Guia de Portunhol – Cursos online, apps e dicas para aprender espanhol

Depois de passar mais de dois meses seguidos escuchando y hablando portunhol acho que estou apta a dar umas boas dicas e criei um guia, mas que vou postar aos poucos.

A primeira vez que sai do Brasil foi em uma viagem à Bariloche em lua de mel. Decidimos ir para lá em 1 mês e meio, mais ou menos. Cruzei a fronteira falando “gracias” e “Buenos dias”. Todo mundo me entendeu, mas eu estava em Bariloche, chamada carinhosamente de Brasiloche. Mesmo assim paguei mico pedindo ‘morango’, ‘café da manhã’ e pronunciando Llao Llao com som de ‘L’.

Antes de sair de novo e me aventurar em terras vizinhas, estudei por pouco tempo, mas o suficiente para me virar e conseguir pedir uma colher.

Por isso, a primeira dica do Guia de Portunhol é: estude, nem que seja só um pouco, o espanhol antes de viajar.

Papa - Potato

Sabe porque essa é a primeira dica?

  • Você planeja uma viagem internacional com certo tempo de antecedência, pelo menos 3 meses, não? Foi o tempo que usei no ano passado, antes de ir à Patagônia, para estudar um pouco espanhol pela internet. DE GRAÇA!
  • Você está indo para o país dos outros e deve se esforçar o mínimo para falar com as pessoas de lá. Não que seja um pecado, mas quando você está com dificuldade, porém mostra esforço todo mundo ajuda.
  • Na maioria dos países sul-americanos não adianta você saber inglês. Pode apostar que seu inglês não vai dar em nada na Bolívia, por exemplo.

Então se você tá planejando aquela viagem à Patagônia, um mochilão por Chile + Bolívia + Peru ou suas férias no Caribe, aproveite e anote as dicas do Guia de Portunhol para estudar espanhol antes de cruzar as fronteiras.

ícone mapaEstudando de graça ou pagando pouco pela internetGuia de Portunhol

No ano passado (2014), enquanto estava planejando minha viagem por Ushuaia + Calafate e Torres del Paine, aproveitei que estava desempregada para investir um tempo para aprender espanhol.

Criei um login em um site chamado busuu. Ele é super fácil de aprender e tem um método bem simples.

A parte que mais curti é que você pode interagir e conversar com outras pessoas na língua que está aprendendo. Quem corrige suas provas são os nativos da língua, assim como você pode corrigir as lições de quem está aprendendo português. Massa, né?

Ele é gratuito, mas limitado, a não ser que pague. Se decidir pagar, melhor, porque terá acesso a todo o material e poderá aprender mais de uma língua ao mesmo tempo. Se não puder pagar, bom também, porque mesmo limitado o conteúdo é muito bom.

Outros sites bem falados para aprender idiomas: Duolingo e Babbel

Treinando através de aplicativos de celularícone mapa

Pode desinstalar o joguinho do celular! Seu tempo livre agora vai ser treinando o espanhol por um app.

Enquanto eu aprendia um pouco da língua mais sedutora desse planeta, treinava através do app da Babbel. Parecia uma doida, escutando e repetindo. Não sei se ainda está assim, mas à época o app pedia para eu pronunciar no microfone e, caso estivesse certo, eu passava para a próxima palavra e recebia uma pontuação pela pronúncia. Se a porcentagem ficasse abaixo de 60% eu nem passava para a próxima palavra.

O app é bem mais simples que o curso online e só tem a complementar, porque enquanto no curso eu aprendia frases e até gramática, no app eu aprendia palavras fechadas: nomes de animais, utensílios domésticos, partes do corpo, termos de viagem. E tudo separado por tema.

Aplicativos são atualizados com muita frequência e não sei hoje quais são os mais indicados, mas eu amei o Babbel. O Duolingo também possui app. Há apps de dicionário, de gramáticas…

ícone mapaLeia um livro em espanhol

Guia de Portunhol

Isso eu fiz dessa vez. No Peru comprei ‘O diário de Anne Frank’ em espanhol, porque falar espanhol eu já tava falando, mas na hora de escrever para os novos amigos o negócio ficava difícil.

Lendo a gente aprende a ortografia e também novas palavras. Se não tiver um dicionário, é só grifar as palavras que não conseguiu deduzir pela frase e pesquisar depois.

ícone mapaAssista filmes com áudio em espanhol e legenda em português

Em Lima ficamos em um hostel onde os meninos que trabalham lá queriam aprender português. Eles colocavam filmes com áudio em português e com legenda em espanhol. Era cômico escutá-los repetindo as frases, mas a técnica é boa.

Claro que as palavras não são fieis do áudio para legenda, mas o conceito e a ideia são sempre as mesmas.

__

Pronto! Fazendo isso por poucos meses você vai viajar fera no portunhol. Vai saber pedir sua comida, perguntar sobre endereços e puxar assunto com locais sem pagar os micos que paguei em Bariloche.

Além disso, sua viagem, mesmo de uma semana, vai servir como intercâmbio de espanhol. Você vai colocar em prática o que aprendeu e aprender termos que não sabia antes.

Em duas semanas eu comecei a receber elogios dos locais sobre meu espanhol. Eu mesma me surpreendia quando alguém dizia que eu falava bem.

Em um mês já conseguia assistir um filme inteiro em espanhol e entendo 90% das frases. Vi pela primeira vez ‘A culpa é das estrelas’ e ‘A teoria de tudo’ nos ônibus durante as viagens.

Não sou nenhuma fluente, mas hoje me faço entender e entendo melhor ainda.

LEAVE YOUR COMMENT

Your email address will not be published.

You Might Also Like

Here you can find the related articles with the post you have recently read.