Caribe colombiano acessível – Santa Marta, Taganga e Tayrona

Quando se planeja conhecer o caribe logo vem à cabeça destinos como Cancun, Aruba, Punta Cana, Los Roques, Isla Marguerita, entre outras praias incríveis e caras.

Na Colômbia o destino de todo sonhador do Caribe é a ilha de San Andrés, tão cara quanto suas companheiras citadas acima, de acesso restrito a voos.

Mas existem praias caribenhas acessíveis, com opções baratas de hospedagem, com preços baixos nos passeios e facilidade para chegar, como Santa Marta e seus arredores.

Caribe colombiano acessível - Santa Marta, Taganga e Tayrona

Para começar, preciso te desiludir: não espere dessas praias, em geral, o visual daquelas fotos de agência de viagem. A maioria das praias que vou citar no texto não possuem essa característica, mas em compensação aliam esse visual à história e a uma civilização pré-hispânica.

Santa Marta

Mais ao norte de Cartagena e Barranquilla está a cidade de Santa Marta, grande e desorganizada. Em compensação, há inúmeras praias para quem busca mar do Caribe acessível.

Caribe colombiano acessível - Santa Marta, Taganga e Tayrona

 

Sumarino outletday - Compare preços de passagens aéreas
Compare os preços e encontre as passagens mais baratas. Você não paga nada a mais por isso e ajuda a manter o blog

 

As praias são lindas, mar azul, sem onda e de água morna. O problema é que na Colômbia ainda não há programas e campanhas de conscientização da limpeza das praias (e isso até em San Andrés, segundo me disseram), por isso aos finais de semana a água e a areia estão cheias de lixo.

Durante a semana consegui pegar praia limpa, que não é paradisíaca, já que está na cidade (como Rio de Janeiro ). Há porto, barulho de transito e prédios, mas é uma opção para conhecer o Caribe sem gastar fortunas e a partir de Santa Marta é possível conhecer praias lindíssimas.

Caribe colombiano acessível - Santa Marta, Taganga e Tayrona

A hospedagem custa a partir de 20 mil colombianos (R$30) por pessoa em quartos compartilhados em hostels com piscina (como o North Bay, melhor hostel que já estive), até 140 mil (R$290) por casal em uma espécie de apart-hotel. Tudo perto da praia e antes da alta temporada. Entre dezembro e fevereiro esses valores não devem passar de 35 mil e 200 mil.

Como pagar barato em hospedagem
Reserve pelo Booking. Você não paga nada a mais por isso e ajuda a manter o blog

Caribe colombiano acessível - Santa Marta, Taganga e Tayrona

Praias próximas de Santa Marta

Rodadero – é uma praia distante 30 minutos ao sul em ônibus de linha da cidade. Possui água mais limpa e quente, mas não azul. É uma das mais cheias e possui muita opção de hospedagem perto da praia.

Caribe colombiano acessível - Santa Marta, Taganga e Tayrona

Taganga – uma das principais de Santa Marta. Taganga na verdade é uma vila de pescadores, escondida por montanhas, mas ganhou os corações dos turistas por seu visual paradisíaco. As águas mesclam o azul e o verde, refletidos pelo céu e pela mata que cerca a praia. De Santa Marta são 30 minutos em ônibus público. Possui opções de hospedagens bem mais baratas que Santa Marta, mas que não possuem a mesma infraestrutura. Um quarto privado com ar-condicionado pode custar a partir de 30 mil a diária (R$45).

Caribe colombiano acessível - Santa Marta, Taganga e Tayrona Caribe colombiano acessível - Santa Marta, Taganga e Tayrona

Playa Grande – Ao lado de Taganga há um pedacinho de paraíso escondido. A Playa Grande, que é na verdade pequena, está escondida entre as montanhas também. Com águas claras e azuis, a praia é mais cheia aos finais de semana e pode ser alcançada de barco desde Santa Marta e Taganga ou por trilha a partir de Taganga. Há uma opção de hospedagem ali e alguns restaurantes. O problema é encontrar um espacinho de areia na alta temporada, porque a margem está cheia de cadeiras em baixo de sombrinhas. Todas pagas, claro!

Ganhe 5% de desconto com o código promocional SULAMERICANA5. Você paga menos e ajuda a manter o blog

Caribe colombiano acessível - Santa Marta, Taganga e Tayrona

Praias do Parque Tayrona – quando estive na região o parque estava fechado para limpeza espiritual do povo Tayrona, que ainda vive ali. O parque possui um visual incrível, misturando praias paradisíacas à Serra Nevada, um pedaço de montanha de pico nevado. Esse contraste ganha mais fama quando se adiciona a possibilidade de conhecer a cidade perdida dos Tayrona. As praias do parque são controladas e o acesso é pago (cerca de 30 mil colombianos para gringos – R$45), por isso são limpas, conservadas e exóticas. Para conhece-las é preciso fazer trilhas. Você pode passar a noite lá, dormindo em acampamentos com sua barraca ou nas tendas disponíveis. O acesso também se dá de ônibus público a partir de Santa Marta ou de barco desde Taganga.

Foto: I miei viaggi in un click (Via @Colombia.TravelEspanol)

Outras praias – seguindo a trilha pelas montanhas depois da Playa Grande é possível encontrar pequenos paraísos quase desertos atrás das montanhas. Não me recordo os nomes das praias, mas são lindas e não muito procuradas pelos turistas, já que apenas barcos locais e não comerciais alcançam as praias.

Caribe colombiano acessível - Santa Marta, Taganga e Tayrona Caribe colombiano acessível - Santa Marta, Taganga e Tayrona

É isso! Se você está a fim de conhecer o Caribe, mas está sem grana, essas praias podem ser uma boa opção. Desde a badalação de Santa Marta com sua noite agitada ao ecoturismo exótico do Parque Tayrona, sua viagem vai ser linda e deliciosa no norte da Colômbia.


Viaje com descontos e vantagens
Compre e reserve pelos links do blog

LEAVE YOUR COMMENT

Your email address will not be published.

You Might Also Like

Here you can find the related articles with the post you have recently read.