Classificação de níveis de dificuldade de trilhas

Níveis de dificuldade de trilhas – Como classificar

A classificação dos níveis de dificuldade de trilhas é uma das coisas mais importantes que o trilheiro deve se atentar antes de começar o rolê. Isso evita perrengue desnecessário, acidentes e incidentes e todo mundo fica feliz, caminhando numa trilha dentro do nível correto!

Muita gente acaba entrando numa trilha sem ter condições físicas pra terminar. Durante a Trilha da Laguna 69 mesmo, eu vi algumas pessoas desistindo depois de subir metade do caminho.

Esse post vai te ajudar a compreender os níveis de dificuldade de trilhas e descobrir onde você se encaixa.

Classificação dos níveis de dificuldade de trilhas

A verdade é que não existe um padrão mundial para classificar os níveis de dificuldade de trilhas, mas alguns pontos nos ajudam a nortear e, assim, descobrir em qual nível uma trilha se encaixa e se nosso corpo está pronto pra ela.

O que considerar:

Distância do percurso
Tempo de trilha
Tipo de terreno
Desnível da trilha
Carga a ser carregada
Geografia do local

Distância do percurso

O total percorrido em uma trilha é um dos fatores mais importantes a ser considerados na classificação de níveis de dificuldade de trilhas. Quanto maior é uma trilha, maior o nível de dificuldade.

Tempo de trilha

O tempo total investido na trilha deve ser levado em consideração. Isso, não necessariamente, tem a ver com a distância do percurso. O desnível, o terreno e outros fatores influenciam no tempo total. O trilheiro deve analisar se terá disposição para caminhar pelo tempo previsto da trilha.

Tipo de terreno

Quando classificamos os níveis de dificuldade de trilhas, devemos levar em consideração o tipo de terreno. Solos muito acidentados não são recomendados para quem não possui pratica. Isso por causa de risco de torções e quedas.

Classificação de níveis de dificuldade de trilhas

Desnível da trilha

É muito importante avaliar o desnível da trilha! Ela pode ser curta e rápida, mas se tiver 500 metros de desnível, você terá dificuldade, especialmente com pouco preparo físico. A subida requer muito esforço dos joelhos e coxas, e a descida requer ainda dos dedos!

Além disso, é preciso ter atenção e saber usar bastões de trekking.

Carga a ser carregada

Se você fará trilha com camping, terá de carregar uma mochila com barraca, saco de dormir e isolante. Além disso, pode ser que tenha que levar sua própria comida, fogareiro e outros itens de camping.

O peso da carga vai sempre interferir na classificação dos níveis de dificuldades de trilhas, porque vai fazer seu corpo se esforça uns bons quilos a mais!

Geografia do local

Em geografia, analise clima, altitude, tempo de luz solar, fenômenos naturais, etc. Trilhas com altitude acima dos 3 mil metros podem ser consideradas bastante difíceis por causa do efeito do soroche.

Climas extremos acabam dificultando o nível da trilha. Os piores são: frio extremo, calor extremo, umidade baixa e altíssima umidade.

Preparo Físico pessoal para fazer trilha

níveis de dificuldade de trilhas
Trilha das 7 praias

O corpo do trilheiro é o ponto mais importante, porque determina se ele irá conseguir encarar os desafios de cada distância, tempo, geografia, etc.

Pessoas com nível baixo de preparo físico devem se manter entre os níveis mais fáceis. Pessoas com alto preparo físico podem encarar longas caminhadas.

Pessoas não acostumadas com trilhas, devem evitar solos muito acidentados, mesmo que tenham um preparo médio.

Os níveis de dificuldade de trilhas

Níveis para iniciantes

Nível Fácil

Trilha indicada para pessoas com quase nenhum condicionamento. Qualquer passeio outdoor leve entra como trilha de nível leve.

DistânciaAté 2km
TempoAté 1h30
TerrenoLiso
Desnível50 m
CargaBolsa de passeio

 

Nível Leve

Pessoas com preparo físico baixo podem encarar esse nível de trilha.

DistânciaAté 6km
TempoAté 4h
TerrenoLiso
Desnível200 m
CargaMochila de ataque

Níveis médios

Nível Moderado

Esse é uns dos níveis de dificuldade de trilha mais procurados pelos iniciantes que possuem um preparo físico médio.

DistânciaAté 12km
TempoAté 8h
TerrenoPouco acidentado e com algum desnível
Desnível500 m
CargaMochila de ataque

 

Nível Difícil

Trilhas indicadas para pessoas com bom condicionamento físico e/ou acostumadas a fazer atividades outdoor.

São caminhadas chamadas de trilha de 1 dia.

Também são consideradas difíceis trilhas em grande altitude (acima de 3 mil metros), mesmo que a distância e o tempo selam menores que o indicado na tabela.

DistânciaAté 20km
TempoAté 14h
TerrenoAcidentado e fechado
Desnível700 m
CargaMochila de trekking

Níveis para trilheiros experientes

Nível Pesado

A pessoa que vai encarar esse nível de dificuldade em uma trilha precisa já ter conhecimento técnico de trekking, além de preparo físico alto.

Trilhas acima de 4 mil metros podem ser consideradas pesadas quando somadas a um tempo e distância grandes.

DistânciaAté 35km
TempoAté 2 dias
TerrenoAcidentado e fechado
Desnível1000 m
CargaMochila de trekking + camping

 

Nível Radical

Conhecimento técnico em montanhismo é indispensável. A pessoa que vai encarar uma trilha com esse nível de dificuldade deve estar preparada para enfrentar climas extremos, cargas pesadas, altos desníveis e, inclusive, mata fechada!

DistânciaAté 70km
TempoAté 5 dias
TerrenoAcidentado e fechado
Desnível2000 m
CargaMochila de trekking + camping

 

Nível Extremo

Além de estar preparado para toda a sorte de clima e terreno, o trekker que vai encarar esse nível de dificuldade deve ter experiência comprovada em montanhismo. Geralmente, essa galera tem experiência de guia em algumas expedições.

Os acessos são difíceis e o trekker leva muitos dias pra completar a trilha.

A carga é sempre muito pesada e o desnível pode ser maior que 3 mil durante os dias.

Distância+ 100km
Tempo+ 8 dias
TerrenoAcidentado e fechado
Desnível+3000 m
CargaMochila de trekking + camping

 

Infográfico – Níveis de dificuldade de trilhas

Infográfico - Níveis de trilhas

Salve esta imagem no Pinterest e leia o post mais tarde

Ajude a rentabilizar o blog

Usando os links abaixo, você me ajuda a rentabilizar o blog e não paga nada a mais por isso

Assine a news

Dicas, informações, roteiros e inspirações no seu email

Nome
Email
Me identifico como
  • Rodrigo (23 de janeiro de 2018)

    Já fiz muitas trilhas com você e você é incrível. Sempre me ajudando!

    • Aline Rodrigues (23 de janeiro de 2018)

      Brigada. Tamo junto!

      • Rodrigo (23 de janeiro de 2018)

        Eita Mulher trekkera! manda muito bem nas trilhas e nem vou falar dos posts.

  • Gisele Teixeira (1 de fevereiro de 2018)

    Adorei suas dicas! Eu curto muito fazer trilhas e todas estas informações são realmente muito importantes! Bjs

    • Aline Rodrigues (1 de fevereiro de 2018)

      Oi, Gisele! Obrigada pela visita e pelo comentário. É muito importante mesmo saber os níveis de dificuldade de trilhas antes de começar a caminhada!

Deixe uma resposta

You Might Also Like

Here you can find the related articles with the post you have recently read.