Jujuy – 6 lugares que você precisa conhecer no Norte da Argentina

Fazer uma viagem por Jujuy deve entrar na sua lista de prioridades na América do Sul!

As cores, as montanhas e os pueblos de Jujuy são atrações bem diferentes de qualquer viagem pela Argentina que você faça.

O que fazer em Jujuy é o foco desse post, recheado de lindeza que você não pode deixar de conhecer na Quebrada de Humahuaca.

1 – Cerro de Los Siete Colores
2 – Pucará de Tilcara
3 – Serranía del Hornocal
4 – Quebrada de Las Señoritas
5 – Paleta del Pintor
6 – Salinas Grandes

Veja esse artigo com informações pra você viajar por Jujuy, inclusive dicas de roteiros!

Jujuy e a Quebrada de Humahuaca

Hornocal, na Quebrada de Humahuaca, Norte da Argentina - O que fazer em Jujuy

Jujuy é a província mais ao norte da Argentina, na fronteira com a Bolívia e com o Atacama.

A capital provincial é San Salvador de Jujuy, mas a maior atração do estado é a Quebrada de Humahuaca, um vale colorido por onde corre o Río Grande, no altiplano argentino, também chamado de Puna.

Declarada Patrimônio da Humanidade pela Unesco por sua beleza natural e importância histórica e cultural, a Quebrada de Humahuaca conta com vários pueblos ao longo da Ruta 9, entrando também na Ruta 52.

Montanhas coloridas, formações rochosas, sítios arqueológicos e costumes seculares esperam você nessa linda viagem pelo Norte da Argentina.

Seis lugares que você precisa conhecer em Jujuy

1 – Cerro de Los Siete Colores

Montanhas Coloridas da América do Sul - Cerro de Los Siete Colores - Purmamarca

Purmamarca é o pueblo que fica aos pés do Cerro de Los Siete Colores, na Ruta 52, no Paso Jama – caminho que leva ao Atacama, no Chile.

As sete cores presentes na montanha são resultado de diversos fenômenos e acontecimentos naturais a milhares de anos.

Verde, amarelo, roxo e outras cores podem ser admiradas desde as ruelas de Purmamarca, de mirantes ou de uma trilha chamada Caminho de Los Colorados.

Leia aqui sobre Purmamarca e o Cerro de Los Siete Colores.

2 – Pucará de Tilcara

A apenas 1km da cidadezinha de Tilcara, esse sítio arqueológico pode ser facilmente vistado.

Com cerca de 1120 anos de antiguidade, Pucará de Tilcara guarda a história dos tilcaras, que construíram casas, cemitérios, setores agrícolas e religiosos, além de uma fortaleza no alto do monte.

Veja aqui como visitar as ruínas de Pucará de Tilcara.

3 – Serranía del Hornocal

O quer fazer em Jujuy - Quebrada de Humahuaca, um dos melhores destinos na Argentina

Serranía del Hornocal é o nome de uma montanha multicolorida no pueblo de Humahuaca, a norte de Tilcara.

Também chamada de Cerro de 14 Colores, a Hornocal pode ser visitada com um táxi compartilhado. Você pode fazer uma pequena trilha para se aproximar ainda mais das cores.

Um dos acidentes geológicos mais lindos que você poderá ver em uma viagem pela Argentina.

Veja esse post com informações de como chegar a Humahuaca e ao Cerro de 14 Colores.

4 – Quebradas de Las Señoritas

A Quebrada de Las Señoritas fica entre Tilcara e Humahuaca, nos fundos do pueblo de Uquía.

Montanhas, cânion, grutas, rochas e formações em tons de vermelho são as atrações do lugar, um dos mais lindos que conheci em todo o norte da Argentina.

Você pode caminhar quanto quiser e explorar aquela imensidão vermelha rodeada por montanhas e cactos.

Se curtiu, veja nesse artigo as dicas para conhecer Uquía e a Quebrada de Las Señoritas.

5 – Paleta del Pintor

Maimará, no Norte da Argentina, um dos Destinos na Argentina para visitar - Jujuy

Maimará está aos pés de uma montanha colorida chamada de Paleta del Pintor, que pode ser vista desde a Ruta 9.

Da estrada mesmo você pode subir em mirantes naturais para ter uma vista panorâmica da montanha.

Maimará fica entre Purmamarca e Tilcara e é um pueblo bem pequeno!

Veja aqui como chegar e como ver dos mirantes.

6 – Salinas Grandes

O terceiro maior deserto de Sal da América do Sul, as Salinas Grandes é um salar à beira da Ruta 52, no caminho para o Chile.

Para chegar é preciso partir de Purmamarca, passando pela Cuesta del Lípan e atingindo um dos pontos mais altos da província de Jujuy e do Norte da Argentina (4170 metros de altitude).

Poças de água criadas para a extração de sal e lagunas naturais refletindo a cor do céu são as atrações que você poderá ver nas Salinas Grandes, tudo rodeado por montanhas.

Veja aqui mais informações de como chegar e quanto custa conhecer o Salar de Jujuy.

