Câmbio paralelo em Buenos Aires

A economia na Argentina não está muito bem das pernas e com isso aumenta a oferta do câmbio paralelo, que é eufemismo para câmbio clandestino.

Se você está pensando em ir à Buenos Aires e não se importa em cometer esse delito, leia este post e faça algumas anotações.

Primeiro eu estava planejando cambiar reais por pesos na Câmbio Justo. Eles têm uma página no Facebook, onde postam a cotação deles do dia (tanto para reais quanto para dólares). Acompanhei essa cotação comparando-a com a oficial (sem taxa) por mais de um mês para saber quando o valor estaria realmente bom. A média era AR$4,15 cada R$1. O oficial estava em média AR$3,65 (sem taxa).

Siga no Instagram @umasulamericana

Como fazer cambio paralelo em Bienos Aires
Imagem Veja

 

Depois que fiz algumas contas, percebi que se eu trocasse, ainda no Brasil, meus reais por dólares e depois por pesos eu sairia na vantagem. Foi o que fiz.

A Câmbio Justo não oferece o endereço assim facilmente. Você precisa chegar em BsAs e enviar uma mensagem pelo Facebook para receber as informações. Achei muito gangster isso. Resolvemos sair pelo centro à procura do câmbio paralelo perfeito.

Na Calle Lavalle e na Calle Florida muitas pessoas te abordam e oferecem câmbios bem maiores que o do Câmbio Justo. Negociamos com um cambista AR$10,50 cada USD1.

O que eu fiz foi o seguinte:

  • Cada R$2,34 – USD1 (na SP Mundi, São Paulo, Brasil)
  • Cada USD1 – AR$10,50 (Calle Lavalle, Buenos Aires, Argentina)
  • Ou seja, cada R$1 – AR$4,50

Dicas

– Antes de trocar seus reais por dólares confira se será realmente vantajoso, especialmente em se tratando do câmbio oficial, que te cobrarão taxas para os dois câmbios.

– Se for se aventurar no câmbio paralelo, não aceite a primeira oferta. Ande pelas C. Lavalle, C. Florida e arredores para saber a média. Negocie se seu valor de câmbio for alto (negociei para chegar aos AR$10,50 e levei AR$200 a mais).

– Conte e reconte antes de sair da galeria/loja em que fizer o câmbio paralelo, pois não haverá provas de que foi lá que você trocou caso esteja faltando algum valor.

– Eu não tive problema com nenhuma nota em lugar algum, inclusive voltei pro Brasil e troquei o que sobrou por reais, mas pergunte se são todas reais, porque dinheiro falso na Argentina é comum (fique esperto até com trocos de taxistas e outros estabelecimentos). Combine com o cambista: se tiver alguma nota falsa eu volto e a gente troca.

– Procure não ir sozinho. Não há maiores perigos, pois é uma prática bem comum e são ruas movimentadas (como a 25 de Março em SP), mas é melhor não arriscar.

Leia o relato dessa viagem

  • Gra (27 de agosto de 2014)

    Oi, onde vc trocou? Voltou como para o seu hotel? Carregou como os seus dólares? Dá um medo de ser roubado.. Imagina!

    • Aline Rodrigues (27 de agosto de 2014)

      Oi! Levei meus dólares junto com meu marido em uma doleira na jaqueta dele. Estávamos andando na Calle Lavalle fazendo nossas “cotações” e depois de negociarmos com um cara, o seguimos até uma loja de souvenirs dentro de uma galeria (eu esqueci o número). Havia uma moça trabalhando lá e foi ela quem trocou o dinheiro. Ficamos com medo de sermos seguidos, mas saímos da loja e não havia ninguém atrás de nós. Estávamos em um hostel perto – uns 10 min (Hostel Fiesta na Calle Alsina). A Calle Lavalle e a Florida são bem movimentadas, então não dá tanto medo assim.

  • Danielle Rodrigues (13 de março de 2015)

    Fiquei 10 dias em buenos aires… usei deste o traslado do aeroporto, cambio, city tour e passeios pela empresa BOSTON CASH.. achei a empresa pela pagina do face da empresa… mandei uma mensagem e agendei tudo com total seguranca possivel e ocorreu muito bem e por isso recomendo a BOSTON CASH.

  • Gabriel Luceni (5 de agosto de 2015)

    Existe realmente uma casa de câmbio brasileira que lhe pague USD 2,34 para cada real?

    • Aline Rodrigues (5 de agosto de 2015)

      Gabriel, isso foi em maio de 2014. Na época paguei R$2,34 por cada dólar

  • Karina Ferreira (19 de outubro de 2015)

    Pessoal, cuidado!!!! algumas cuevas, então fazendo o roubo de saidinha, essas mesmo que tem segurança e bla bla bla, minha amiga foi roubada quando saiu de uma chamada CAMBIO JUSTO, sim, fica em um predio, e quando ela saiu na esquina tinha já dois rapazes e mandaram ela pega o dinheiro que estava dentro da bota, SIM, como eles iria saber que tinha dinheiro dentro da bota? levando em consideração que ela colocou o dinheiro na frente do pessoal do cambio e na ocasião nao tinha mais nenhum cliente. Bom, ela deu todo o dinheiro para os caras (25.000 mil pesos) e saiu chorando pois nao tinha como nem procura a policia pois ela fez um ato ilegal também, por coincidência ela publicou esse relato em um site de viagens e etc, e por incrível que pareca apareceu mais duas pessoas que fizeram com esse mesmo CAMBIO JUSTO e aconteceu a mesma coisa, MAIS A MESMA COISA!!!! então fique ligados, pois caso ocorra, nao tem o que você fazer, so resta chora!!!!

  • daniele celli (4 de novembro de 2015)

    Boa Noite!!!Venho indicar essa pessoa maravilhosa como guia pois tive o prazer de passar 5dias em Buenos Aires e tive a indicação para fazer meus passeios com ele fechei tudo com ele o pacote completo Zôo Lujan,Colônia del Sacramento,Tigre e o city tour e troquei dinheiro com ele.Posso garantir que ele tem o melhor preço e o melhor atendimento que vcs imaginar vcs acham ele pelo face Tours Mariano Bermudez lá vc envia o seu telefone ele te adiciona no watts e conversa com vc e tem a cotação do dia e os valores dos pacotes e se fechar mais de um ele dá desconto…

Deixe uma resposta

You Might Also Like

Here you can find the related articles with the post you have recently read.