15 49.0138 8.38624 1 0 4000 1 https://umasulamericana.com 300
theme-sticky-logo-alt
theme-logo-alt
Como acontece a cabeça d'água

Como acontece a cabeça d’água, como identificar e como se salvar

canal de viagens no youtubePowered by Rock Convert

Você sabe como acontece a cabeça d’água? Sabe reconhecer os sinais que vai acontecer? Sabe o que fazer pra se salvar caso aconteça?

Até 2018 eu não sabia, até quase morrer numa cabeça d’água em Paraty, Na Costa Verde. Na época eu nem imaginava o que era, nem como identificar o fenômeno que acontece em rios, cachoeiras e trilhas.

Então, depois de ter sobrevivido, foi que passei a me interessar pelo tema e aprendi como acontece a cabeça d’água e como reconhecer. E são esses aprendizados que quero compartilhar com você nesse artigo que responde o que é cabeça d’água, a diferença entre cabeça d’água e tromba d’água e como identificar o fenômeno pra não correr riscos durante a época de chuva.

Infelizmente, muita gente morre todos os anos em acidentes que acontecem em cabeças d’água, por isso leia com atenção e carinho esse artigo ou veja o vídeo e compartilhe com o máximo de pessoas que você puder.

Sobrevivi a uma cabeça d’água em Paraty

Eu estava fazendo a travessia da Joatinga, que começa em Paratymirim e termina na Praia do Sono, numa jornada de 4 dias, mais ou menos.

No segundo dia de travessia eu fui alcançada por uma enchente no meio da trilha, que se transformou numa cachoeira por conta da chuva intensa.

Aqui nesse link você vai poder ver o relato desse dia, como aconteceu e como eu fui resgatada depois de passar uma hora sob ameaça de ser arrastada.

O que é cabeça d’água, como acontece

Entenda como acontece a cabeça d'água, fenômeno que é o resultado de calor intenso, chuva forte e alta umidade

Mas porque a trilha virou cachoeira? O que aconteceu?

Primeiramente, a cabeça d’água é fenômeno que acontece quando há calor intenso, chuva forte na cabeceira do rio e alta umidade relativa do ar.

Ocorre uma enchente na cabeceira do rio e a quantidade de água aumenta repentinamente, fazendo aumentar o nível e a força da correnteza do rio e cachoeiras.

Por ser uma quantidade de água muito abundante, o rio, então, cria novas vazões, fazendo com que novos focos de quedas d’água aconteçam ao longo do percurso.

No caso do incidente que eu sofri, a água desceu o morro e encontrou o caminho da trilha onde eu estava.

Cabeça d’água ou tromba d’água?

Entenda a diferença entre cabeça d'água e Tromba d'água. Uma ocorre em rios e cachoeiras e a outra, no mar.

Muita gente acaba chamando esse fenômeno de tromba d’água, mas essa nomenclatura está equivocada.

A tromba d’água é um fenômeno que acontece no mar. É uma espécie de tornado com chuva que captura água do mar pra dentro do cone.

Diferente do que acontece na cabeça d’água, que é uma enchente que se dá em rios e cachoeiras.

Como identificar uma cabeça d’água?

Primeiramente, fique esperto ao período de chuvas e ao local onde você está indo.

Especialmente na mata Atlântica é muito comum que ocorram enchentes nos rios e cachoeiras durante o período de chuva, que vai de dezembro a março, justo o período de calor intenso.

Por ser uma selva tropical, a Mata Atlântica é bastante úmida, ou seja, o cenário perfeito pra o fenômeno da cabeça d’água acontecer:

  • chuva
  • calor intenso
  • alta umidade
Descubra o que é cabeça d'água e como evitar correr risco de morte

Então, se você tá em São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Goiás e outras regiões de cachoeiras em pleno verão, fica esperto, porque as chances são enormes.

Em segundo lugar, se informe sobre a região onde você está. Pergunte nos centros de informação ao turista, pergunte na hospedagem, se informe em grupos de viajantes… Não deixe de perguntar com antecedência sobre ocorrências de cabeça d’água da região.

Em terceiro lugar, preste atenção aos sinais, mesmo sem chuva, porque a cabeça d’água acontece na cabeceira do rio, ou seja, pode ser que não esteja chovendo onde você tá, mas na cabeceira, sim.

