Jalapão, tudo o que você precisa saber

Jalapão – Tudo o que você precisa saber

Um dos destinos mais isolados do Brasil, o Jalapão é um tesouro do ecoturismo no Brasil: é isolado, possui diversidade de atrações e parece intocado.

A paisagem árida é chamada por muitos de deserto das águas, porque é cortada por rios de águas transparentes e potáveis.

Possui um território de 160 mil km², compartilhado entre o Parque Estadual do Jalapão e as áreas preservadas.

Jalapão, tudo o que você precisa saber

♥ O que é o Jalapão?

Jalapão é uma área de conservação que abrange, além de um Parque Estadual de quase 34 mil km², alguns municípios do leste do Tocantins: Ponte Alta do Tocantins, Mateiros, São Félix do Tocantins, Lizarda, Rio Sono, Novo Acordo, Santa Tereza do Tocantins, Lagoa do Tocantins e Tio da Conceição, região maior que Sergipe e Alagoas, mas com uma das menores densidades demográficas do Brasil, isso significa, que pelo menos de pessoas, o Jalapão é um deserto.

Jalapão, tudo o que você precisa saber

Mesmo sendo árido, o Jalapão não chega a ser considerado um deserto, mas ganhou fama de deserto das águas por causa dos rios, riachos e ribeirões que cortam toda a região.

O parque foi criado apenas em 2001, mas alguns atrativos foram “descobertos” recentemente, como o Fervedouro Bela Vista, há dois anos. Com isso se imagina que ainda há mais para ser explorado dentro da área do Jalapão.

♥ Como é o Jalapão?

Cachoeira do Formiga - Jalapão
Cachoeira do Formiga

As paisagens são de cerrado e misturam tantos tipos de atrativos, que não parece uma única viagem: estradas de terra (com ares de deserto), prainhas de água doce, cachoeiras, cânion, dunas, chapada e fervedouros (incríveis oásis aonde não se afunda, mesmo com 70 metros de profundidade).

As estradas são mal sinalizadas, desertas e não são asfaltadas fora dos limites dos municípios e em alguns trechos o chão é arenoso.Acontece que esse monte de beleza não está aglomerada e é por isso que o Jalapão é único. É preciso percorrer longas distâncias para ir de um atrativo a outro.

E por falar em areia, lá há areia branquinha, como das praias mais paradisíacas do Brasil ou do Caribe. Já a areia das dunas são avermelhadas.

MAPA DO JALAPÃO - Tudo o que você precisa saber

♥ Como conhecer o Jalapão?

Para conhecer os diversos atrativos do Jalapão é preciso alguns dias, geralmente de 3 a 7 dias.

Há muitas agências de Palmas que fazem passeios em toda a área do Jalapão, como a Aventura Eco, com a qual eu fiz o Jalapão 360° (veja aqui). Há também como conhecer a região por conta, mas é preciso um 4×4, porque na época chuvosa boa parte das estradas viram lama e na época de seca o solo é fofo (veja aqui como ir por conta).

As hospedagens são feitas em pousadas nos municípios próximos aos atrativos, como Mateiros e Ponte Alta. Dali, agências e carros particulares partem para conhecer o Jalapão.

É preciso conhecer a região para criar roteiros otimizados e circulares, já que a partida e a chegada acontece em Palmas.

AirBnB - Ganhe R$100 na sua primeira hospedagem
Ganhe R$100 na sua primeira hospedagem e ajude a rentabilizar o blog

♥ Como chegar ao Jalapão?

O aeroporto mais próximo é o de Palmas, de onde partem as agências e os 4×4 alugados.

De São Paulo, por exemplo, há várias saídas diárias, das 6h às 22h, feitas pela Gol, LATAM e Azul. Algumas fazem conexão em Brasília.

♥ Quanto custa conhecer o Jalapão?

Jalapão, tudo o que você precisa saber

As passagens saindo de cidades do sudeste, centro-oeste e Curitiba custam entre R$300 e R$500 fora da temporada e entre R$700 e R$900 nos feriados.

