Passo a passo – como organizar uma viagem pelo mundo

Volta ao mundo, intercâmbio ou meses de mochilão. Antes de fazer uma longa viagem é preciso se planejar, mesmo que você faça o tipo “vou sair sem rumo”.

Nesse post vou contar como nos preparamos para nosso mochilão pela América do Sul, o projeto Pé no Mapa.

Um ano antes

  • Faça o planejamento do seu roteiro
  • Faça um planejamento financeiro
  • Troque de emprego ou peça um aumento
  • Busque melhorar o condicionamento físico

Leia: como juntar dinheiro para viajar

Programamos nossa viagem para setembro/2015, mas nossos planos tiveram inicio em maio/2014. Isso dá 1 ano e 4 meses de antecedência.

Estudei o mapa da América do Sul. Primeiro anotei as cidades que eu já sabia que queria conhecer. Depois disso, pelo Google Maps, localizei cada uma e pesquisei as cidades que estavam na rota e que me interessavam conhecer. Com isso fui criando um esboço do roteiro. Incluindo e excluindo pontos conforme avançava nas pesquisas. Li alguns relatos de pessoas que fizeram caminhos parecidos e anotei o que podia.

Também levantei valores e informações de cada ponto. Passeios, trajetos de ônibus, hospedagem e câmbios. Isso foi mais para nortear meu planejamento financeiro. Afinal eu deveria saber o quanto eu precisaria e, consequentemente, de quanto tempo eu precisaria para juntar o dinheiro para viajar.

Levei 3 meses para levantar todas as informações. Estava desempregada e investia metade do meu tempo nisso 🙂

Organizando uma viagem pelo mundo - como juntar dinheiro

Seis meses antes

  • Confira seus documentos
  • Compre parte dos equipamentos/materiais
  • Venda seu carro, se for o caso
  • Tome as vacinas necessárias
  • Compre as passagens aéreas

No nosso caso não compramos as passagens, já que vamos fazer os trajetos por terra, mas tiramos os passaportes, tomamos vacina contra febre amarela (que pode ser tomada até 10 dias antes da entrada do país de destino (leia mais), mandamos a Parati para um mecânico e começamos a pesquisar os valores que poderíamos cobrar por ela.

Nesse período compramos mochilas, botas, toalhas e outros itens. Isso foi para não sobrecarregar o orçamento mais para frente.

>>> Quanto custou meu mochilão de 135 dias <<<

Três meses antes

  • Avise no trabalho que pedirá demissão (ou tente acordo com a empresa)
  • Entre em economia de guerra
  • Se você mora de aluguel é hora de conversar com o locatário
  • Faça check-up médico
  • Comece a vender suas coisas/móveis, se for o caso.

Em maio avisei no trabalho que iria sair, já para que pudessem procurar alguém para me substituir. Tentei ser demitida, mas não consegui. O Rodrigo avisou bem antes, já que era parceirão da chefe dele. Tentou ser demitido, mas… Não deu certo.

Comecei a vender umas roupas e sapatos que não usava mais e rifei outras coisas novas que tinha em casa. Também não aceitávamos mais convites para happy hours e não comíamos fora. Na hora de escolher o que comer, fazíamos conta e optávamos sempre pelo melhor custo x benefício. O vale refeição do Rodrigo serviu para que pudéssemos comer a noite e ele passou a levar marmita alguns dias na semana.

Passei em ginecologista, endocrino e gastro. Fiz exames e perguntei sobre tudo: vacinas, remédios, etc.

Leia: Largando o emprego para viajar

Dois meses antes

  • Peça demissão
  • Tire o visto
  • Conclua o planejamento
  • Confira o que falta de equipamentos/material de viagem
  • Comece a pesquisar as hospedagens dos primeiros destinos
Como tirar o passaporte

Quem viaja pela América do Sul não precisa de visto

Pedi demissão dia 06.07 e trabalhei até 04.08. Cumpra aviso prévio! Caso contrário, terá de pagar um mês de salário para a empresa. Agora, se trabalhar durante o aviso, receberá um salário a mais 🙂

Se precisar de visto, essa é a hora. Procure o consulado do país para o qual você vai e veja o que é preciso. Como meus destinos são os países sul-americanos não preciso de visto para entrar.

Antes de chegar no último mês compramos outras coisas que faltavam: barraca, saco de dormir, câmera, cartões de memória…

Também fizemos pesquisas de hostels, campings e solicitamos couchsurfing no primeiro destino (Foz do Iguaçu). Procuramos trabalho voluntário ou em temporários nos primeiros destinos.

Um mês antes

  • Visite seu banco
  • Acompanhe (mais que antes) as cotações das moedas que irá comprar
  • Cancele os contratos de serviços (celular, água, etc)
  • Faça um seguro viagem

Você vai estar em casa depois de cumprir seu aviso e terá tempo para resolver tudo o que faltar. Mude o plano do celular, cancele a TV a cabo e outros serviços que não precisará usar.

Fizemos nosso seguro viagem pela Mondial Travel depois de cotar com várias seguradoras. Só depois descobrimos que a Real Seguros cota os seguros mais baratos do mercado.

Meu banco é o Itaú e fui até lá pegar informações e tirar dúvidas. Se eu sacar com meu cartão fora do país será na moeda local e com o câmbio do dia. Para isso será cobrada uma taxa de R$9 por saque (além de IOF e taxa de câmbio).

Duas semanas antes

  • Faça um check-list da mochila
  • Confirme sua primeira hospedagem
  • Organize suas coisas que vão ficar

Faltando cerca de quinze dias, o Rodrigo e eu fizemos um check-list do que levaríamos e marcamos o que ainda faltava. Daí tiramos um dia e corremos atrás desses itens.

