15 49.0138 8.38624 1 0 4000 1 https://umasulamericana.com 300
theme-sticky-logo-alt
theme-logo-alt
Trabalhar na viagem

Ganhar dinheiro viajando – 10 ideias pra ter grana na viagem

Powered by Rock Convert

Uma das perguntas que mais respondo no meu Instagram @umasulamericana é sobre como faço pra ganhar dinheiro viajando.

Já há mais de um ano que viajo pela América do Sul e não juntei grana pra isso, mas já fiz algumas coisas pra ganhar dinheiro viajando.

Também conheci muitos mochileros de vários países que viajam sem dinheiro e vão se virando como podem. E foi na história deles e na minha que me inspirei pra escrever esse post.

10 ideias pra ganhar dinheiro viajando

1 – Vender comidas ou bebidas

@umasulamericana no Instagram
Cupom desconto worldpackers 10 dólares

Isso é o mais comum entre a galera que ganha dinheiro viajando, porque todo mundo sabe ou aprende a fazer alguma coisa de comer ou beber.

Em Cusco, Peru, por exemplo, eu vendia brigadeiro e beijinho em restaurantes de menu. Pedia ao dono do negócio se podia vender e oferecia de mesa em mesa como sobremesa brasileira.

Vendia cada um a 1 sol e geralmente compravam de dois pra provar os dois sabores. Já cheguei a fazer 50 soles em duas horas.

Já em Montañita, Equador, eu vendia na praia geladinho de caipirinha nos sabores maracujá e morango a $0.50 cada. Cheguei a vender 20 dólares em duas horas.

Coxinha. Sonho. Trufa. Bolo. Empanada. Salada de fruta. Tequila. Caipirinha. Já vi a galera vendendo de tudo enquanto viaja.

Por experiência, locais compram muito mais que turista gringo. Então pensa no lugar, clima, publico e manda a ver na cozinha!

2 – Trabalhos online

Trabalhando no inverno de Valparaíso

Não juntei grana, porque já era certo que eu iria ganhar dinheiro viajando.

Eu trabalhava online como Conteúdo Digital, mas no meio do rolê a empresa me dispensou e por isso passei a vender comida.

Sou formada em Publicidade, especializada em Redação com atuação no meio digital. Mas existem muitas opções pra trabalhar online.

Programador, web designer, designer gráfico, consultores, SAC.

Pensa na tua profissão e quem sabe dê pra encaixar em freelas online.

3 – Trabalhando pra terceiros

Como é trabalhar durante a viagem

Veja como fazer voluntariado enquanto viaja o mundo

Outra opção pra ganhar dinheiro viajando é apenas trabalhar nos negócios locais.

Em Alter do Chão, Pará, trabalhei em um restaurante como garçonete. Ganhava 50 reais por dia mais gorjeta.

Em Máncora, Peru, trabalhei como faxineira em uma pousada. Ganhava 30 soles por 8 horas de trabalho.

Também conheci viajantes que trabalhavam em baladas de Montañita e Máncora, seja prospectando, seja no bar, seja na porta, seja animando festa.

Conheci mochileiros que trabalharam prospectando clientes pra restaurantes e agências de turismo em vários destinos, como Copacabana na Bolívia e Cusco.

Conseguir um emprego temporário é uma ótima e fácil ideia pra ganhar dinheiro viajando.

4 – Usar teus conhecimentos e habilidades

Como fazer uma viagem de volta à América do Sul

O que você sabe fazer? No que você é bom?

Tem muita gente viajando e fazendo dinheiro com suas habilidades.

Alguns amigos pintam murais e ganham uma grana com isso. Um deles é o @nicopintale, um uruguaio que desenha especialmente mandalas.

Outros amigos são músicos e tocam em restaurantes em troca de gorjeta nas mesas, ou em bares pagos pelo dono, ou na rua em troca de contribuição dos passantes. Em transporte público também é super comum.

Conheci alguns tatuadores, que viajam com seu equipamento e tatuam mochileiros e locais. Inclusive fiz uma tattoo viajando!

Conheci um argentino que cortava cabelo e fazia barba dos caras em hostels.

Conheci uma galera que fazia ou arrumava dreads.

Muitos que encontraram na fotografia a melhor maneira de ganhar dinheiro viajando, oferecendo fotos pra restaurantes, hotéis, casais…

5 – Usar teu idioma e outros que você domina

Português nativo é muito valorizado em outros países, afinal, ninguém sabe nosso idioma como nós, que falamos desde sempre.

Em Cusco prestei serviço de tradução pra uma agência de turismo que queria um material de qualidade pra atrair brasileiros.

Em Valparaíso, Chile, treinei pra ser guia de free tour em português e espanhol.

Quem sabe uma agência de passeio, restaurante, hotel esteja precisando do teu conhecimento em português, né?

Cupom desconto worldpackers 10 dólaresPowered by Rock Convert

Outra coisa é usar os outros idiomas que você domina.

Por exemplo, em Búzios, Floripa e Pipa tem muitos turistas que falam espanhol e eu posso buscar algum trabalho focado neles quando estiver nesses lugares.

6 – Oferecer aulas

Vi muita gente ensinando suas habilidades e conhecimentos pra ganhar dinheiro viajando.

Em Valparaíso cheguei a me cadastrar num site de aulas particulares onde eu oferecia aulas de português.

Aulas de violão ou outros instrumentos pode ser uma opção.

No Equador conheci uma colombiana que ensinava Salsa e um brasileiro que ensinava capoeira.