Dicas sobre o Norte Argentino

– Você vai atingir altitudes acima do considerado “inofensivo”. Leia aqui sobre o mal de altitude, também chamado de soroche ou punamento. Veja como se cuidar!

– A região é semiárida, por isso é preciso se hidratar bastante durante sua viagem.

– Leve protetor solar, óculos e hidratante para o corpo e lábios.

– Jujuy é perfeita para combinar com o Atacama e o Salar de Uyuni, em uma das regiões mais lindas da América do Sul.

– Combine o roteiro com Salta, Catamarca, San Juan e La Rioja, todos no norte da Argentina.

– Viajar por essa região da Argentina é muito barato. Meu hostel, por exemplo, custou R$27 com café da manhã.

Tilcara é a melhor cidadezinha para se hospedar, porque fica bem no meio da Quebrada de Humahuaca.

– Outros lugares interessantes para hospedagem são Purmamarca e Humahuaca.

Curtiu esses lindos lugares em Jujuy para fazer uma viagem pela Argentina diferente e autêntica? Sim ou com certeza?

Salve esta imagem no Pinterest e leia o post mais tarde

O que fazer em Jujuy - Veja 6 lugares para conhecer no norte da Argentina, na Quebrada de Humahuaca

Organize sua viagem

Planeje sua viagem com os meus parceiros e ajude a rentabilizar o blog

HOSPEDAGEM

O Booking é maior catálogo de hostels e hotéis do mundo. Escolha por menores preços ou notas de avaliações dadas por outros usuários. Cancelamento gratuito!

ALUGUEL DE CASAS

Alugue casas e apartamentos só para você durante sua viagem. Opções no mundo todo! Ganhe R$100 em créditos para usar na sua primeira reserva.

SEGURO VIAGEM

Viaje com mais tranquilidade e segurança. Saia do país com cobertura em casos de acidente ou doença, além de extravio de bagagem. Conheça a SegurosPromo e ganhe 5% de desconto no seu seguro de viagem. Cote também com a Real Seguros.

ROAD TRIP

Para fazer Road Trips ou para se locomover durante as suas viagens, alugue um carro na RentCars.com, que cota preços com diversas locadoras no mundo todo. Pague em reais, sem IOF e parcele em até 12x sem juros.

LOJA DO BLOG

Mochilas, câmeras fotográficas, itens para camping e muito mais. Acesse a loja de artigos de viagem no blog.

MUITO MAIS

Conheça outros parceiros do blog e planeje sua viagem desde a escolha dos equipamentos.

Assine a news

Dicas, informações, roteiros e inspirações no seu email

Nome
Email
Me identifico como
  • Cristina (13 de novembro de 2018)

    Uauuuuu, que cores são essas? Simplesmente deslumbrante! Apaixonei com essa região. É exatamente o tipo de viagem que curto. Favoritado.

  • Gabriela Torrezani (14 de novembro de 2018)

    Caraca, que lugar maravilhoso! Juro que nunca tinha ouvido falar em Jujuy e agora estou louca pra visitar! Lindas paisagens, essa mistura de deserto e montanha parece coisa de outro mundo!

    • Aline Rodrigues (14 de novembro de 2018)

      Incrível, né? Jujuy ainda é bem desconhecida no meio turístico fora da Argentina. Eu mesma não encontrei nenhum brasileiro lá e a maioria dos viajantes eram argentinos.
      Que bom que te apresentei algo novo!

  • Lulu Freitas (14 de novembro de 2018)

    Que lugar bacana! Nunca tinha ouvido falar! Adorei conhecer pelo seu post. O salar parece incrível e, pelas sua informações, um pouco mais fácil de se conhecer do que o da Bolívia. É isso mesmo?

    • Aline Rodrigues (14 de novembro de 2018)

      Oi, Lulu! Sim, é mais fácil e barato chegar nesse Salar da Argentina que no Salar de Uyuni, mas a beleza, tamanho e tudo mais não se compara!
      O ideal é mesmo conhecer os dois!
      As Salinas Grandes é o terceiro maior da América do Sul, tem um outro na Argentina que é mais difícil e caro de conhecer.

  • itamarjapa (15 de novembro de 2018)

    Demais! Estaremos indo pra lá ano que vem! Devorando as informações aqui do blog! 🙂

  • Ana Carolina (18 de novembro de 2018)

    Nossa, quantas paisagens maravilhosas!!! Já salvei suas dicas, pois quero ir em breve para a Argentina e certamente colocarei suas dicas no meu roteiro

  • Pablo Eduardo Silva (19 de novembro de 2018)

    oi tudo jóia? muito bom o guia. pretendo fazer Atacama com minha mãe (já conheço) e talvez emendar uns dias em Purmamarca. Fico receoso pela altitude (na ida para o norte argentino), dela passar mal. Já tem 57 e ainda por cima fuma. Será que com a aclimatação do Atacama é mais tranquilo?

    • Aline Rodrigues (20 de novembro de 2018)

      Oi, Pablo. É tranquilo, sim! A fronteira e a Argentina é menos alta que muito rolê no Atacama!

Deixe uma resposta

You Might Also Like

Here you can find the related articles with the post you have recently read.