Ushuaia, o Fim do Mundo é incrível

Visitei Ushuaia em minha última viagem (maio/2014) e ainda não parei para escrever apenas sobre a cidade mais austral do mundo.

Já é interessante ver num mapa que depois de Ushuaia só existe o branco da Antártica. Acrescente um Parque Nacional lindo, com um trem réplica de um histórico, a Cordilheira dos Andes, pinguins e um presídio histórico. Essa é Ushuaia, a cidade mais ao sul do mundo.

Para saber mais sobre a história clique aqui, pois vou focar nos passeios que eu fiz.

Primeiro: é fácil chegar ao Fim do Mundo. De Buenos Aires saem voos regulares, além de ônibus que viajam por mais de um dia. Há como chegar a partir da Patagônia chilena.

Leia meu relato com informações e preços

Ushuaia foi construída ao pé das montanhas dos Andes e ao longo dos anos se tornou bem turística, atraindo desde mochileiros à famílias com crianças.

Canal de Beagle – é um dos passeios indispensáveis de Ushuaia. Do porto partem embarcações que te levam a um passeio até os pinguins (no verão), os leões marinhos (que eles chamam de lobos), o farol e, em alguns casos, a Isla Bridges. Eu fui com a empresa Canoeiro e curti muito. Na Isla Bridges desembarcamos para um pequeno passeio. É lindo. Fui em maio e não haviam pinguins, apenas os ‘lobos marinos‘ e os cormorames (que se parecem com pinguins.

Siga no Instagram @umasulamericanaUshuaia

Parque Nacional Tierra del Fuego – possibilidade de fazer várias trilhas – a mais famosa é a Senda Costera e andar no Trem do Fim do Mundo. O parque é lindo e cheio de surpresas conforme se vai avançando na trilha que você escolher fazer. Mas se você não curte caminhadas ou está com crianças/idosos, o trem percorre o parque. Eu fiz a Senda Costera. Não é difícil, mas eu não estava calçando um confortável tênis, o que me deixou cansada e acabei fazendo a trilha em 5 horas e não 3, como é comum. Contratei o transfer no hostel em que eu estava. Me levaram ate lá e me buscaram mais tarde. Super tranquilo.

Ushuaia - Parque Nacional Tierra del Fuego

Glaciar Martial – que na verdade é um cerro e não glaciar. Fica a 7km cidade a cima. Na base há um teleférico que te leva ao topo, mas há a possibilidade de subir andando. Dizem que se tem uma linda vista de lá. E uso o “dizem”, porque cheguei à base, mas não ao topo. O teleférico estava fechado e não havia ninguém por lá. Fiquei com medo de subir sozinha com meu marido. Nunca tínhamos andado na neve antes e ficamos receosos de algo dar errado sem ninguém por perto. Mas valeu a pena, porque vi neve :). Para chegar à base pegamos um táxi e para descer você tem que entrar em uma lojinha que há em frente e pedir um remis, porque não há táxis à espera para te descer. O Martial se torna centro de esqui no inverno.

Veja outras atrações turísticas aqui

Quando ir à Ushuaia?

Anúncios

4 comentários sobre “Ushuaia, o Fim do Mundo é incrível

  1. Oi Aline!

    Vou para Ushuaia em setembro e tenho uma dúvida.
    Os passeios (Canal Beagle, Parque Nacional Tierra del Fuego, Glaciar Martial, Laguna Esmeralda, etc) podem ser comprados lá mesmo ou é melhor comprar com antecedência aqui no Brasil?
    Pergunto pois tenho receio de chegar lá e não conseguir realizar algum dos passeios por falta de vaga.

    Obrigado.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s