Saindo do Sul do Brasil, entre R$550 e R$750 fora da temporada e entre R$900 e R$1200 nos feriados.

Já os valores pra quem sai do norte (onde está Palmas) ou nordeste são bem altos: entre R$650 e R$950 na baixa e entre R$1300 e R$2300 nos feriados.

Os custos com os passeios fechados em agências custam entre R$1600 de R$1900 para 4 dias por pessoa com tudo incluído: guia, transporte, alimentação e hospedagem (vale cada centavo).

Já quem faz por conta gasta com o aluguel do 4×4 e com o combustível, que custa em média R$700 para 4 dias (cerca de 1100 km). Além da diária de um guia.

Tem também a hospedagem, que custa cerca de R$230 em quarto duplo nas pousadas das cidades-base. Alimentação, cerca de R$35 à vontade nos restaurantes dos fervedouros.

Ganhe 5% de desconto no seu seguro e ajude a rentabilizar o blog – Use o cupom SULAMERICANA5

Jalapão, tudo o que você precisa saber♥ Quando ir ao Jalapão?

O Jalapão não tem temporada, podendo ser visitado durante o ano todo.

De maio a setembro é o período seco. Quase não há nuvens no céu, o clima é mais árido e o solo é bem fofo. Nesse período os dias são bem quentes (entre 28° e 32°) e as noites são frescas (perto de 24°)

Já na época de chuvas, os dias e as noites possuem climas parecidos, perto de 26°. O solo será mais lamacento.

O capim-dourado é uma atração à parte no Jalapão, matéria prima de muitos artesanatos feitos na região. Para vê-lo dourado, vá em setembro, o mês mais quente e que há possibilidade de ocorrer queimadas no cerrado.

As atrações no Jalapão estão quase sempre vazias, mas em feriados prolongados há maior número de grupos e carros particulares circulando pela região.

♥ O que levar para o Jalapão?

Jalapão, tudo o que você precisa saber

Nem pense em levar calça. O calor é absurdo por lá e você só vai fazer volume na bagagem. Tênis não é necessário para nenhum dos atrativos, então leve apenas se quiser subir a Serra do Espírito Santo para ver o nascer do sol (rolê pago à parte).

  • Protetor solar, óculos de sol e boné
  • Repelente
  • Toalha para saída (fervedouros, cachoeiras e rios)
  • Rinossoro e manteiga de cacau para o período de seca
  • Chinelo escuro (as areias manjam os chinelos rs)
  • Dinheiro em espécie (quase todos os locais aceitam cartão, mas como por lá o sinal e ruim, é melhor não arriscar)
  • Travesseiro de pescoço para as longas viagens no carro
  • Câmera de ação com caixa estanque ou capa contra água para celular e câmeras comuns (não dá para não querer fotografar na água com aqueles peixinhos nos fervedouros e rios)

Agora que você sabe tudo sobre o Jalapão, que tal programar sua viagem para conhecer esse paraíso?


Compartilhe esta imagem no Pinterest e veja esse post mais tarde

Jalapão, tudo o que você precisa saber


Fizemos o passeio em parceria com a Aventura Eco. As impressões e opiniões são pessoais e verdadeiras. Recomendo o trabalho deles. Os guias eram super atenciosos e preocupados com o nosso bem estar e segurança.
  • Bianca Souza (17 de outubro de 2017)

    Olá!! Bem legal suas dicas. Estou pensando em ir pra lá no ano que vem. Você saberia me dizer a média de valor de contratação de um guia para nos acompanhar nos passeios por lá? Meu plano inicial (ainda não sei se vale a pena, claro) é alugar um carro em palmas, ir pro jalapão e passar uns 5 a 10 dias fazendo todos os roles possíveis e depois voltar pra palmas e aproveitar mais uns 5 dias por lá, e com o carro alugado fica mais fácil fazer tudo em ambos os lugares.

Deixe uma resposta

You Might Also Like

Here you can find the related articles with the post you have recently read.