E os sinais são:

Cupom desconto worldpackers - UMASULAMERICANA código promocionalPowered by Rock Convert

A água começa aumentar de nível

Minutos antes de vir a enchente, o nível da água sobe ou passa a existir onde não tinha.

No meu caso, a trilha era seca, mas passou a ter um ou dois palmos de água minutos antes de acontecer a cabeça d’água. Eu poderia ter evitado o incidente se soubesse disso antes.

O que fazer? Ao chegar num rio ou cachoeira, note onde tá o nível da água e, ao perceber um aumento, saia da água e avise outras pessoas.

A água passa a vir com sujeirinhas

Um outro indício de que vai acontecer uma cabeça d’água são os galhos e folhas secas que passam a vir na água.

É que, pelo aumento do nível da água e da intensidade da correnteza, esses resíduos passam a ser arrastados.

Ao perceber que a água, então limpa, tá começando a ter essas “sujeiras”, saia da água e avise aos demais.

A água passa a ser turva ou barrenta

Outro sinal de que a cabeça d’água tá vindo por aí e a cor da água, que passa a vir barrenta.

Por causa da força da enchente, a água acaba remexendo o fundo do rio e poças ou paredes em espaços estreitos, fazendo assim com que um pouco de barro se desprenda e siga junto com o fluxo de água.

Ao perceber água turva ou barrenta, saia da água e avise outras pessoas.

Em resumo, para identificar se vai acontecer uma cabeça d’água, verifique se

  • A água sobe de nível repentinamente
  • Na água passa a haver galhos e folhas
  • A água se torna turva ou barrenta

O que fazer se rolar cabeça d’água onde você está?

Veja quais cuidados tomar na hora de visitar rios e cachoeiras e aprenda a identificar uma cabeça d'água

Ao notar esses sinais, saia da água e se afaste, porque geralmente a enchente ganha espaço lateral, então as pedras do entorno não são seguras.

Perceba a vegetação ao redor e perceba se há indício de arrastão nelas, só assim dá pra ter uma ideia de onde a água é capaz de chegar.

Quanto mais alto e distante, melhor.

E vá se afastando ou subindo enquanto percebe o som da água, porque se caso não ser tempo, você vai precisar buscar uma árvore ou alguma coisa no que se segurar.

No meu caso, quando eu sofri o acidente na cabeça d’água em Paraty, deu tempo de sentar numa árvore. Ela tinha formato de V, então montei nela pra me segurar. Eu tive cerca de 30 segundos pra isso antes de a água vir arrastando meus pertences, que eu acabei não tendo tempo de segurar.

Assim, encontrando uma árvore ou um galho, se mantenha entre a água e o objeto, pra garantir que você consiga se segurar com a força do corpo todo.

Se você estiver na frente do galho, só tentando se agarrar com mãos e braços, a água pode então acabar te cansando e você corre o risco de soltar e ser arrastado.

Risco de morte real

Fique esperto e sempre avise outras pessoas. Compartilha esse vídeo com o máximo de pessoas que puder, porque a cabeça d’água é coisa séria e pode levar a morte.

Ao ser arrastada, a vítima pode bater a cabeça em pedras ou se afogar por causa da força da água, já que nadar numa situação de enchente é praticamente impossível.

Todo ano morre gente em cabeça água, pode buscar no Google que você vai ver, e a falta de informação é imensa, porque quase ninguém sabe reconhecer os sinais da natureza.

Assim, espero que esse vídeo seja útil pra salvar vidas! Ninguém precisa morrer por falta de informação, certo?

Todo mundo merece fazer trilhas e curtir rios e cachoeiras em segurança. É só aprender a respeitar a natureza, reconhecer a força dela e aprender a ler os sinais de que vai acontece a cabeça d’água.

Não esquece de compartilhar com o máximo de pessoas que você puder.

Entenda o que é cabeça d'água, porque acontece, como identificar os sinais e como se salvar caso ocorra uma
POST ANTERIOR
Perrengues, golpes e roubadas ao viajar pela América do Sul
PRÓXIMO POST
Quanto custa viajar pela América do Sul e como economizar no mochilão

0 Deixe teu comentário

    Deixe uma resposta