:41
    Erika

    Post perfeito ❤️❤️❤️ Parabéns pelo conteúdo e dedicação, Aline!

    • 6 de outubro de 2022 a 19:02

      Ah que demais receber teu comentário. Muito obrigada

  • 24 de setembro de 2022 a 01:11
    Reinaldo

    Adorei…

  • 6 de outubro de 2022 a 17:00
    Janaina

    Que blog demais, adorei..

    • 6 de outubro de 2022 a 19:01

      Eba, Janaína. Que legal que gostou do blog. Bem vinda sempre