Relato de viagem – Ushuaia e El Calafate com full day em Torres del Paine

Em maio/2014 estive na extrema Patagônia. Passei por Buenos Aires, Ushuaia e El Calfate, onde fiz um bate e volta a Torres del PaineTorres del Paine, no Chile. Paisagens hipnotizantes e cenários de tirar o fôlego de qualquer viajante. No meu caso, até lágrimas! Meu voo era SP – Ushuaia, mas peguei a maior ponte que havia para poder aproveitar um dia em Buenos Aires. Lá fiz um ótimo câmbio de forma clandestina (se quiser, as dicas estão aqui). Ushuaia é a cidade mais austral do mundo, fazendo fronteira com o continente gelado, a Antártida. A cidade é linda, construída ao pé das montanhas e com muitas atrações para todos os tipos de turistas.

Ushuaia

El Calafate é a cidade base para quem deseja conhecer o Perito Moreno, a geleira mais impressionante da América do Sul. Além disso, a cidade é próxima a Puerto Natales, onde fica o parque Torres del Paine, possibilitando um passeio full day.el calafate - glaciar perito moreno

Esse foi o meu roteiro e você pode conferir meu relato com dicas, detalhes e valores aqui, no Mochileiros.com.

salto grande Torres del Paine

Anúncios

3 comentários sobre “Relato de viagem – Ushuaia e El Calafate com full day em Torres del Paine

    • Oi, Lívia. Em relação à hostels, restaurantes e etc, alguns são fechados sim (peguei isso em Bariloche em 2011 e em Ushuaia e El Calafate em 2014, ambas as viagens em maio). Agora, os parques e atrações, peguei o finalzinho. O parque Los Glaciares, onde está o Perito Moreno, está aberto o ano todo, mas o minitrekking e o Big Ice não acontecem depois de maio. Uma pessoa comentou numa foto do instagram @umasulamericana que o passeio bate e volta ao parque Torres del Paine, no Chile, não está mais rolando em maio, mas o ano passado consegui fazer com a South Road. O parque Tierra del Fuego abre o ano todo, mas nessa época fecha mais cedo – perto das 18h. O teleférico do Glaciar Martial estava fechado quando fui, mas estava escrito que era manutenção. Em Bariloche, o único cerro que peguei aberto foi o Campanário.

      Curtir

  1. Pingback: Como nasceu o Pé no Mapa, um projeto de mochilão pela América do Sul | Uma Sul-Americana

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s