É chef? Que tal oferecer um curso?
É surfista? Seria uma boa dar aulas pra iniciantes.
É fotógrafo? Aulas de edição de foto seria uma ideia!

7 – Artista de rua

@hairosombrapaulistano

Tenho um amigo brasileiro que é mímico, @hairosombrapaulista, e já levou sua arte por Chile, Peru e Equador. A base de gorjeta, ele se sustentava.

Conheci um chileno que dança break e já se apresentou em várias cidades dos Estados Unidos.

Estátuas vivas, palhaços, mágicos, personagens de filmes e todo tipo de artista de rua podem seguir viagem trabalhando.

As vezes o problema é que algumas cidades proíbem esse tipo de manifestação artística, tendo que tirar uma permissão especial na prefeitura.

8 – Malabares e afins

@nicohae

Tenho um amigo suíço que aprendeu malabares com argentinos e hoje ele trabalha no farol pra juntar uma grana. Incluive hoje Nico tá no Brasil.

Argentinos em geral trabalham muito no farol com bolas e claves.

Conheci viajantes do mundo todo que escolheram trabalhar viajando com malabares ou bambolê ou bandeiras (as bandeiras são uma dança com tecidos).

Uma galera bem circense, com monociclo, equilíbrio de facas, dança com bastões de fogo.

Muita gente se sustenta só com isso, especialmente nas grandes cidades, onde há muito mais semáforos e carros.

Mas o farol não é o único lugar. Você pode fazer isso em bares, porta de shoppings, praças e centros urbanos.

9 – Artesanato

Esse mesmo amigo suíço também aprendeu na Argentina a fazer pulseiras. Quando não tá no farol, tá vendendo o que produziu.

Conheci também muitos viajantes que vivem disso: pulseiras, colares, chaveiros, esculturas com arames… Muitas opções de trabalhos manuais que a galera vende.

Tem a galera que vende pessoa por pessoa nas ruas e praças. Tem galera que arma uma mesinha ou um paninho no chão e esperam os clientes chegarem.

Os artesãos mais experientes, que vendem produtos lindos com pedras e técnica avançada de produção, vendem sua arte por um preço fixo.

Já a galera que tá começando e só sabe fazer um ou dois tipos de pulseira, às vezes vendem por valor voluntário.

10 – Vendendo impressões especiais

@nicopintale

Dicas pra viajar de carona

O Nico Pintale criou stickers com suas pinturas, então além de vender os murais, ele ganha uns trocados assim, com seus desenhos impressos.

Conheci uma brasileira, @lamaquinitadefotos, que tira fotos dos pontos turísticos do lugar e também de pessoas nuas e cria imãs de geladeira pra vender nas ruas.

Conheci um colombiano que pinta sobre papéis cartões e depois sai pra vender.

Um argentino que conheci pinta sobre papel cartão e depois faz encadernações, usando essas pinturas como capa dos cadernos.

Um amigo argentino produziu stickers com frases de emponderamento e deixou no balcão do hostel onde voluntariava pra vender aos hóspedes e visitantes.

A grana

Existem muitas maneiras de trabalhar viajando e seguir na estrada sem ter precisado juntar muita grana pra isso.

Tem gente que para meses num lugar pra juntar o máximo que pode. Tem gente que faz a grana de cada dia e parte logo pro próximo destino e continua trabalhando.

Quando a gente viaja assim, percebe que não é impossível e que a grana não é o mais importante. Que ganhar dinheiro viajando é super possível.

As vezes não temos a grana pra conhecer um ponto turístico, mas a gente aprende que esses lugares também não são o mais importante.

O mas importante é o estar viajando em si! É o conhecer pessoas. É o viver livre e leve. É o descobrir lugares, culturas, ideias, verdades!

E você tem alguma ideia pra ganhar dinheiro viajando? Deixa aqui nos comentários.

Salve esta imagem no Pinterest e leia o post mais tarde

[axathemes_title title=”Organize sua viagem” description=”Planeje sua viagem com os meus parceiros e ajude a rentabilizar o blog”]

HOSPEDAGEM

O Booking é maior catálogo de hostels e hotéis do mundo. Escolha por menores preços ou notas de avaliações dadas por outros usuários. Cancelamento gratuito!

ALUGUEL DE CASAS

Alugue casas e apartamentos só para você durante sua viagem. Opções no mundo todo! Ganhe R$100 em créditos para usar na sua primeira reserva.

SEGURO VIAGEM

Viaje com mais tranquilidade e segurança. Saia do país com cobertura em casos de acidente ou doença, além de extravio de bagagem. Conheça a SegurosPromo e ganhe 5% de desconto no seu seguro de viagem. Cote também com a Real Seguros.

ROAD TRIP

Para fazer Road Trips ou para se locomover durante as suas viagens, alugue um carro na RentCars.com, que cota preços com diversas locadoras no mundo todo. Pague em reais, sem IOF e parcele em até 12x sem juros.

LOJA DO BLOG

Mochilas, câmeras fotográficas, itens para camping e muito mais. Acesse a loja de artigos de viagem no blog.

MUITO MAIS

Conheça outros parceiros do blog e planeje sua viagem desde a escolha dos equipamentos.

[axathemes_title title=”Assine a news” description=”Dicas, informações, roteiros e inspirações no seu email” align=”center”]
Nome
Email
Me identifico como
Categoria:Dicas de Viagem
POST ANTERIOR
Guia de Cusco – Informações improváveis que ninguém te conta
PRÓXIMO POST
15 documentários na Netflix pra viajar sem sair de casa

0 Deixe teu comentário

    Deixe uma resposta