Organizamos nossa casa. Lavei tapetes, cortinas, guardei o que precisava. Deixamos o guarda-roupas arrumado, organizamos o armário da cozinha, etc.

Falamos com nosso host em Foz do Iguaçu e confirmamos nossa ida. Conseguimos parceria com um hotel, que vai nos receber em troca de resenhas aqui no blog.

Uma semana antes

  • Arrume as mochilas
  • Faça câmbios
  • Avise seu banco e seu cartão de crédito
  • Coma suas comidas preferidas
  • Comece as despedidas dos grupos de amigos
  • Abrace sua família todos os dias

Organizando uma viagem pelo mundo

Sem gastar horrores, claro, vá àquele restaurante que você gosta ou coma aquela comidinha bem típica da sua cidade. Dependendo de para onde você irá, não vai comer essas coisas tão cedo.

Eu comi bastante feijão, comi coxinha, tomei café na padaria e comi em uma das minhas hamburguerias preferidas.

Separamos nossas coisas e começamos a arrumar a mochila uma semana antes. Ao separar tudo, checamos a lista. Depois é só ir organizando na mochila. Fizemos tudo com calma para não esquecer nada.

Também era a hora de procurar uma boa casa de câmbio e comprar alguma quantia de moeda estrangeira. Mas como o dólar tá muito alto (3,70), deixamos para trocar em Foz do Iguaçu. Vimos que a cotação é igual à de São Paulo, então deixamos para ver se cai alguns centavos.

Pela internet avisei meu banco sobre a viagem. Assim, eles deixam liberado para que eu possa sacar. O Rodrigo também ligou no cartão de crédito, caso a gente precise usar.

Começamos a nos despedir dos amigos. Marcamos encontros e visitas com cada grupo, assim não precisaríamos fazer uma única festa (que seria caro).

Já com a família fizemos uma festa estilo americana – cada um leva uma coisa – e fizemos a despedida na nossa casa mesmo 2 dias antes

Abraçar as pessoas que a gente ama todos os dias é uma maneira de já deixar um recado: eu te amo! Fazer isso todos os dias é importante, já que vamos ficar um tempo sem se tocar.

SAMSUNG CAMERA PICTURES
Veja aqui como organizei e o que levei na minha mochila

Um dia antes

  • Cubra os móveis de casa (caso vá deixa-la desocupada)
  • Coma bem
  • Durma cedo
  • Se despeça da sua casa

Conseguimos alguns lençóis e cobrimos estante, mesa e outros móveis. Nossa casa vai ficar desocupada durante nossa ausência.

Hoje é meu ‘um dia antes’. Curti meu sofá; deitei na rede; tomei sol na varanda e dei água para minhas suculentas. Para mim, que sou bem caseira, é bem difícil pensar em ficar tanto tempo longe. Mas me desapeguei de tanta coisa por causa dessa viagem. Vou superar!

Vou dormir cedo, relaxar e deixar tudo pronto para partir amanhã. É amanhã!

Organizando uma viagem pelo mundo 1

Amanhã quero sair com meu coração e com a minha mente abertos, prontos para perceber e conhecer as diferenças e as belezas que essa viagem vai me proporcionar.

Acompanhem pelo Facebook, Twitter e Instagram.

Anúncios

5 comentários sobre “Passo a passo – como organizar uma viagem pelo mundo

  1. Caramba, é muita informação, muitas dicas legais e muitos detalhes que nem sabia que precisaria ter caso viajasse.
    Mas, queria saber o porque dessa viagem, porque largar o emprego num momento tão difícil no Brasil?
    Boa viajem, boa sorte, acompanho vocês aqui no blog. Aliás, a mochila me pareceu muito cheia, ela não fica muito pesada?

    Curtir

    • Oi, Rômulo. Obrigada!
      É muita coisa mesmo, por isso é bom começar a planejar muito tempo antes.
      Então, a época da viagem foi quando nasceu no coração mesmo. Depois de pesquisar e ver que era possível, decidimos fazer o quanto antes, porque se adiássemos até o Brasil entrar numa boa fase acabaríamos não fazendo. Ia acabar trocando os móveis, começando uma pós graduação, engravidando… Eu sempre brinco: porque não pensamos nisso antes, quando o dólar tava uns 2 reais e a economia tava melhor? Já que apareceu agora, temos que arriscar.
      E sobre a mochila, a minha chegou a uns 12kg, mas já vi mulheres levando até 16kg, então acho que to bem rs. Bom, o peso no ombro é aliviado por causa da barrigueira, mas preciso me acostumar com a sensação de desequilíbrio que ela me dá hahahaha.

      Curtido por 1 pessoa

  2. Aline, parabéns pelo desprendimento. Nós, brasileiros, temos dificuldade para deixar tudo para trás e seguir um sonho. Já larguei emprego e família duas vezes para viagens por quase um ano cada uma, e faria tudo novamente. Emprego sempre se conquista, sempre escutamos sobre crises há anos e assim vai continuar.
    Saindo para o sul da Patagônia por exemplo, está repleto de estrangeiros principalmente europeus fazendo viagens que duram anos, tanto de motorhome, como de bicicleta, com crianças pequenas, de toda forma.
    A experiência que adquirimos é fantástica, e quando saímos pensamos: porque não fiz isso antes? e concluímos que podemos viver com bem menos.
    Boa viagem e viva cada momento.
    Abraços
    Tânia

    Curtido por 1 pessoa

  3. Pingback: Saque do FGTS inativo – Para onde viajar com essa grana | Uma Sul Americana

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s