O roteiro

Viajamos em setembro/2015 e voltamos em janeiro/2016. Foram 137 dias pela América do Sul, vivendo a experiência mais completa e emocionante da nossa vida.

Saímos de São Paulo e o roteiro foi o seguinte:

Foz do Iguaçu (BR), Puerto Iguaçu (AR), Buenos Aires (AR), Colonia del Sacramento (UR), Montevidéo (UR), Buenos Aires (AR), Salta (AR), Quebrada de Humahuaca (AR), San Pedro de Atacama (CH), Uyuni (BO), Oruro (BO), La Paz (BO), Copacabana (BO), Cussco (PE), Machu Picchu (PE), Cusco (PE), Lima (PE), Máncora (PE), Guayaquil (EQ), Baños (EQ), Quito (EQ), Túlcan (EQ), Ipiales (CO), Bogotá (CO), Santa Marta (CO), Bogotá (CO), Letícia (CO), Tabatinga (BR), Manaus (BR), Alter do Chão (BR), Cuiabá (BR), Chapada dos Guimarães (BR), Cuiabá (BR) – São Paulo

Mapa com os destinos que fizemos

Planejamos o mochilão por mais de um ano. Guardamos dinheiro, pesquisamos rotas e traçamos nosso roteiro, que fizemos fazer em 5 meses.

O roteiro foi previamente feito: de SP em direção ao sul. Passar pelo Uruguai, parte da Argentina, Chile ao norte, conhecer parte da Bolívia, Peru, Equador, Colômbia e regressar ao Brasil pelo norte, conhecendo alguns pontos até chegarmos em casa.

 

banner booking hospedagem barata

  • Kalu Lucinari (9 de junho de 2015)

    Uauuu!!! Adorei saber!!! Suuuuper boa sorte a vcs!! que máximo…adoro viagens…
    queria viajar mto mais!! Parabéns…sempre q possível estarei por aqui!!! Bjao!!

    • Aline Rodrigues (9 de junho de 2015)

      Obrigada! E acompanhe mesmo e viaje com a gente. Pegue bastante dica pra suas próximas trips <3 Bjs

  • Henrique Miranda (13 de junho de 2015)

    Aline, você pode poderia criar seus planos no http://www.goosit.com. Podemos ver tudo bem mais detalhado e com os gastos também. E no futuro é mais fácil para copiarmos o seu plano 🙂

    • Aline Rodrigues (13 de junho de 2015)

      Perfeito! Obrigada, Henrique. Vou aprender a usar e criar lá pra ajudar outros mochileiros e viajantes. Adorei a dica! Bjs

  • Nayana Bentes (29 de junho de 2015)

    Eu recomendo que vocês conheçam o Alter do Chão, no Pará. Vale a pena colocar no mapa. De manaus pra lá cês vão até de barco e pagam no máximo 150 por pessoa. Boa viagem e que dê tudo certo. 🙂

  • mayra cristina da silva costa (4 de agosto de 2015)

    Visitei o interior do Amazonas e também o estado do Pará ano passado. Acho que deveriam reservar mais uns dias pro Norte.
    Recomendo fortemente. Próximo a Tabatinga, no Amazonas há uma cidade chamada Tefé na qual há duas Reservas de Desenvolvimento Sustentável. A cidade é à beira do Solimões. Acho que é uma experiência única vivenciar com as famílias ribeirinhas, comunidades indígenas, e as próprias cidades do interior do Norte, sem contar o ecossistema maravilhoso. Alter do Chão (distrito de Santarém-PA) é um lugar espetacular! lindo! O “Caribe Brasileiro” segundo o The Guardian (jornal inglês).
    Existem meios fluviais de transporte que nos permite economizar dinheiro no Norte. Você pode navegar o Rio Amazonas inteiro!

    • Aline Rodrigues (4 de agosto de 2015)

      Muito obrigada pelas dicas! Alter do Chão é um destino que muito gente me diz para fazer. Já tá na lista (só não acrescentei ao roteiro. Beijos e valeu mesmo!

Deixe uma resposta