Final de semana no Parque Itatiaia - Trilhas na parte alta

Final de semana no Parque Itatiaia – Trilhando entre as nuvens

O 5° ponto mais alto do Brasil é o Pico das Agulhas Negras, com 2791. Foi essa montanha pontiaguda que me serviu de localizador em um final de semana no Parque Itatiaia sem sinal de celular e caminhando literalmente entre as nuvens. Dois dias de trilhas na tríplice fronteira SP, RJ e MG.

O Parque Nacional de Itatiaia

O Parque Nacional de Itatiaia é o mais antigo do Brasil e um dos mais altos também! Com uma área de 30 mil hectares, possui trilhas, travessias e montanhas para serem escaladas.

Criado em 1937, o parque possui altitude entre 600 e 2791 metros e se divide em duas partes de visitação: a parte alta e a parte baixa.

Na Parte Alta está o planalto, com trilhas altas e mirantes naturais de onde se pode ver a imensidão do parque e da Serra da Mantiqueira, além dos vales e rios que cercam o parque.

Na Parte Baixa há cachoeiras e trilhas mais fáceis, além de muitas árvores. Em compensação, recebe bem mais visitantes.

Posto do Marcão - Final de semana no Parque Itatiaia - Trilhas na parte alta

Final de semana no Parque Itatiaia

Eu tava a fim de passar um final de semana sossegada, longe da cidade e fazendo uma das coisas que mais amo: trilhar nas montanhas!

Como essa época do ano é de chuvas, o Parque Nacional de Itatiaia tende a ficar mais vazio. Estávamos acompanhando a previsão do tempo e no meio da semana decidimos que iríamos pra lá.

Nossa intenção era acampar, mas chegando lá soubemos que não havia mais vagas, pois estavam reservadas. Nossa sorte foi ter conseguido as duas últimas vagas no refúgio.

Refúgio Rebouças não é um nome bonitinho para hostel, não! É um refúgio de montanha mesmo! Sem geladeira, sem banho quente, espaço pequeno, beliches apertadas e nada, NADA mesmo em volta!

Escolhemos nossas camas, colocamos nossa comida na mochila de ataque e saímos para fazer a primeira trilha do final de semana no Parque Itatiaia.

Visão da estrada - Final de semana no Parque Itatiaia - Trilhas na parte alta
Visão da estrada

Sábado - Trilha Pedra do Altar

Powered by Wikiloc

Na verdade essa não é bem a primeira trilha. É que do Posto do Marcão, entrada da Parte Alta do parque, até o Refúgio Rebouças são 3km, distância percorrida com toda a sua bagagem. Mas o caminho é de pedras pequenas e super fácil de percorrer.

Agora sim, começamos a Trilha da Pedra do Altar. Essa trilha começa no refúgio e segue o mesmo caminho que leva às Agulhas Negras. Está na metade do caminho para a cachoeira do Aiuruoca.

O começo dela não é muito bem demarcada, mas não tem erro! É só se guiar pelas Agulhas Negras.

Como é época de chuva, a terra estava molhada e haviam pequenos brejos onde os sapos flamenguinhos, símbolo do parque, passam quase sem serem vistos.

A trilha da Pedra do Altar possui umas partes bem íngremes. Conforme o vento, as nuvens vão baixando e se tornam neblina, criando um cenário completamente lindo!

São 3km até o final dela. E que final! A vista de lá é impressionante. Vales e rochas, como as Agulhas Negras a Prateleiras.

Passamos horas ali, sem ninguém! Não encontramos ninguém na trilha, nem ninguém na montanha. Não esperava isso bem no final de semana no parque Itatiaia, mas considerando o tanto de trilha, dá pra entender!

De repente as nuvens começaram a ficar densas e iniciamos a descida, que é pelo mesmo caminho – mais 3km pra descer. Pegamos um pouco de chuva, mas foi bem tranquilo.

