A Casa da Árvore e o Balanço do Fim do Mundo – como chegar, dicas e informações

Se você vai à Baños com certeza vai querer balançar no precipício e subir na casa da árvore mais famosa da América do Sul.

Um passeio tão barato e gostoso. Tão simples e mágico. A Casa del Árbol e o Columpio del Fin del Mundo, como são chamados oficialmente, em espanhol, estão localizados em uma montanha a 2660 metros de altitude, de frente para o vulcão Tungurahua.

Quer saber como chegar lá? Então anota as dicas e indicações!

O que fazer em Baños e informações turísticas

Sobre a Casa del Árbol

A casa foi construída por um senhor, que hoje tem mais de 70 anos, depois de o vulcão Tungurahua ter entrado em erupção, em 1999.

A intenção dele era (e ainda é) monitorar o gigante negro. A casa é o ponto mais próximo que o turista chega do vulcão, a 2,5 km de distância.

O que tem para fazer

Onde foi construída a casa é particular e não tinha pretensões turísticas, mas depois da fama, o local acabou se tornando uma das principais atrações de Baños.

Hoje, além de poder subir na casa e ter uma visão privilegiada do vale e das montanhas, o visitante pode se lançar ao abismo nas duas balanças presas à casa. Também há uma pequena tirolesa, que eu achei bem radical (mas ela não é na verdade) e um espaço verde, onde todo mundo corre e brinca como criança.

A Casa da Árvore e o Balanço do Fim do Mundo – como chegar, dicas e informações

Como chegar e quanto custa

Há quatro formas de chegar à Casa del Árbol: de táxi, com agência, de ônibus ou caminhando.

Eu escolhi ir de ônibus e voltar caminhando, porque para descer todo santo ajuda.

Na esquina da Calle Pastaza com a Rocafuerte saem os ônibus que levam até a Casa del Árbol. Eles saem de lá às 11h, 14h e 16h e chegam no destino uma hora depois. A passagem custa USD1 por pessoa e por trecho.

Para entrar na área onde estão a casa e o balanço deve-se pagar mais USD1 por pessoa.

O que fazer em Baños e informações turísticas

Nós decidimos descer caminhando, que levaria cerca de 1h30, por dois motivos. Um, porque pagamos R$4 em cada dólar, o que nos faria gastar mais R$8 para descer de ônibus. Dois, porque quando o ônibus vai embora o espaço fica mais vazio, sem fila para balançar, mais liberdade e as fotos ficam mais bonitas.

Cerca de 14h30 decidimos voltar. O caminho é o mesmo que o do ônibus, não tem erro. É só descida e o clima é ameno. Na verdade tava até garoando de vez em quando.

Quando faziam uns 20 minutos ou menos que havíamos saído, o Rodrigo levantou o dedo para um carro que descia. Conseguimos uma carona! Era um casal de Quito que estava lá na árvore.

Ao descer toda a estrada eles seguiriam caminho contrário ao do centro da cidade, então continuamos a pé. Ainda bem que conseguimos a carona, porque só esse pedacinho foi bem cansativo.

Caso vá voltar à Baños de ônibus, os horários são 13h, 16h e 18h. Se pegar o busão das 11h, por exemplo, chegará na casa da árvore ao meio dia e às 13h terá que retornar, ou terá que esperar o próximo, que é só às 16h. Bem ruim, né?

Os gastos para quem vai e volta de ônibus é de USD3.

Balanço do Fim do Mundo - Baños - Equador

Mais

Caso queira almoçar lá no alto, dentro do espaço há um restaurante. Só não sei a média de preços, porque levamos nosso próprio lanchinho.

Há bastante espaço para piqueniques e banheiros.­­­­­­­­­­

Anúncios

6 comentários sobre “A Casa da Árvore e o Balanço do Fim do Mundo – como chegar, dicas e informações

  1. Pingback: O que fazer em Baños e informações turísticas | Uma Sul Americana

  2. Olá Aline, estou pesquisando para minha viagem ao equador e tenho uma pergunta: vc falou sobre um horário de não ter fila no balanço, pelo ônibus já ter saído, que horário seria esse? logo depois das 13h seria o melhor então?

    Desde já te agradeço

    Curtir

    • Oi, Yuri. Quando o ônibus vai embora e antes do próximo chegar é o melhor horário. Quem quiser ficar ali por algumas horas e tiver grana pra comer no restaurante que tem ali, a melhor coisa é esperar o próximo ônibus chegar e sair. No meu caso, preferi ir andando até a cidade. Se você voltar no mesmo bus que usou pra chegar, você acaba ficando pouco tempo tempo e com fila

      Curtir

  3. Pingback: Conheça o Pailon del Diablo em Baños, Equador | Uma Sul Americana

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s