Choveu das 17h e, até a hora que eu peguei no sono, umas 22h30, mais ou menos, ainda estava chovendo.

Domingo - Morro do Couto

Powered by Wikiloc

Para não pagar outra diária do refúgio, é necessário devolver a chave às 9h lá na portaria. Caminhamos 3km até o Posto do Marcão e, pra otimizar o tempo e aproveitar melhor o final de semana no Parque Itatiaia, escolhemos então uma trilha que iniciasse ali perto.

O funcionário do parque nos indicou fazer o Circuito Couto-Prateleiras, que combina o Cume do Morro do Couto com o Cume das Prateleiras em uma trilha circular de 12km totais.

A trilha começa no estacionamento, ao lado do Posto do Marcão, então deu para deixar a mochila grande no carro antes de seguir em frente.

O caminho da trilha parece ser bem facinho no começo, mas que fica bem acidentada na metade. Pedras de tudo quanto é tamanho e trechos estreitos, entre um paredão e um precipício (mas nada assustador, juro).

Chegamos num mirante natural e ali não conseguimos mais achar a trilha. Não aparecia ninguém, a não ser uns pontinhos coloridos bem lá no cume da pedra, que é o 8° ponto mais alto do Brasil. Zero sinal de internet para eu poder confirmar.

Adentramos o mato, mas não era lá. Adentramos outro mato, volta! Ficamos um tempão nesse entra e sai de mato e nada! Daí, cansados de tentar, desistimos do circuito e voltaríamos pela mesma trilha.

Estávamos curtindo o visual quando pensei em tentar subir as pedras. Consegui! Mas já era tarde para completar o circuíto, então ficamos por ali mesmo e voltamos a mesma trilha, fazendo apenas o Cume do Morro do Couto.

Quando estávamos para descer, dois caras surgiram e tavam adentrando o mato. A sorte deles é que nós estávamos lá pra avisar que o caminho certo eram as pedras!

Quando descemos para Resende o sinal voltou e fui até Penedo ver a Priscila, uma amiga que fiz no ônibus de Puno pra Cusco, há 2 meses! Melhor jeito de terminar o final de semana no Parque Itatiaia.

Morro do Couto - Final de semana no Parque Itatiaia - Trilhas na parte alta 2Morro do Couto - Final de semana no Parque Itatiaia - Trilhas na parte altaTrilha Morro do Couto - Final de semana no Parque Itatiaia - Trilhas na parte alta 2Trilha Morro do Couto - Final de semana no Parque Itatiaia - Trilhas na parte alta

Booking.com

Trilhas do final de semana no Parque Itatiaia

Pra saber mais sobre as trilhas e o parque, acesse o folheto digital. É o mesmo que eles entregam na portaria. No site do Instituto Chico Mendes de Biodiversidade também tem muita informação.

Veja aqui outras trilhas para fazer no Brasil e na América do Sul.

Pedra do Altar

Dificuldade: moderada
Extensão desde o Refúgio: 6km ida e volta
Extensão desde o Posto do Marcão: 12km ida e volta

Morro do Couto

Dificuldade: moderada
Extensão desde o Refúgio: 12km ida e volta
Extensão desde o Posto do Marcão: 6km ida e volta

Meu final de semana no Parque Itatiaia

Todos os gastos por pessoa

Gasto total

R$223

Transporte

Gasolina – R$110
Pedágio – R$27

Hospedagem

Refúgio Rebouças – R$30 (dia)

Salve esta imagem no Pinterest e leia o post depois

Final de semana no Parque Itatiaia - Trilhas na parte alta do primeiro parque nacional do Brasil

Ajude a rentabilizar o blog

Usando os links abaixo, você me ajuda a rentabilizar o blog e não paga nada a mais por isso

Assine a news

Dicas, informações, roteiros e inspirações no seu email

Nome
Email
Me identifico como

Deixe uma resposta

You Might Also Like

Here you can find the related articles with the post you have recently read.